ANUNCIE AQUI!
07/08/2019

Pelo WhatsApp Sindicato fala em golpe na cassação de Ricardo Raymundo

O ex-prefeito defendeu a luta da categoria por um salário mais justo e pela primeira vez fez duras criticas à oposição.

IMG-20190807-WA0044Áudios que circulam em aplicativos de mensagem revelam uma troca de diálogo entre o ex-prefeito Ricardo Raymundo (PV) e o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Marcos Antônio Barbosa, o “Borracha”.

O assunto em pauta é a luta da categoria por um reajuste maior que 3,70% oferecido pelo prefeito Caio Aoqui (PSD), porém, durante a troca de áudios ambos falam em golpe aplicado pela oposição durante o processo de cassação em 28 de maio.

Raymundo destaca o trabalho sindical em defesa dos funcionários públicos municipais que ganham menos e, em seguida, denuncia que o atual prefeito tem “inchado” a folha de pagamento da Prefeitura com contratações de “amiguinhos” e destinação de diárias para ocupantes de cargos comissionados.

Já Borracha agradece a mensagem do ex-prefeito e critica veementemente o atual prefeito pela sua “ineficiência” no diálogo com os servidores.

Em determinado trecho, Borracha fala sobre o suposto golpe praticado por aqueles, que ele classifica como “corruptos”.

TESE

A propósito a tese de argumentação para pedido de liminar para voltar à Prefeitura de Tupã segue a direção de suposta perseguição politica que culminou na cassação de Ricardo Raymundo.

Até o momento não houve manifestação judicial no sentido de reconduzi-lo ao cargo de chefe do Executivo.

Em tom de “brincadeira” e numa alusão ao escândalo de vazamentos de mensagens conhecidas como “Vaza Jato” pelo site The Intercept Brasil do jornalista Glenn Greenwald, uma montagem em vídeo revela a conversa entre o ex-prefeito e o sindicalista, através de um “InterceptTupã”. Veja vídeo: https://www.facebook.com/jotaneves123/