ANUNCIE AQUI!
15/04/2020

Combate à dengue: Somente depois de um ano surgem os efeitos dos investimentos

Para restabelecer a verdade, no dia 12 de abril de 2019, Tupã contabilizava 731 casos positivos, contra 420 neste ano, segundo dados divulgados nesta terça-feira, dia 14. Portanto, somente nesta semana é que de fato o índice é menor 42% em relação ao mesmo período do ano passado.  

MarquinhoO coordenador de Combate às endemias da prefeitura de Tupã, Marco Antônio de Barros, o “Marquinho da Dengue” vinha inflacionado os casos de dengue registrados até março de 2019, em Tupã, num comparativo com o mesmo período deste ano.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde, dia 7, no primeiro trimestre de 2019 foram registrados 626 casos contra 412, em 2020. Os números constam na página da prefeitura – “uma redução de 35,78%”, comemorou o prefeito Caio Aoqui.

Numa outra matéria divulgada na quinta-feira, dia 9, o site MaisTupã cita que em comparação ao ano de 2019, no mesmo período a redução no número de casos foi significativa, pois ao final de março de 2019 Tupã já somava, 940 casos positivos, segundo informações do setor de endemias.

940 casos no primeiro trimestre de 2019 significava triplicar os números da doença. O mesmo portal, incluindo Tupacity, Tupãnotícias e da própria prefeitura registram que no dia 1º de abril de 2019, Tupã tinha 361 casos positivos de dengue, e 220 pessoas aguardavam resultado de exames.

PH 2

O equívoco de quem divulga os números já levou a erros o aliado do Executivo, o vereador Paulo Henrique Andrade (PSDB) ao anunciar uma queda de 66,45% no número de doentes, em 11 de março, através do Tupacity.

O parlamentar anunciou à imprensa que os dados foram extraídos da Secretaria de Saúde – 635 casos positivos de dengue de 1º de janeiro a 10 de março de 2019, contra 213, no mesmo período em 2020.

Vejam, os números divulgados pelo legislador – 635, em 11 de março divergem dos atuais – 626 divulgados dia 7 de abril. Há um mês os números eram maiores que os de hoje.

Em 22 de março deste ano, o blog apurou que na verdade havia ocorrido um aumento de 50% nos casos de dengue em Tupã – considerando o mesmo período do ano passado.

Até o dia 19 de março de 2019, a Secretaria Municipal de Saúde havia divulgado 144 casos confirmados de dengue, contra 284 neste ano.

E, como divulgado acima, em 2019, Tupã fechou o mês de março com 361 casos de dengue, número ainda inferior ao registrado até 1º de abril de 2020.

Segundo o mapa da dengue da TV Tem, Tupã registrou 372 casos até o dia 31 de março de 2020 – 11 a mais. Ou seja, contra números não há argumentos, seja mais ou menos, o município vivencia a mesma epidemia.

É possível que neste ano, os números sejam menores pelo tamanho do investimento que a prefeitura fez para impedir epidemia na mesma proporção do ano anterior, mas por enquanto, os números divulgados pelo setor de combate à dengue não demonstram a mesma eficiência.