ANUNCIE AQUI!
11/02/2020

Vereador tem nariz quebrado durante reunião camarária

Dedo em riste e cabeçada no nariz marcaram reunião que pretendia iniciar uma discussão legislativa sobre possível projeto de redução do número de vereadores. Luis Alves exigiu que Paulo Henrique Andrade devolvesse aos cofres públicos R$ 180 mil de salários que o parlamentar recebeu, após ser eleito sob promessa de não ter custo aos cofres públicos.

84453995_202558180801874_8635663297779073024_n

Com uma sutura e uma chapa de raio x nas mãos revelando que seu nariz está quebrado, o vereador Paulo Henrique Andrade (PPS) esteve na Central de Polícia Judiciária para registrar boletim de ocorrência de lesão corporal praticada pelo parlamentar Luis Alves de Souza (PC do B).

A reunião convocada pelo presidente da Câmara Eliézer de Carvalho, logo após a segunda sessão ordinária do primeiro semestre, tinha por objetivo iniciar discussão sobre um possível projeto de lei para a redução do número de vereadores para a próxima legislatura. Atualmente são 15 os representantes do povo. A ideia é de Paulo Henrique Andrade.

Segundo Luis Alves, essa promessa havia sido feita pelo seu opositor durante as eleições de 2016. “Ele também prometeu devolver os subsídios aos cofres públicos e até hoje não o fez. Ele é o parlamentar mais caro de Tupã pela baixa produção. Eu exigi que ele devolvesse R$ 180 mil que recebeu até hoje e, agora, vem com a mesma proposta visando sua reeleição”, declarou ao blog.

De acordo com Luis Alves foi neste momento em que Paulo Henrique se levantou, e com o dedo em riste o chamou de mentiroso e, ao se aproximar abruptamente, bateu o nariz em sua cabeça.

Imagem da fratura

Imagem da fratura

Paulo Henrique disse ao portal MaisTupã que foi surpreendido com o golpe de cabeça que colidiu contra em seu nariz.

Em seguida, a turma do “deixa disso” teria separado os desafetos. Paulo Henrique foi para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento para receber atendimento médico, enquanto Luis Alves ficou na Câmara lamentando o episódio.

Paulo Henrique Andrade prometeu conceder entrevista assim que deixasse a delegacia de polícia.

Leia também: 

BRIGA DE RUA: Vereador tupãense se envolve em pancadaria em festa de réveillon

Vereador Luis Alves sofre atentado no prédio da Câmara de Tupã

Ribeirão e Valter Moreno saem no braço dentro da Câmara de Tupã-SP

Propina até no lixo: envolvido na Lava Jato atuou em Tupã e manteve contratos com a prefeitura