ANUNCIE AQUI!
13/08/2011

Waldemir começa nomear secretárias “aprovadas” em concurso para garantir futuro emprego

Muitas pessoas teriam sido surpreendidas com publicação feita pelo prefeito de Tupã, Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB), exonerando a secretária de Cultura e Turismo, Aracelis Góis Morales e no mesmo ato, nomeando-a para ocupação do cargo de turismóloga. Neste caso, a exoneração se faz necessária para ocupação de um cargo a qual a secretária foi “aprovada” em primeiro lugar. Fato este que teria sido questionado até junto ao Ministério Público de Tupã. Mas este não teria sido caso único nos dois poderes constituídos do município. Assim como na Câmara, uma candidata protegida do ex-presidente Antonio Alves de Souza, “Ribeirão” (PP), passou também num concurso em primeiro lugar. A secretária da Educação também foi muito bem. As duas secretárias já têm garantido os próximos empregos na administração pública por tempo indeterminado. Não estou questionando a capacidade das duas, ao contrário e também é um “direito” que lhes assiste, mas, assim como mulheres públicas, deveriam ter dado oportunidade de igualdade aos demais participantes do famigerado concurso “público”. Como nota-se, primeiro vem a nós e, depois para vocês. Com todo respeito por vocês, como diria o slogan do prefeito Waldemir. Com a exoneração e ao assumir o cargo temporariamente por até 30 dias, Aracelis Góis Morales já garante a ocupação oficial do cargo que o “concurso público” lhe conferiu. ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 5 Comentários Categorias: Corrupção
10/08/2011

A bandeira era o contraste no velório dos mortos da tragédia em Tupã

O tenente Martins que passou rapidamente por Tupã até ser importunado pelo trabalho que realizava na interação entre a comunidade e o serviço policial, definia bem esta situação. “Você é do bem ou do mal?”, perguntava o militar. Esta é a bandeira. Este era o contraste nos velórios dos jovens mortos nos confrontos policiais e o do policial, na tentativa de roubo frustrada - a bandeira. Qual bandeira você defende? Não me refiro apenas a uma analogia entre bandido envolvido nos crimes de furto, roubos, latrocínios e homicídios e “mocinhos” que vemos em ficção e na vida real, mas também a políticos e tantos outros profissionais liberais que se enveredam pelo mundo do descaminho e da corrupção. Há também aqueles que são exemplos de prestação de serviços à comunidade, seja na vida pública ou particular. Qual bandeira você defende? Enquanto a família dos dois jovens sentia a dor da perda, tanto quanto ou mais a família do policial também lamentava o ocorrido e consternada tentava entender o sinistro. Duas bandeiras tremulavam em sinal de luto, a meio mastro. Enquanto na Câmara era velado o policial civil, mil metros distante dali era velado um dos rapazes e mais adiante, já no Velório Municipal, o segundo acusado do crime de tentativa de roubo. A consternação era a mesma ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 8 Comentários Categorias: Corrupção
10/08/2011

Acesso à violência: roubos, latrocínios e 12 estupros

Momentos antes da tentativa de roubo frustrada, do tiroteio e mortes no centro de Tupã, a reportagem do Blog se preparava para editar um comentário sobre a onda de violência que assola a cidade. O assunto seria a falta de transparência da Polícia em relação aos casos de crimes sexuais. Foi através da Secretaria de Segurança Pública que a imprensa tomou conhecimento sobre os primeiros 8 casos de estupros em Tupã. Agora já são 12. A última vítima teria sido uma criança de 6 anos, atacada por alguém próximo que, descoberto por moradores da zona Sul, foi linchado e está internado na Santa Casa de Misericórdia. De repente, a população era surpreendida com sirenas abertas, tiroteio, fuga cinematográfica, sangue e mortes. Enquanto a reportagem tentava encontrar o segundo morto na ação da Polícia, tomava conhecimento do crime sexual e do linchamento. O acesso à violência pela divulgação e cobertura dos meios de comunicação chama a atenção pelo interesse que internautas, ouvintes e telespectadores demonstram pelo tema. Não podia ser diferente, afinal, um dos temas mais concorridos às vésperas de eleições e no cotidiano do cidadão são justamente assuntos que dominam os debates: violência, saúde e educação. O blog bateu todos os recordes de acessos e busca incessante pelo fato. O fato é que os mais ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
19/07/2011

Waldemir diz que o povo tem o governo que merece e vê ingratidão do eleitor

Depois de ser eleito, reeleito e, agora tentar fazer o sucessor, o prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB) deu mais uma declaração descabida, “cada povo tem o governo que merece”, desabafou. Em seguida emendou, depois de mais uma vez criticar a omissão da Câmara, “às vezes chego a pensar se valeu à pena tanto sacrifício meu para administrar o município”. É como se quisesse dizer que o eleitor é ingrato. As palavras ditas pelo prefeito soam prepotência e arrogância. O discurso foi na tentativa de analisar o questionamento do vereador Valdemar Manzano (PPS) que garantiu não dar um cheque em branco para o vereador Antonio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP), sobre as alterações na Lei do Prodet - Programa de Desenvolvimento de Tupã, reformada para conceder mais incentivos a possíveis empreendedores que queiram se instalar em Tupã. Porém, Waldemir não disse que era sobre isso e, em seguida criticou a Câmara que não fiscaliza e apenas estaria discutindo partidariamente a questão da Lei de incentivos. Mas isso não é novidade nenhuma. Tornou-se um circulo vicioso no Legislativo em que tudo que se aprova tem algum interesse obscuro por trás e, quando não aprova também tem. Haja vista a tentativa de intimidação feita por Danilo Aguilar Filho (PSB) e Augusto Fresneda Torres, “Ninha” (PSDB). Os dois apresentaram pareceres ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
03/07/2011

Câmara de Tupã discute “Buxixo”. Verdade não! Vereador cobra parte de salário de assessor parlamentar

Os vereadores de Tupã gostam de discutir de faz de conta. A coluna Buxixo do Jornal Diário não pode publicar uma nota, que lá vão os vereadores para a tribuna discutir em vão. Um para dizer que há insinuação maldosa e que deveria ser apontado quem é o malfeitor e outro para defender o Buxixo, dependendo do ponto de vista de cada um. Antonio Alves de Souza, “Ribeirão” (PP) diz, “tanto é boato que a palavra buxixo não condiz com o português que falamos e escrevemos”. É verdade, mas sempre há um fundo de verdade. E, na verdade, há muita verdade na coluna. São boatos que se espalham de dentro do centro do poder, seja ele Legislativo ou Executivo e o colunista que não o assina, tem sua responsabilidade de editor e os publica ironizando. Foi assim no “mensalinho” há uns 11 anos. Danilo Aguilar Filho (PSB) ficou furioso e queria que o Jornal apontasse quem da Câmara recebia dinheiro. Quando soube, se calou. Era um dos quatro integrantes do hoje G-4. Antonio Alves de Souza, “Ribeirão”. A denúncia foi feita na própria tribuna da Câmara por um ex-presidente do Tupã Futebol Clube. O outro beneficiado seria o ex-vereador Gilberto de Oliveira, “Gil”. Uma empresa Coreana ligada ao futebol arcava com dinheiro para usar ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Corrupção