ANUNCIE AQUI!
20/09/2016

Candidato a prefeito de Parapuã, ‘Wellington Pneu’, é denunciado por peculato

Provas testemunhais comprovam doação de uniforme pelo Estado e laudo pericial confirma adulterações com intuito de promoção pessoal, conforme denúncia do Ministério Público

DA REDAÇÃO | GRUPO IMPACTO

Procurado pelo IMPACTO, o vereador e candidato a prefeito ‘Wellington Pneu’ não atendeu as ligações da reportagem (Foto: Folha Regional)

Procurado pelo IMPACTO, o vereador e candidato a prefeito ‘Wellington Pneu’ não atendeu as ligações da reportagem (Foto: Folha Regional)

O MPE (Ministério Público do Estado de São Paulo), por meio do promotor de Justiça Jess Paul Taves Pires, denunciou o vereador e candidato a prefeito de Parapuã, Wellington César Gonçalves de Aguiar – conhecido por Wellington Pneu – por crime de peculato, que é apropriar-se indevidamente de dinheiro ou bem público.

Segundo apurado em inquérito policial de abril de 2015, o denunciado, na condição de vereador, recebeu do Estado de São Paulo alguns uniformes identificados com logo do Governo para as equipes de futebol do município. “Ocorre que, com o objetivo de promoção pessoal às custas do erário, supriu os brasões e símbolos do Estado de São Paulo, estampados em referidos uniformes, mediante a sobreposição de seu nome e logo, apropriando-se de aludidos bens, como se dono fosse”, diz a denúncia do MPE.

Ainda segundo a promotoria, consta nos uniformes símbolos aparente de pneu e a inscrição ‘Wellington Pneu’. “Em sequência, como se dono fosse dos aludidos uniformes, doou-os a equipes de futebol da cidade de Parapuã”, conforme apurado.

Após perícia nos citados uniformes, a Polícia Civil encaminhou inquérito policial ao MPE, que fez a denúncia em 31 de agosto de 2016 a Justiça de Osvaldo Cruz. “Assim agindo, o denunciado demonstrou claro intuito de obter indevida vantagem, apropriando-se dos bens retro mencionados, que teve posse em razão do cargo de agente político, desviando-os do fim original, em seu proveito”, diz a denúncia.

Caso condenado, o crime de peculato prevê pena de dois a 12 anos de prisão e multa.

Outro lado

Procurado pelo IMPACTO, o vereador e candidato a prefeito ‘Wellington Pneu’ não atendeu as ligações da reportagem.

Consulta

A cópia original do processo pode ser consultada no site do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por meio do endereço: https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, e informe o número do processo: 0000596-68.2016.8.26.0407.

Fonte: GI Notícias