ANUNCIE AQUI!
28/08/2011

Radiojornalismo 70 anos: maioria dos profissionais da TV saiu do rádio

O radiojornalismo esportivo era o que mais atraia iniciantes na área

Sempre muito criativo, Osmar Santos inovou também quando passou a narrar jogos pela TV Record. Em alguns momentos a câmera o mostrava na cabine e ele falava diretamente com o telespectador.

Também criou bordões que foram tão bem aceitos pelo público, que ecoavam pelos estádios, como o famoso “Parou por quê, por que parou?”.

Entre suas expressões inesquecíveis, estão: Ripa na chulipa e pimba na gorduchinha, “Um prá lá, dois prá cá, é fogo no boné do guarda”, “Sai daí que o Jacaré te abraça, garotinho”, “No carocinho do abacate” “ai garotinho”, “vai garotinho porque o placar não é seu” e uma das narrações de gol mais marcante do rádio brasileiro “Iiiiiiiiiiiiiiiii que GooooooooooooooL”.

Também foi Osmar Santos quem criou a expressão “Animal”, que melhor representou o jogador Edmundo, terminando por se tornar a sua marca registrada.

Ouça gols do Corinthians da época do Neto, Viola;  Sócrates e Basílio. 23 anos depois, o Timão voltava a ser campeão Paulista.