ANUNCIE AQUI!
15/01/2021

“GUERRA PELA VIDA”: Covid-19 colapsou o sistema de saúde em Tupã!

Se a situação de internações continuar no mesmo ritmo, nas próximas horas poderá haver “guerra” para se salvar.

"Se mantiver essa situação haverá guerra pela vida"

“Se mantiver essa situação haverá guerra pela vida”

Tupã já está com o sistema de atendimento colapsado e é preocupante porque nem enfermaria poderá ser suficiente para atender pacientes de Tupã e da microrregião. A Santa Casa de Tupã está com os 15 leitos de UTI ocupados e até ontem à noite (14), cinco pacientes aguardavam no Pronto Socorro vaga para enfermaria.

- Além disso, um paciente vindo de Osvaldo Cruz não aguardou a consulta, pegou um raio x e veio para a Unidade de Pronto Atendimento de Tupã (UPA) saturando o atendimento em 70%, informou o secretário de Saúde, Miguel Ângelo de Marchi.

De acordo com as informações, a vítima permaneceu na UPA durante a madrugada e nesta manhã seria colocado pelo sistema Cross – Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde do Governo do Estado.

Essa medida deveria ser tomada uma vez que a Santa Casa de Osvaldo Cruz informou que não tinha como recebê-lo novamente no local. Mantendo essa situação, o secretário de Saúde de Tupã observa que em breve teremos além de escolher quem vai ser internado, mas até uma possível “guerra” de pacientes do município ou de fora brigando por atendimento.

Na Europa e na China essa situação foi verificada quando no início da pandemia. Pacientes ficavam nos corredores ou pelas ruas morrendo por falta de oxigênio.

De acordo com as últimas informações da Santa Casa de Tupã, das cinco internações nos leitos da enfermaria, todos os pacientes apresentavam sintomas graves da doença e precisavam ir para a UTI, mas os leitos estão todos ocupados.

Nesta manhã de Sexta-feira (15), três pacientes de Tupã estavam no isolamento da UPA aguardando definição para internação. Todos apresentavam sintomas graves da Covid-19.

SANTA CASA AMPLIA ENFERMARIA

Santa Casa amplia para 26 o número de vagas na enfermaria, mas faltam leitos de UTI

Santa Casa amplia para 26 o número de vagas na enfermaria, mas faltam leitos de UTI

O diretor administrativo da Santa Casa, Laércio Garcia confirmou agora a pouco a reportagem que mais seis leitos estão sendo criados na enfermaria, elevando para 26 o número de vagas, a partir do fechamento do Setor da Ala Feminina.

Os três pacientes que estavam na UPA serão encaminhados à enfermaria, mas se precisarem de UTI, não haverá vagas.

Lembrando que desde o início da pandemia, 59 pessoas perderam a vida para a doença.

Leia também: CONFUSÃO NOS VELÓRIOS: Coronavírus muda rotina de sepultamentos e gera desconforto às famílias