ANUNCIE AQUI!
02/03/2016

Sob nova direção: São Francisco para atendimento através do SUS

A unidade nega, mas atendentes do Pronto Socorro passaram esta informação aos pacientes.

Foto: Tupacity

Foto: Tupacity – Pronto Socorro

Depois de receber em janeiro todas as subvenções atrasadas da prefeitura de Tupã, o que evitou uma greve, o hospital São Francisco de Assis parou o atendimento pelo SUS – Sistema Único de Saúde. Alguns pacientes foram surpreendidos com a nova determinação na manhã desta quarta-feira (2).

Segundo as informações de pacientes da unidade, só conveniados da Cooperativa Médica UNIMED teriam preferência. Esta informação seria da recepção do Pronto Socorro (PS).

Na tentativa de obter a confirmação desse fato, a reportagem procurou o diretor do hospital, o pediatra Dalton Chiaradia, mas a instituição está sob nova direção: o cirurgião geral Franck Bucci Pinto e conselheiro da UNIMED assumiu a diretoria. Uma funcionária que não se identificou ratificou essa informação e, negou que o hospital teria interrompido o atendimento aos pacientes do SUS, através do PS.

Hospital sob nova direção: Franck Bucci Pinto - Foto/Divulgação UNIMED

Hospital sob nova direção: Franck Bucci Pinto – Foto/Divulgação UNIMED

Aliás, a prefeitura repassa uma subvenção mensal exatamente para manter o PS atendendo a população através do convênio federal.

A outra informação obtida é que a nova direção do hospital pretende reunir a imprensa para dar explicações sobre a substituição do diretor, atendimentos, entre outros.

O secretário de Finanças, Dorival Jerônimo Coquemala, procurado pela reportagem pela terceira vez nos últimos dias, não foi localizado e nem retornou aos nossos contatos. Por telefone esse contato fica ainda mais impossível.

O sistema telefônico da prefeitura só lhe permite ouvir a mensagem institucional sobre o perigo que o mosquito Aedes aegypti representa. Após a propaganda governamental e seguidos toques, o sistema simplesmente é interrompido. Coquemala havia garantido no final de 2015 que a prefeitura iria efetuar todo o pagamento atrasado aos hospitais. De fato isso ocorreu.

A propósito, a secretária de Saúde, Rosangela Urel Gaspar, esteve reunida nesta manhã com diretores dos hospitais e, por isso, não atendeu a reportagem. O assunto tratado no encontro não foi revelado, mas não é difícil decifrá-lo: Saúde!

Dalton Luis Chiaradia não responde mais pela diretoria

Dalton Luis Chiaradia não responde mais pela diretoria do hospital

 

Leia também:

Calote aos hospitais: na recepção ao Dr. Hollywood, a “luta e abraço” de protesto contra Gaspar