ANUNCIE AQUI!
13/11/2017

FORO ÍNTIMO: Por que Ricardo não pode compor com o lobista Ribeirão

Lobista é a pessoa que pratica lobby político, ou seja, manipula as negociações nas instâncias dos poderes da esfera pública para benefício próprio e de seus aliados, ou ainda para prejudicar os adversários. Rudynei alegou "foro íntimo" na carta de renúncia e provocou a ira de eleitores nas redes sociais. Bruno Zamai estava  se sentindo decepcionado. "Ribeirão de volta à Câmara Municipal. O vereador Pastor Rudney Monteiro entregou na manhã de hoje o seu pedido de renúncia ao cargo de vereador. Deve assumir em seu lugar Antonio Alves de Souza – o Ribeirão – que aguarda apenas a decisão da Justiça Eleitoral. Deve ser uma decisão tranquila, pois Ribeirão é o segundo suplente do Partido Progressista, atualmente progressistas." (Antonio de Faveri) "Espero que os eleitores do Pr. Rudney sintam vergonha, pelo menos, de terem votado nele e que se lembrem pelo resto da vida deste seu ato de covardia e descompromisso com a cidade... trará de volta à Câmara o que há de pior no meio político... nenhuma cidade merece ter um ser asqueroso desse encostado no legislativo municipal... sai um vereador péssimo e entra um ainda pior...", desabafou o internauta. O prefeito José Ricardo Raymundo (PV) até tentou, mas não conseguiu viabilizar o apoio de Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP), quando permitiu a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
08/11/2017

Voz do Brasil: O voo e o silêncio de Rudynei

“Quem tem asas, precisa voar”, diz Ribeirão. Por outro lado, ele pretende "pousar" na Câmara de Tupã.  Em Brasília, sete horas. Foi neste horário, na manhã de hoje (8), que o pastor e vereador Rudynei Monteiro (PP) foi cumprimentado num estabelecimento comercial nas proximidades do Terminal Rodoviário de Tupã. Meia hora mais tarde chegou o ex-vereador Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP). Os dois tomaram um rápido café, e saíram para um único veículo. Destino: São Paulo. Entre um aceno e outro para populares, um interlocutor questionou sobre as reportagens do blog a respeito da possível renúncia. Ribeirão antecipou-se a Rudynei e disse “quem tem asas, precisa voar”, referindo se ao deslocamento que conduzirá o pastor a novos horizontes na capital paulista. Quem assistiu a sessão ordinária da Câmara na segunda-feira, dia 6, percebeu o silêncio do parlamentar Rudynei Monteiro. Mas não é um recolhimento de águia preparando-se para alçar voos mais altos. É um sentimento de melancolia – abatimento mental e físico ao que foi submetido pela fidelidade que jurou ao Ribeirão, durante entrevista à Rádio Tupã. Por mais que Ribeirão tente caracterizar que não tem nada com a decisão que Rudynei está tomando, e que o objetivo do titular da cadeira é crescer profissionalmente, vem a pergunta que não quer calar: ora, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
29/10/2017

DESVIO: Ex-secretária de Turismo e Construtora Bardelin são condenadas

O engenheiro da Secretaria de Obras, Rasi e Aracelis perdem a função pública e os direitos políticos. Cinco anos depois da denúncia do blog, a Justiça de Tupã “derrubou a tese” da doutora Jeane Rosin e do ex-prefeito Waldemir Gonçalves Lopes. Ficou confirmado desvio de dinheiro das obras do famigerado “Espaço das Artes”. Como secretária à época das denúncias, Jeane comandava a pasta que tinha a obrigação de acompanhar as obras, e um de seus subordinados o engenheiro José Roberto Rasi, já condenado em ação popular pelas mesmas irregularidades fingia que fazia a medição, confirmando serviços não executados para determinar o pagamento à Construtora Bardelin. Mas, foi no atual governo, que Jeane protagonizou um replay do esptáculo circense armado dentro do teatro em 2012, para tentar provar o improvável: regularidade nas obras do Espaço das Artes, localizado na Avenida Tamoios com Rua Tapajós. Ela ocupou por seis meses a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano e prometeu “passar a limpo” o passado de omissão e de possível prevaricação no comando da Secretaria, e na serial irregularidades em obras, sob investigação do Ministério Público. A frase de Jeane, em 10 de fevereiro deste ano, durante coletiva à imprensa para justificar a não realização do carnaval causou constrangimento no prefeito José Ricardo Raymundo (PV) e no ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
26/10/2017

Violência: Brasil é o sétimo país do mundo em assassinatos de jornalista

Entre os casos ocorridos no Brasil e condenados pela Unesco destaca-se o assassinato do dono do jornal “O Grito”, distribuído em Santa Luzia-MG. A prefeita da cidade desviou R$ 20 mil da Secretaria de Saúde para pagar pelo crime.  Brasil – Em 2016, cinco jornalistas foram mortos no Brasil por causa de sua profissão, alçando o país ao sétimo lugar no ranking mundial de nações que são palco de crimes contra repórteres. O levantamento faz parte de um estudo da Unesco (braço da ONU para educação e cultura) chamado “Tendências Mundiais em Liberdade de Expressão e Desenvolvimento de Mídia”, a ser publicado nas próximas semanas. Ele revela que, em média, um jornalista é assassinado a cada quatro dias no mundo. Nos últimos 11 anos, 930 profissionais de imprensa foram mortos. Em primeiro lugar no ranking surgem, empatados, Afeganistão e México, cada um com 13 jornalistas mortos em 2016. O país latino-americano caminha para igualar ou superar esse montante em 2017: houve até agora dez assassinatos de jornalistas ali. O Iêmen, que enfrenta uma guerra civil desde 2015, ocupa a vice-liderança da classificação, com 11 assassinatos. A impunidade nesse tipo de crime é alta: a cada dez casos, apenas um é resolvido. O índice alarmante motivou as Nações Unidas a declarar o 2 de novembro como Dia Internacional pelo ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
25/10/2017

Deputados arquivam mais uma denúncia contra Michel Temer por 251 a 233 votos

Denúncia de organização criminosa e obstrução da Justiça precisava de 342 votos para seguir ao STF. Foto: Agência Estado  Pela segunda vez, a Câmara dos Deputados votou, nesta quarta-feira (25/10), para barrar uma denúncia contra o presidente Michel Temer. A denúncia de organização criminosa e obstrução da Justiça, apresentada pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, precisava receber 342 votos para ser levada ao Supremo Tribunal Federal. O número a ser obtido pelo governo, de 172 votos entre "sim", abstenções e ausências, foi atingido por volta das 20h40. A sessão para análise da denúncia começou com 19 minutos de atraso. Na hora marcada para o início dos trabalhos, às 9h, somente 17 deputados registravam presença na Casa, exatamente um terço dos 51 parlamentares necessários para a sessão ser aberta. Após o início da Ordem do Dia, o deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), relator do parecer que pediu o arquivamento da denúncia, iniciou, pouco depois de 9h50, seu pronunciamento. Após essa etapa, foi a vez das defesas de Temer, Padilha e Moreira Franco também se manifestarem. A fase de votação só começou por volta das 17h. Ela estava condicionada à presença de 342 deputados em plenário, que foi dificultada por uma estratégia de parlamentares da oposição de não registrar presença na Casa, a fim de tentar ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
25/10/2017

Por que Rudynei Monteiro não foi confrontado pela renúncia

O maior crítico da atual administração, não foi importunado pela situação, mesmo usando dinheiro público para resolver seu futuro profissional. As viagens para Brasília e São Paulo tiveram como cenário "trabalho por Tupã". Mesmo em minoria (5), os vereadores da oposição conseguiram se superar diante da maioria (10) integrantes da situação. Os projetos do Executivo foram os principais alvos, mas nem mesmo os parlamentares que optaram em integrar o G-10 escaparam do constrangimento sobre a mudança de posicionamento em apenas 10 meses de legislatura. Telma Tulim (PSDB) e Tiago Matias (PRP) foram os principais alvos de Charles dos Passos (PSB) e Rudynei Monteiro (PP). Charles dos Passos usou até vídeos de sessões anteriores onde Telma e Tiago criticavam a criação de cargos em comissão. Enquanto isso, Rudynei às vésperas de renunciar a favor de Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP) passou incólume. Nem os vereadores da situação – atacados pela mudança de comportamento tiveram qualquer reação de cobrar do adversário uma posição sobre a jogada de um ex-vereador do PP, para retornar ao Legislativo. Sem ser importunado durante 10 meses, Rudynei vai despedir-se sorrindo e demonstrando satisfação do “dever cumprido”. Enquanto atacava a administração de Ricardo Raymundo (PV) e seus nobres irresolutos situacionistas o pepessita desviava o foco da trama que vai tirá-lo ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
24/10/2017

Pacto de Sangue II: Às vésperas da renúncia, Ribeirão e Rudynei afinam discurso

Uma agenda positiva envolvendo inclusive os deputados do PP tenta minimizar impacto da infidelidade ao eleitor. O vereador Rudynei Monteiro (PP) confidenciou que deve fidelidade ao ex-vereador Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP). Ao mesmo tempo em que o pastor ressalta ser fiel ao seu colega, não demonstra nenhum compromisso com os seus 603 eleitores. O pacto de sangue firmado entre Ribeirão, Rudynei sob as bênçãos dos deputados federais Guilherme Mussi e Fausto Pinato prevê a renúncia do cargo que lhe foi conferido pelo voto da maioria. Em entrevista à Rádio Tupã, na sexta-feira (20), Ribeirão disse que “é melhor estar em São Paulo ou Brasília que em Tupã”. Ora, então por que quer deixar Brasília e retornar à Câmara de Tupã? As divulgações antecipadas atrasaram o processo de bastidores, mas o próprio Ribeirão afirmou a interlocutores que não tomou posse no dia 16 de outubro, para não dar razão ao blog jotaneves. Aguardar mais um pouco será suficiente para articular um único discurso no sentido de minimizar o que os eleitores e fiéis de Rudynei classificam como “traição”. Por outro lado, acompanhando a sessão desta segunda-feira (23), Rudynei Monteiro deixou explícito um discurso afinado entre ele, seu sucessor e os deputados do PP. O objetivo é criar uma agenda positiva em torno de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
11/10/2017

“ARCO-DA-VELHA”: Pesquisas com dinheiro público eram usadas na campanha de Ana Serafim

A candidata elegeu-se, e foi reeleita em 2016. Para preparar “terreno” para 2020, Ana trouxe como vice, Zé Luís, o “pagador” de pesquisa com dinheiro do povo, segundo o GAECO. A dupla segue comandando o município de 2005/2012 a 2013/2020. COMÍCIO - Cinco anos após as eleições de 2012, e da divulgação de matéria realizada pelo blog, dando conta da investigação do GAECO - Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, sobre pesquisas eleitorais pagas com dinheiro público, em Arco-Íris, uma nova revelação surgiu em forma de vídeo. O vídeo foi gravado durante comício e revela que a candidata Ana Maria Zoner Leal Serafim (PTB) se beneficiou da possível irregularidade praticada pelo ex-prefeito José Luís da Silva, o “Zé Luis” (PTB) e seu genro e secretário de Governo, Éverton Nakashima, na contratação de pesquisas irregulares. As pesquisas foram utilizadas com a intenção de induzir o voto do eleitor arcoirense a favor da candidata defendida pelo então prefeito Zé Luís. Além de ser vedado o pagamento de pesquisa com recurso da prefeitura, a intenção também era de manipular o resultado das eleições. Ana Serafim obteve 1044 votos (58,49%) contra 741 votos (41,51%) de Geraldo Borges PMDB. A diferença foi de 303 votos. Não é difícil pesquisas sob suspeita de fraude levarem uma parcela ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
08/10/2017

GRAMPO: GAECO investiga vice-prefeito de Arco-Íris e o secretário de Governo

Eles são acusados de comprar pesquisas com dinheiro da prefeitura. O Ministério Público quer saber a origem dos recursos de R$ 100 mil que pagaram 10 pesquisas no Município. Os acusados foram procurados pela reportagem na sexta-feira (6), mas nenhum retornou o contato. Só foi possível descobrir o envolvimento do atual vice-prefeito José Luís da Silva, o "Zé Luís" (PTB) e Éverton Nakashima, através de escutas telefônicas feitas pelo GAECO – Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado. A ação movida pelo Ministério Público é de responsabilidade civil por ato de improbidade administrativa e teve origem a partir de inquérito oriundo da Promotoria de Justiça de Pirangi, região de Ribeirão Preto. Segundo consta, diversos municípios do Estado de São Paulo pagaram indevidamente pesquisas eleitorais sem licitação. O esquema funcionava da seguinte forma: uma das empresas envolvidas – Instituto de Pesquisas Realidade de Presidente Prudente, que tem como representantes Otílio Claudino de Araújo Júnior e Rose Mary Moreno de Araújo - realizava pesquisas eleitorais, e para ocultar o nome do prefeito contratante, a própria empresa de pesquisa aparecida em documentos como contratante e contratada. Para obter o pagamento pela realização da pesquisa, empresas vinculadas às mesmas pessoas, como a Full Marketing e Pesquisas S/S LTDA, também de Presidente Prudente e representada Sidnei Antônio ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
04/10/2017

Ribeirão exige gabinete com duplo ambiente no seu retorno à Câmara

Já o pastor Rudynei comunicou à família sobre sua decisão e o "pacto de sangue" com Ribeirão. O próximo passo será avisar os fiéis e, por último, os eleitores. Rejeitado pelo eleitor depois de 24 anos se gabando de ser reeleito por que o povo o queria na Câmara, Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP), sabe que volta ao Legislativo pela porta dos fundos. Mas, ele também tem certeza que o importante é o poder. Senhor da razão, antes mesmo da renúncia oficial do pastor Rudynei Monteiro (PP), Ribeirão praticamente assumiu a suplência e já se impõe sobre os demais vereadores. Nesta quarta-feira (4), no período da manhã, o gabinete do titular estava fechado. O seu assessor parlamentar Francisco de Assis, também não foi encontrado no local. Nesta terça-feira (3), o clima já era de despedida. A assessoria do parlamentar já postava fotos ao lado de colegas de trabalho. Na segunda-feira (2), dia de sessão ordinária, a expectativa era grande de que Rudynei Monteiro iria anunciar sua renúncia da tribuna em favor de Ribeirão. Para outros edis, a decisão de renúncia já estava cristalizada. Durante todo aquela segunda-feira, Ribeirão praticamente despachou do gabinete de Rudynei. Nem sua assessoria pôde permanecer na sala. Com as portas do gabinete fechadas, o suplente atendia telefonemas e ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção