ANUNCIE AQUI!
31/12/2019

O Adeus ao “Impressionante Brasil” – Infecção generalizada cala a voz de Nilson Vicente e de seus personagens

Centenas de pessoas – amigos de rádio, fãs, autoridades políticas e familiares se despedem em homenagens fúnebres ao corpo do radialista. O velório acontece no Memorial Tamoios e será sepultado a partir das 17 horas, no Cemitério de Pompéia, onde possui familiares.

NilsãoA comunicação regional amanheceu o último dia de 2019, sem uma de suas vozes mais marcantes das últimas décadas: Morreu às 23h30 desta segunda-feira, dia 30, o radialista Nilson Vicente de Souza, 52 anos e, com ele, uma série de personagens criados pela equipe “NV” que os auxiliavam em seus programas musicais pelas emissoras pelas quais desfilou seus bordões, entre eles, o marcante – IMPRESSIONANTE BRASIL.

Palmeirense “roxo”, a bandeira de seu time preferido cobre o caixão. Nilsão, como também era conhecido, foi muito popular.

Além de programas que manteve pelas principais rádios regionais como Cidade FM, Piratininga (Tupã AM e FM), Paulista (Band), Clube, Interativa (Jovem Pan), Central de Pompéia, Comunitária de Parapuã, Comunitária de Rinópolis e Rádio Capital FM de Bastos, também fazia locução de eventos – desde apresentação de shows, feiras e quermesses.

Assim como no rádio, nesses eventos “carregava” sempre seu “fiel escudeiro” – “Chineizinho”, o mais famoso personagem que criou durante sua trajetória. Além de Chineizinho como costumava pronunciar, Nilsão também teve outros: Ventania, Lamparina e Tigresa.

ELEIÇÕES

Jota-renovação-300x207

Sua voz marcante destacou-se ainda durante o processo eleitoral de 1996 sob o lema “RENOVAÇÃO” que elegeu Manoel Gaspar para seu primeiro mandato.

Os comícios da época alavancavam campanhas. Nilson Vicente foi parceiro de Jota Neves no vitorioso pleito que pôs fim a um processo de polarização de 20 anos, entre Carlos Messas e Jesus Guimarães, durante disputa memorável com a ex-secretária de Assistência Social Júlia Messas.

PROBLEMAS DE SAÚDE

Nilson Vicente faleceu na UTI da Santa Casa de Misericórdia, vítima de infecção generalizada, após ser internado no domingo, dia 29, com diagnóstico de insuficiência renal e hipertensão arterial severa.

Depois de ser submetido a vários procedimentos, inclusive uma tentativa de cirurgia no intestino, sofreu três paradas cardíacas e não resistiu.

Os problemas de saúde se agravaram após viagem de férias pela casa de um dos cinco filhos que possui e que residente em São Vicente, no litoral paulista.

O comunicador retornou para Tupã, na última quinta-feira (26), apresentando sintomas de que não estava bem. Portanto, morreu o guerreiro ícone do rádio – IMPRESSIONANTE BRASIL!

À família enlutada, as nossas condolências…

Aqui, foto do final dos anos 90, na sala “Jornalista Valter Zômpero”, no paço municipal. À época Nilson Vicente atuava na antiga Rádio Paulista FM. A última vez em que nos falamos foi no dia 14 de dezembro, às 10h48. “Aquele abraço Guerreiro”, me disse,  Nilson Vicente.

Jota-Jesus