ANUNCIE AQUI!
20/01/2018

TIROTEIO:Maranhense pretendia matar vizinha por ela ser viúva

Durante a ocorrência em Iacri, o acusado esfaqueou um PM e foi morto com cinco tiros.

Iacri morto

O corpo do maranhense Francisnaldo de Araújo Lima, 29 anos, está no IML – Instituo Médico Legal de Tupã e o subtenente Éder internado na Santa Casa de Misericórdia sob cuidados médicos após receber pelo menos duas facadas.

Há informação de que também teria sido alvejado no rosto, mas não houve confirmação por parte da PM. Ele não corre risco de morte.

Já o indiciado que resistia a abordagem policial teria recebido cerca de cinco tiros, dos quais, uns três disparados pelo próprio policial que negociava a rendição do maranhense. Mesmo tendo sido desarmado, o sujeito teria empunhado uma segunda faca que havia escondido e golpeou o policial.

ANABOLIZANTE

Tiroteio IacriTiroteio Iacri 1

Segundo moradores de Iacri, Francisnaldo mudou-se para o município para trabalhar na zona rural. Morava vizinho de uma senhora que recentemente perdeu o marido vitimado pelo câncer.

Demonstrando perturbação de ordem mental, Francisnaldo também faria uso de anabolizantes para cavalo. Neste sábado (20), logo pela manhã, o acusado foi importunar a vizinha fazendo-lhe ameaças de morte.

De acordo com testemunhas, Francisnaldo dizia para a viúva “que não existia razão para ela continuar viva após a morte do marido”. Assustada, a dona de casa chamou familiares que acionaram a polícia.

Como o sujeito estava bastante alterado e possivelmente decidido a matar ou morrer, foi chamado reforço de Bastos e de Tupã. Com a chegada do negociador da PM ocorreu o entrevero, o esfaqueamento do subtenente Éder e os tiros que ceifaram a vida de Francisnaldo de Araújo Lima.

Em um vídeo postado nas redes sociais nota-se os policiais abordando o indivíduos e ele fazendo menção de ataque. Em seguida, Francisnaldo entra no imóvel e é seguido pelos policiais, quando possivelmente o fato se consumou.

Clique sobre Tiroteio Iacri vídeo  e assista vídeo da ocorrência.

VIOLÊNCIA

Esta é a segunda ocorrência de repercussão no município de Iacri, em pouco mais de um mês. Na madrugada do dia 14 de dezembro, O pastor Hermelindo Cláudio Ferreira, 64 anos, da igreja Batista, foi encontrado morto a facadas nas proximidades da fazenda Jatobá, saída para Tupã. O veículo que ele dirigia foi localizado capotado na vicinal Iacri/Bastos – proximidades da granja Nagano.

No momento da localização do veículo Astra, cor prata, os policiais encontraram documentos e carteira do pastor e um celular pertencente a um sujeito identificado por Evaldo Veiga, 33 anos. Evaldo é conhecido nos meios policiais e já cumpriu pena pela pratica de delitos. Fotos dele no celular o denunciaram. O aparelho também está em nome do acusado que foi detido e confessou a autoria do latrocínio e entregou dois comparsas – um outro de Iacri e um terceiro de Bastos ou Osvaldo Cruz.

Os outros acusados foram colocados em liberdade pela polícia, mas as investigações continuam na tentativa de desvendar novos fatos que cercaram o roubo seguido de morte do religioso.

Leia mais: EXCLUSIVO: Acusado de latrocínio contra pastor já esteve preso no MT