ANUNCIE AQUI!
04/05/2018

Alagamentos motivaram a compra de camionete para a prefeitura de Tupã

Outro motivo, a necessidade de percorrer estradas rurais de difícil acesso, como esta que gera reclamação dos moradores do distrito de Universo. "A camionete é um veículo alto, no caso de atravessar uma enchente como acontece em São Paulo", disse o prefeito José Ricardo Raymundo ao jornal Diário. De fato, São Paulo sofre com enchentes, inundação e alagamentos. A própria cidade de Tupã sem as obras de macrodrenagem enfrenta constantes alagamentos em períodos de chuvas prolongadas, e arrasta carros de pequeno porte. Na nota abaixo, não há referência a palavra "enchente" citada pelo prefeito, segundo o jornal Diário, edição de hoje, dia 4. NOTA À IMPRENSA Sobre a aquisição da caminhonete, a Prefeitura de Tupã esclarece que a opção em adquirir este tipo de veículo se deve à necessidade de contemplar as necessidades apresentadas pelo chefe do Executivo, que constantemente é obrigado a se deslocar para cidades distantes como São Paulo e Brasília para tratar de assuntos de interesse do município (como assinatura de convênios, liberação de recursos, entre outros), além da necessidade de visitar periodicamente estradas e propriedades rurais, muitas vezes de difícil acesso, a fim de fiscalizar e acompanhar obras e serviços que estão sendo executados na zona rural. Este tipo de veículo contemplaria ambas as necessidades, ou seja, servir como ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
29/04/2018

Vanuíre: Confusão cultural entre índios e brancos deve provocar reunião de prefeitos

Secretário de Cultura ainda não se manifestou sobre o conflito na Praça da Bandeira. Vídeos feitos por internautas revelam o momento de tensão durante evento cultural. O conflito ocorrido na noite de sábado, dia 28, na Praça da Bandeira ainda não foi esclarecido pelo secretário de Cultura, Renato Gonzales. O blog tentou contato, mas ainda não recebeu retorno. A confusão deve colocar na mesa de reunião os prefeitos de Tupã e Arco-Íris, José Ricardo Raymundo (PV) e Ana Serafim (PTB), respectivamente. A Aldeia Vanuíre deixou de pertencer ao município de Tupã, após a emancipação de Arco-Íris. O impasse teve início quando os índios tiveram que transferir suas apresentações do Espaço Cultural, para a frente do Museu "Índia Vanuíre". É que mesmo local havia também confirmado a apresentação do Circuito Cultural Paulista com o musical do vice-campeão do The Voice em 2015, Ayrton Montarroyos. Os índios atenderam a diretora do Museu Tamime Rays Borsato e foram para a Rua Coroados, mas em seguida retornaram à Praça, e invadiram o Espaço Cultural. Eles alegavam discriminação. O local para onde foram se apresentar não tinha infraestrutura, nem iluminação suficiente. Quando os índios retornaram ao Espaço Cultural “Zé Pretinho”, os músicos que faziam a passagem do som se assustaram e saíram em desabalada carreira. Eles se “protegeram” se trancado ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
31/12/2017

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
23/12/2017

FELIZ NATAL!!!

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
19/12/2017

Cartel: Tribunal de Justiça rejeita denúncia contra postos

Onze postos foram denunciados ao Ministério Público, sobre suposta combinação de preços.                 O TJ-SP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo suspendeu o agravo de instrumento referente à denúncia sobre possível formação de cartel em Tupã, praticado  por 11 postos de combustíveis, que estariam "combinando" o preço dos produtos antes de repassá-los ao consumidor final. "Por ver presentes os requisitos necessários, concedo ao recurso o pleiteado efeito suspensivo. Comunique-se e esclareça ao MM. Juízo 'a quo' que não há necessidade de prestar informações", afirmou o despacho assinado pelo relator Jayme Queiroz Lopes. Recentemente, uma decisão judicial proferida pela Justiça de Tupã concedeu liminar determinando que os 11 postos de combustíveis da cidade parem de cobrar o mesmo preço, ou com uma variação quase imperceptível. A decisão atendeu a uma representação encaminhada ao MPSP - Ministério Público de São Paulo que, após investigação, concluiu que os preços cobrados dos motoristas eram quase idênticos, ou pouca variação. Para os promotores, a situação se caracterizava como pratica de cartel entre os empresários para cobrar o mesmo preço pelo combustível. A representação foi encaminhada ao Ministério Público de Tupã pelo advogado André Gustavo Zanoni de Castro, o "Pena", que visitou postos do município e fotografou os preços praticados por cada estabelecimento. Fonte: Diário   

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
13/12/2017

Hospital São Francisco pode permanecer fechado definitivamente

A dívida em torno de R$ 20 milhões inviabiliza um futuro gerenciamento da unidade. Com a possível decisão, Tupã vai começar 2018, com apenas um hospital. Uma reunião envolvendo os membros da Irmandade deve definir nas próximas horas de que o hospital São Francisco de Assis dificilmente será administrado pela Santa Casa. A gigantesca dívida deverá acarretar em sérios problemas difíceis de serem contornados. Ações trabalhistas e movidas por fornecedores podem resultar em penhoras judiciais – um transtorno incomensurável para os futuros administradores. Além disso, caso a Santa Casa venha assumir o São Francisco já a partir do início do próximo ano, terá que arcar com aluguel do prédio, que pertence à Cooperativa Unimed. Qual o valor de aluguel de um prédio naquelas dimensões? Outro problema difícil de ser avaliado é a questão do repasse dos recursos oriundos do Ministério da Saúde. Segundo foi divulgado, somente através de uma possível manobra – redirecionando o recurso para o Estado é que eventualmente chegaria à Santa Casa para custear as despesas com o SUS – Sistema Único de Saúde. Isso só após o início das atividades já sob nova direção. As suspeitas de fraude em atendimentos pelo SUS e sob investigação federal, e a advertência da DRS IX – Diretoria Regional de Saúde em Marília, de que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
03/10/2017

Prefeitura rompe contrato com empresa circular

Desde o primeiro dia, a empresa TDR desrespeita os usuários. A situação só piorou ao longo de dois anos, mesmo com subsídio de R$ 50 mil por mês e passagem de R$ 3,00. A partir desta quarta-feira (4) a prefeitura vai executar o serviço "de graça".                 Estava prestes a escrever um pensamento sobre as irregularidades praticadas pela empresa circular (TDR) que servia Tupã. Evidente que o objetivo era criticar a omissão da prefeitura e de parlamentares. Não vi nenhum deles criticar com tanta veemência como as famigeradas exposições do Santander, no Rio Grande do Sul e do MAM - Museu de Artes Modernas, de São Paulo. Assistindo a sessão da Câmara de Tupã, na noite desta segunda-feira (2) parecia que estávamos em outra localidade, distante da realidade que nos cerca. Problemas de ordem financeira, obras irregulares, o escândalo das viagens à Brasília aos gabinetes dos deputados do suplente Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão”, entre outros, e os nossos edis discutindo assuntos de repercussão nacional. Mas, vejam senhores, como é fácil tomar decisão que vai ao encontro das pretensões do cidadão. Basta querer e ter vontade política. É verdade que Manoel Gaspar (PMDB) contratou esta empresa, depois de outros fracassos na sua própria gestão. A antecessora chegou em Tupã, possivelmente “escolhida” por Ribeirão. Da ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
27/09/2017

Prefeitura compra remédio para “Cenoura” após denúncia de descumprimento de ordem judicial

O tratamento completo exige a aplicação de 49 ampolas, mas a prefeitura adquiriu apenas três unidades do Brentuximabe Vedotina (50 mg), mas já será suficiente para o tupãense iniciar o tratamento.  O tratamento do tupãense Irving Fernando Voleck Loyola, o “Cenoura”, 24 anos, será iniciado nesta quinta-feira (28), em Presidente Prudente. A aquisição das três primeiras ampolas do medicamento Brentuximabe Vedotina (50 mg) aconteceu após o advogado Kaio Augusto Mangerona procurar a reportagem para reclamar o descumprimento da ordem judicial.A juíza da 2ª Vara Cívil, Danielle Oliveira de Menezes Pinto Rafful Kanawaty havia determinado em regime de urgência a compra do medicamento, mas a prefeitura insistia na tese da necessidade de aguardar o tramite do processo de licitação, mesmo a legislação facultando a aquisição sem esse procedimento. Como a intensa repercussão, a partir da divulgação do fato na manhã de ontem (26), a família foi informada de que nesta quarta-feira (27), o produto seria viabilizado através do Estado. De fato, no período da tarde dessa quarta-feira, o advogado confirmou o recebimento do medicamento. A prefeitura adquiriu apenas três, das 49 ampolas que “Cenoura” precisará para completar o tratamento. O primeiro lote custou cerca de R$ 40 mil. De acordo com a nota de empenho para aquisição, a prefeitura deverá comprar 12 unidades do remédio ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
26/09/2017

Prefeitura descumpre ordem judicial e jovem tupãense fica sem remédio

A justificativa é que precisa aguardar processo licitatório. Sem o medicamento, o tratamento de Irving Fernando Voleck Loyola fica prejudicado. A prefeitura de Tupã não atendeu determinação da juíza da 2ª Vara Civil de Tupã, e deixou de comprar o medicamento para iniciar o tratamento do tupãense Irving Fernando Voleck, o “Cenoura”, de 24 anos. Acometido pelo câncer “Linfoma de Hodgkin”, que atingiu seu sistema linfático, em dezembro de 2015, o jovem necessita com urgência do medicamento Brentuximabe Vedotina (50 mg) para o tratamento. No dia 11 deste mês, a Justiça acatou a manifestação do Ministério Público, e concedeu o pedido de tutela de urgência na ação de fornecimento de medicamento, no prazo de cinco dias após a notificação para fornecer o medicamento vedotin. No dia seguinte a prefeitura foi citada da decisão. A Farmácia Municipal foi informada no dia 14. O prazo para a entrega do medicamento venceu no dia 19. De acordo com a Justiça, caso a prefeitura descumprisse a ordem judicial seria multada e responsabilizada. O ofício destaca que, se houver necessidade de prorrogação do prazo judicial concedido, o pedido deverá ser enviado à Procuradoria, dentro do prazo judicial, em ofício datado e assinado contendo as justificativas necessárias e documentos, se for o caso, para postulação em juízo. Diante do descumprimento da ordem ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
18/07/2017

Justiça: Mistério Público recebe denúncia de suposto cartel

Advogado acusa empresas por combinar preços de combustíveis em Tupã. É mais uma denúncia que chega ao MP, sem que até hoje tenha surtido qualquer efeito. O Ministério Público de Tupã recebeu denúncia, na semana passada, sobre possível formação de cartel em Tupã, causada com a "uniformização" dos preços praticados pelos postos de combustíveis. A denúncia foi encaminhada ao promotor de Justiça, Mário Yamamura. O advogado autor da denúncia, André Gustavo Zanoni Braga de Castro, conhecido como "Pena Castro", destacou que "há tempos" os estabelecimentos comerciais de Tupã possuem o preço mais caro dos combustíveis na região "sem qualquer motivo para que isso ocorra, a não ser a possível formação de cartel de forma descarada, ou mesmo velada", afirmou. Segundo a denúncia, a formação de cartel pode ser velada, sem a combinação de preços entre os proprietários de postos de combustíveis, mas com a verificação semanal dos preços praticados pelos concorrentes "e igualá-los com diferença de 0,1/0,2 centavos a maior ou menor, deixando dessa forma os consumidores totalmente, à mercê dos preços abusivos praticados, não lhes restando opções e, simplesmente eliminando a concorrência". A denúncia ressalta que é fato, "mesmo aos mais desatentos" que parte das distribuidoras de combustíveis operantes no País, orientam os valores de seus produtos de forma "conjunta e acordada" havendo apenas, "pequenas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade