ANUNCIE AQUI!
26/06/2014

Messi e os ídolos nacionais

Por: Rodrigo Calil

lionelmessi (1)Já faz um tempo que não faço uma das minhas declarações polêmicas, então vou desabafar.

Estou cansado de pessoas postando um vídeo onde o Messi (supostamente) não aperta a mão de uma criança que a estende para cumprimentá-lo.

Meus caros hipócritas. Vocês cultuam seres de outro mundo que em dupla cantam músicas de corno e se acham os reis da cocada preta.

Desfilam em seus carrões importados amarelos e rebolam no palco por alguns trocados, raramente são vistos ajudando outras pessoas e dificilmente ouvem alguma voz que não a deles mesmos.

Outros desfilam com seus cordões de ouro, motos turbinadas e “cachorras” na garupa.

Por que criticar o Messi? Por ele ser Argentino?

Sim, somos instruídos desde pequenos a amar os Nordestinos (com toda a razão) e a odiar os Argentinos. E nós como bons devoradores de fezes que somos comemos essa porcaria que nos enfiam “guéla abaixo” e sorrimos satisfeitos como hienas que somos.

Defendemos a liberdade sexual, lutamos contra o preconceito bravamente através de cotas e bolsas, não aceitamos diferenças, “somos todos macacos”.

Mas somos porcos xenofóbicos disfarçados de bons pastores.

Deixem de engolir as mentiras que a mídia te conta e pense com a sua cabeça.

Tentem jogar no Google “Messi doa…” e vejam as milhares de causas amparadas por ele.

Façam o mesmo teste com seus ídolos nacionais e se surpreenderão.