ANUNCIE AQUI!
23/05/2017

Funcionário público denuncia venda de pneus na Secretaria de Meio Ambiente

Os pneus recolhidos em borracharias são levados para um depósito...

A suposta irregularidade foi denunciada ao Ministério Público e ao prefeito Ricardo Raymundo. O secretário nega a comercialização e não vê ilegalidade no recebimento de “caixinha”. O fato chegou ao conhecimento do Ministério Público de Tupã no dia 9 de maio, quatro dias após o documento ser protocolado na prefeitura e endereçado ao prefeito José Ricardo Raymundo (PV). O próprio secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Afonso Ponce confirmou nesta segunda-feira (22), a abertura de um processo administrativo para investigar a denúncia. De acordo com o denunciante, Luciano Duque – funcionário público municipal, responsável pela coleta de lixo no período noturno, no dia 25 de abril, ao assumir o seu turno de trabalho na Secretaria de Meio Ambiente teria sido procurado por um homem identificado pelo prenome de Jorge, motorista de caminhão da empresa Renoata de Araçatuba, solicitando que entregasse ao funcionário público Josias Rodrigues, “Dedinho”, um recibo e R$ 36,00 em espécie, referente aos pneus usados que havia pegado no depósito da pasta. Esse fato teria sido registrado por volta das 17h20 e, às 19 horas, Luciano Duque diz que foi procurado pelo secretário Afonso Ponce, dizendo que foi buscar a nota e o dinheiro. “A partir daí passei a ser perseguido e, como tenho testemunhas, resolvi denunciar”, diz ele. Para protocolar a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
18/05/2017

“Não renunciarei”, diz Temer em pronunciamento na TV

temer pronunciamento

Se o presidente Michel Temer (PMDB) renunciasse, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (PMDB) assumiria a presidência, convocaria o Congresso para eleger o novo presidente que governaria o país até o final de 2018. Durante um rápido pronunciamento à nação, Temer desmentiu que tivesse comprado ou determinado que comprassem o silêncio do ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), preso pela Operação Lava Jato. Disse que espera o mais rápido possível o esclarecimento definitivo dessa situação, destacou rapidamente a retomada do emprego e das reformas que seu governo pretende implementar para o Brasil voltar a crescer e criticou nas entrelinhas o STF - Supremo Tribunal Federal por omitir-lhe informações sobre a delação premiada, mas espera provar sua inocência. De acordo com o jornalista Ricardo Noblat de O Globo, o presidente Michel Temer estaria pronto para anunciar sua renúncia ao cargo e deveria fazê-lo ainda hoje, no início da noite.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
18/05/2017

BRASIL: Fachin manda afastar Aécio do Senado; PF faz buscas em imóveis do senador

aecio02

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), mandou afastar o senador Aécio Neves (MG), do mandato. A Polícia Federal faz nesta quinta-feira uma operação de busca e apreensão em endereços ligados ao parlamentar no Rio de Janeiro e em Brasília. No Rio, as buscas acontecem nos apartamentos de Aécio e da irmã dele e o imóvel de Altair Alves Pinto, conhecido por ser braço direito de Cunha. O procurador da República Ângelo Goulart Villela, que atua no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi preso na mesma operação. Fachin também expediu mandado de prisão contra o advogado Willer Tomaz, que é ligado a Eduardo Cunha. As medidas são consequência de uma delação premiada e denúncias apresentadas pelo empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, que apresentou uma gravação em que Aécio pede R$ 2 milhões.   No áudio gravado por Joesley, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. Aécio Neves é alvo de seis inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) relacionados à Lava Jato. O Senado informou à TV Globo que ainda não recebeu oficialmente o mandado do ministro do Supremo que mandar afastar Aécio do parlamento. Além de afastar o senador do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolíciaPolítica
17/05/2017

Funcionário público vai à Promotoria para denunciar irregularidades na Saúde

MARCÃO DA DENGUE

Em situação semelhante ao que deverá ser denunciado, o Ministério Público classificou em 2013, como conflito de interesses, ofensivo ao princípio constitucional da moralidade administrativa. O funcionário público Marco Antônio de Barros, "Marquinhos da Dengue" vai ao Ministério Público (MP) nesta quinta-feira (18), para denunciar supostas irregularidades (conflito de interesses) na atuação de profissionais da Secretaria municipal da Saúde e no exercício de cargos na iniciativa privada. Leia também - Fardo pesado: Justiça condena prefeitura por assédio moral e perseguição Segundo ele, a enfermeira Rosangela de Souza Urel Gaspar foi indicada como coordenadora do curso de enfermagem da Fadap pelo ex-vereador Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP), enquanto a enfermeira Joselaine Pio Rocha atuava também sob indicação do ex-parlamentar como professora no curso de enfermagem. De acordo com as informações, “a Jose não teria se empenhado a contento para auxiliar Ribeirão nas eleições do ano passado e, por este motivo, o coordenador regional do PP teria determinado à direção da faculdade a sua demissão em dezembro de 2016”, garante Barros. A eventual influência de Ribeirão sobre a reitoria da Fadap é fundamentada na articulação que o ex-braço forte da administração de Manoel Gaspar (PMDB) exerceu para a assinatura do contrato nº 234/2014, entre a prefeitura e a Instituição Dom Bosco de Ensino e Cultura LTDA ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
16/05/2017

Justiça condena ex-vereador Wellington Pneu por peculato

Wellington-300x350-257x300

Pneu poderá recorrer em liberdade, mas dispara contra imprensa de Osvaldo Cruz PARAPUÃ - A juíza Rachel de Castro Moreira e Silva, da 2ª Vara da Comarca de Osvaldo Cruz, decidiu pela condenação do presidente do diretório municipal do PSDB em Parapuã Wellington César Gonçalves de Aguiar, o Wellington Pneu (PSDB). O também empresário, ex-vereador e ex-candidato a prefeito de Parapuãno caso da acusação por crime de peculato (que é apropriar-se indevidamente de dinheiro ou bem público) apresentada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP). A decisão foi publicada na tarde da última quinta-feira, 4. Segundo apurado em inquérito policial de abril de 2015, o denunciado, na condição de vereador, recebeu do Governo do Estado de São Paulo alguns uniformes identificados com logo do Governo para as equipes de futebol do município. “Ocorre que, com o objetivo de promoção pessoal às custas do erário , suprimiu os brasões e símbolos do Estado de São Paulo, estampados em referidos uniformes, mediante à sobreposição de seu nome e logo, apropriando-se de aludidos bens, como se dono fosse”, diz a denúncia do MPE. Ainda segundo a promotoria, consta nos uniformes símbolos aparentes de pneus e a inscrição 'Wellington Pneu'. “Em sequência, como se dono fosse dos aludidos uniformes, doou-os a equipes de futebol da cidade ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolíciaPolítica