ANUNCIE AQUI!
20/09/2018

Sem gerador de energia, UPA para atendimento à população

Em 2014, ainda quando era vereador, Ricardo Raymundo defendeu a instalação de um gerador de energia na Unidade de Pronto Atendimento. Quatro anos depois, o agora prefeito ainda não viabilizou o equipamento.

UPA

A falta de um gerador para em situação de urgência urgentíssima abastecer a UPA, fez com que o atendimento fosse interrompido após um caminhão derrubar um poste padrão que abastece o relógio de energia da unidade, deixando às escuras a partir da noite de quarta-feira (19).

Somente nesta tarde de quinta-feira (20), é que os funcionários da Energisa retornaram ao local para tentar restabelecer o fornecimento de energia elétrica para o prédio, mas o tempo instável pode comprometer os serviços. Os funcionários foram dispensados e o atendimento está sendo realizado no Pronto Socorro da Santa Casa.

A expectativa é que a partir desta sexta-feira (21), é que a situação seja normalizada. O médico que atende na UPA foi deslocado para o PS da Santa Casa, No prédio da UPA foram mantidos apenas um guarda e um motorista de ambulância.

Foto: Tupacity

Poste derrubado por um caminhão – Foto: Tupacity

A PROMESSA DE 2014

Em matéria publicada no site da Câmara Municipal de Tupã, no dia 3 de junho, de 2014, o vereador Ricardo solicitou ao Poder Executivo que busque apoio político na esfera estadual para obter um gerador diesel Stemac 150 KVA completo para a UPA de Tupã, mas passados quatro anos, nem mesmo ele como prefeito, conseguiu viabilizar o recurso cobrado durante a gestão de Manoel Gaspar (2013/2016).

Além dos tupãenses, a unidade atende pacientes de Parapuã, Rinópolis, Iacri, Queiroz, Bastos, Herculândia e Arco-Íris.

Em 2014, Ricardo cobrava a necessidade da UPA possuir um gereador

Em 2014, Ricardo cobrava a necessidade da UPA possuir um gerador

Segundo o vereador Ricardo Raymundo, a UPA, que atende 24 horas, não dispõe deste equipamento. “Para evitar transtornos em quedas de energia, seria necessário adquirir este gerador diesel Stemac 150 KVA completo, com um conjunto de atenuadores de ruído para GMG complementar ao sistema de tratamento acústico e um sistema de regulagem eletrônica de velocidade para motor diesel por atuador eletro mecânico para motores com bomba injetora mecânica”, defende.

O vereador Ricardo observa que o gerador é fundamental para iniciar os atendimentos na unidade, pois se ocorrer falta de energia, o gerador continua fornecendo eletricidade para a UPA. “Com o gerador que é de extrema importância nos momentos de falta de energia, a instituição passa a ter menos transtornos”, observa.

Com a aprovação da indicação, ofícios foram encaminhados ao prefeito Manoel Gaspar, ao governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmim e ao deputado estadual Reinaldo Alguz. “Com o gerador, todas as ações desenvolvidas na unidade não serão interrompidas por falta de energia elétrica, como por exemplo, o uso de oxigênio”, destaca.

Tiago Pettenuci

Assessor de Comunicação