ANUNCIE AQUI!
07/09/2017

Sepultado em Tupã sargento da PM morto em troca de tiros com a polícia de MG

Foi sepultado na manhã desta quinta-feira (7), no cemitério da Saudade, o corpo do PM aposentado Vantuir Florentino de Oliveira, 56 anos. Ele atuou em Rio Claro-SP, mas tinha parentes no município.

O aposentado dirigia sua caminhonete quando teria atirado contra um caminhão, em uma rodovia que liga o Estado de São Paulo ao de Minas Gerais; vítima praticava caça e armamento foi localizado

O aposentado dirigia sua caminhonete quando teria atirado contra um caminhão, em uma rodovia que liga o Estado de São Paulo ao de Minas Gerais; vítima praticava caça e armamento foi localizado

Segundo o portal http://www.diariodaregiao.com.br/, o policial militar aposentado Vantuir Florentino de Oliveira, morreu na manhã de terça-feira, dia 5, após confronto com policiais militares de São Paulo e de Minas Gerais. Ele teria atirado contra um caminhoneiro, próximo ao pedágio de Icém, na microrregião de São José do Rio Preto, após uma discussão possivelmente de trânsito. A vítima teria ligado para Polícia Militar, que iniciou uma perseguição pela BR-153 até Frutal-MG.

Segundo a polícia, o PM aposentado fugiu desviando das barreiras policiais feitas para prendê-lo, mas a perseguição terminou no povoado de Pradolândia, distrito de Frutal, numa troca de tiros. De acordo com a Polícia Civil de Minas, ao perceber que estava cercado, Vantuir saiu do carro armado e começou a atirar contra os policiais. O aposentado acabou sendo morto no confronto. O corpo do aposentado deve foi liberado nesta quarta-feira, dia 6, e foi enviado para Tupã, onde foi enterrado.

O portal http://www.jornalcidade.net , conta que o sargento aposentado teria recebido diversas vezes voz de parada. Mas, em dado momento, Vantuir teria parado seu veículo, uma caminhonete, virado-se de frente para as forças policiais e efetuado diversos disparos.

Em revide à agressão, os policiais que atuaram na ocorrência trocaram tiros com o agente aposentado, que foi alvejado, não resistiu aos ferimentos e faleceu. O socorro foi acionado e as providências cabíveis tomadas pelas autoridades no momento.

A reportagem do JC fez contato com a Polícia Civil, que confirmou as informações e ressaltou que a ocorrência estava sendo apresentada na Delegacia de Polícia de Frutal, já no Estado de Minas Gerais, devido à proximidade com o local onde o fato teria ocorrido.

Por meio de informações das redes sociais, a reportagem apurou que não existia conhecimento de Vantuir Florentino de Oliveira pertencer à Polícia Militar. O fato deu-se somente após a troca de tiros e o falecimento da vítima.

Dentro de um veículo, apontado como sendo de Oliveira, diversas armas e munições de caça foram encontradas.