ANUNCIE AQUI!
09/02/2018

CAIXA DE CAMPANHA: Sobre a resposta do Evandro Gussi

Sobre a resposta de Evandro Gussi, o vereador Paulo Henrique Andrade (PPS), ratificou seu raciocínio ao afirmar que “na política, mentirosos e falsos profetas usurpam do poder público para fazer caixa de campanha”.

PAULO HENRIQUE

Segundo Paulo Henrique Andrade, o nobre deputado afirma que “Pessoas sem cautela e desprovidas de zelo com a verdade passaram a insinuar que haveria alguma ofensa ética no fato de, por um determinado período De fato, as contratações foram públicas e seguiram rigorosamente a lei. Obviamente, ambos cumpriram o que lhes fora proposto para a função”.

“Ora nobre deputado, o mais engraçado de tudo, é que você sempre pregou que não gastava dinheiro em suas campanhas, que faria uma política nova e diferente. Olhando os dados, a esposa do deputado foi assessora nos períodos em que o deputado, que na época também era assessor, se ausentava para fazer campanha. Ou seja, para não perder o salário, nomeava sua mulher para lhe substituir. Isso está cheio na política, mentirosos e falsos profetas, que usurpam do poder público para fazer caixa de campanha. Onde está a moralidade? Será que se não fosse esposa dele, outra pessoa com formação em farmácia, seria contratada? Isso nos mostra o quão moral são os deputados Evandro e Reinaldo. Aqui na prefeitura não está diferente”.

A RESPOSTA

Fonte: Ocnet

O advogado José Reinaldo Gussi, pai de Evandro Gussi era outros beneficiado

José Reinaldo Gussi (pai) era outros beneficiado

Deputado Evandro Gussi escondia assessoria parlamentar

Deputado Evandro Gussi “escondia” o emprego

Joyce Gussi e o marido se alternavam no "trem da alegria"

Joyce Gussi e o marido se alternavam no nos cargos

TUPÃ – O Deputado Federal Evandro Gussi do PV se manifestou pela primeira vez após as denúncias apresentadas pelo vereador Paulo Henrique e pelo jornalista Jota Neves de que ele, a esposa e o pai foram assessores do deputado estadual, Reinaldo Alguz, do mesmo partido.

Os dois deputados formaram dobradinha nas últimas eleições, mas antes a família Gussi ocupou cargos de confiança no gabinete de Alguz com salários que ultrapassaram os 9 mil reais, segundo o vereador e o jornalista.

Em nota, Evandro Gussi afirmou que “as contratações foram públicas e seguiram a lei e tanto a esposa quanto o pai cumpriram o que lhes fora proposto para a função e tudo ocorreu em período anterior” ao fato do parlamentar assumir o cargo de deputado federal.

O deputado Evandro Gussi não vê ilegalidade no fato do colega Alguz ter contratado dois cidadãos brasileiros no gozo de seus direitos civis e políticos. Segundo ele, a esposa tem duas graduações universitárias na área da saúde e é uma gestora competente e o pai dele é delegado de polícia aposentado, respeitado advogado em âmbito regional e professor universitário.

PATRIMÔNIO 

Deputado estadual Reinaldo Alguz - autor intelectual do "trem da alegria"

Deputado estadual Reinaldo Alguz – autor intelectual do “trem da alegria”

Quanto a evolução patrimonial de Gussi, o deputado diz que tudo é fruto de uma vida de  estudos e de trabalho. Em 2014, o valor real dos seus bens seria de R$ 446 mil reais, além de um financiamento imobiliário de mais R$ 367 mil para a construção da casa dele. “O restante se divide entre informações distorcidas ou interpretações sem critério”, disse Gussi.

Leia também: História: Gussi poderá ser lembrado como o inoperante deputado Carlão