ANUNCIE AQUI!
15/02/2020

A prefeita de Vera Cruz já sofre processo de cassação

A matéria sobre a instalação do processo de cassação da prefeita de Vera Cruz, foi publicada pelo G1, na terça-feira, dia 11. Na ocasião, a chefe do Executivo havia informado que estaria em São Paulo a trabalho.

Renata Zompero Devito foi convidada a prestar esclarecimentos sobre o uso do dinheiro público no setor de transportes. Pela quinta vez consecutiva, a prefeita não compareceu a sessão.

Por G1 Bauru e Marília

Vereadores iniciam processo de cassação da prefeita de Vera Cruz — Foto: Reprodução/TV TEM

Vereadores iniciam processo de cassação da prefeita de Vera Cruz — Foto: Reprodução/TV TEM

Os vereadores da Comissão Processante deram início ao processo de cassação do mandato da prefeita de Vera Cruz, Renata Zompero Devito, para esclarecer o uso do dinheiro do transporte do município.

Segundo o presidente da comissão, Renato Dominguez de Moraes, dos mais de R$ 64 mil gastos anualmente com o seguro dos meios de transporte, cerca de R$ 2.700 eram investidos em uma frota que estaria inutilizada.

Ao ser chamada para explicar o gasto através de uma notificação publicada no Diário Oficial, a prefeita a não compareceu à câmara na data marcada, pela quinta vez consecutiva. De todas as faltas, apenas uma teve justificativa apresentada.

Na última sessão agendada, os vereadores aguardaram o comparecimento por mais de 3h, o que não aconteceu. Além da prefeita, outras nove testemunhas seriam ouvidas, mas também não compareceram.

Segundo testemunhas afirmaram à TV TEM, os veículos públicos que estão inutilizados estariam sem condições de uso, mas com o seguro em dia. A denúncia foi recebida em outubro do ano passado pela câmara dos vereadores.

As investigações já passaram ultrapassaram os 90 dias, e foram prorrogadas por ordem judicial. Cabe agora, à comissão, definir as próximas ações.

A Prefeitura do Município foi procurada pela TV TEM para prestar esclarecimentos, mas até o momento, não respondeu às solicitações.

A prefeita informou que ontem tinha horário marcado na secretaria estadual de agricultura, na capital. A comissão deu cinco dias pra ela apresentar a defesa.

Prefeita de Vera Cruz não compareceu à sessão pela quinta vez consecutiva — Foto: Divulgação

Prefeita de Vera Cruz não compareceu à sessão pela quinta vez consecutiva — Foto: Divulgação