ANUNCIE AQUI!
01/07/2018

Garis não devem entrar em greve

Ricardo Raymundo determina pagamento de horas extras integrais.

Caio Ricardo

Mesmo encontrado dificuldades até para cumprir com a folha de pagamento, o prefeito José Ricardo Raymundo (PV) determinou o pagamento completo de horas extras para os funcionários da coleta de lixo e da educação.

No dia 13 de junho, garis se reuniram com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais exigindo um encontro com o chefe do Executivo para reavaliar a decisão de pagar apenas 50% das horas extras e deixar a outra metade para o banco de horas.

Existia um compromisso de que a outra metade poderia ser paga em fevereiro, mas a categoria reclamava que, o ganho extra já complementava o orçamento e, consequentemente, já estava comprometido.

Caso a prefeitura não revesse a decisão, os trabalhadores da coleta pretendiam parar as atividades. Pelas redes sociais, a população se manifestou favorável à paralização da categoria.

De acordo com uma fonte, já na folha de pagamento deste mês deverá ser efetuado o pagamento das horas extras “integrais” – o equivalente a apenas 50 horas/mês, mesmo atingindo eventualmente números maiores.

A outra reivindicação feita pelo Sindicato é que seja elevado para 60 horas extras ao mês, mas ainda não há consenso.