ANUNCIE AQUI!
23/08/2017

Barganha: a intenção era “renovar” a Câmara de Tupã através de suplentes

Foi cogitada até a possibilidade de “Ribeirão” substituir o Pastor Rudynei no Legislativo. O objetivo da maior negociação política da história tupãense era garantir maioria absoluta ao governo do PV, mesmo contrariando os interesses do deputado federal Evandro Gussi. A quarta-feira (23) amanheceu na Praça dos dois Poderes, como Brasília amanhece nos finais de semana: silêncio sepulcral. A imprensa até procurou pelas autoridades, mas notou-se apenas um vazio de poder. Poucos foram vistos circulando pelos corredores do Paço Municipal e ou pela Câmara. Entre os que circularam pela prefeitura estava a Secretária de Assistência Social, Ana Cláudia Lavagnine Costa, cogitada ser substituída pela vereadora Telma Tulim (PSDB). No mais, viagens às pressas foram realizadas para possivelmente discutir os destinos de Tupã, bem longe dos limites do município. Os políticos tupãenses agiam nos porões para perpetrarem uma barganha capaz de “renovar” de forma indireta os parlamentares, mesmo após as eleições que renovaram dois terços do Legislativo. Os suplentes deveriam entrar compromissados e alinhados com as intenções do Executivo. Além das possibilidades já anunciadas pelo blog, cogitou-se até a possibilidade de o opositor Pastor Rudynei Monteiro (PP) ser conduzido para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Comércio Exterior para ocupar o lugar de Marcos Zanelato – um dos protegidos de Gussi. O ex-vereador Antônio Alves de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
23/08/2017

Sérgio Moro autoriza soltura de Vaccarezza mediante fiança de R$ 1,5 milhão

Ex-líder do PT na Câmara dos Deputados foi preso provisoriamente na última sexta; ele é suspeito de receber propinas em contratos da Petrobras O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR), responsável pelas ações penaisdecorrentes da Operação Lava Jato em primeira instância, autorizou nesta terça-feira (22) a soltura do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (Avante-SP) mediante pagamento de fiança no valor de R$ 1,5 milhão – quantia que poderá ser paga em até dez dias. O político foi preso temporariamente na última sexta-feira (18). Na mesma decisão, Sérgio Moro determinou, de maneira cautelar, a proibição de que o ex-deputado deixe o País. O político – que foi líder do PT na Câmara dos Deputados nos governos dos ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff – também está proibido de mudar de endereço, de fazer contatos com os demais investigados na operação e de exercer cargo ou função pública. A defesa de Cândido Vaccarezza alegou que ele tinha agendado uma biópsia de próstata diante da constatação de uma alteração na glândula. Por esse motivo, o magistrado responsável pelas ações da Lava Jato considerou mais adequado impor medidas cautelares alternativas em vez de decretar a prisão preventiva do ex-petista. A conversão da prisão temporária em preventiva, que não tem prazo definido, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
22/08/2017

Deputado Evandro Gussi bate na mesa contra abertura do governo de Ricardo Raymundo

Vereadores da situação ameaçam rebelião se houver premiação à oposição. Secretários técnicos também comentam sobre possibilidade de pedir exoneração. Prefeito promete criar novas Secretarias para obter a maioria na Câmara. Segundo interlocutores, o deputado federal Evandro Gussi disse que “só cobras estão colocando na prefeitura”. A “República Verde” caminha para uma abertura definitiva que tem por objetivo conquistar a maioria dos parlamentares no Legislativo tupãense. Mas, as negociações são tensas. Xingamentos, socos na mesa, traição, reuniões infindáveis e uma certeza: as contradições do governo de José Ricardo Raymundo (PV) – acabou a besteira de administração técnica – de que não haveria balcão de trocas com a Câmara, redução de Secretarias para conter gastos. A ordem agora é, negociação – custe o que custar aos cofres públicos e a criação de mais cargos para comandar as subsecretarias (Divisões). Para o ferrenho crítico da administração nas redes sociais, o novato Tiago Matias (PRP) cria-se a Secretaria da Juventude. A pasta seria comandada por "quatro mãos" – pelo assessor do vereador Oliver Amato e por Marcio Murini (Podemos). Arrasta o outro novato Paulo Henrique Andrade, “PH” (PPS) para a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano. Nas duas situações, o suplente no legislativo é o Luis Alves de Souza (PC do B). Para a Secretaria de Assistência Social ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
21/08/2017

Contradição: PV abre balcão de trocas e faz arrastão na oposição

O líder da oposição, Amauri Sérgio Mortágua sente-se traído pelo grupo do ex-prefeito Waldemir Gonçalves Lopes. Os vereadores tucanos podem bater asas e voar do ninho da oposição. O PSDB promete nota de esclarecimento sobre atitude óbvia de seus parlamentares. Desmentindo-se em seu próprio discurso, e em matéria divulgada nesta segunda-feira (21) ao Jornal Diário de que não haveria mudança no secretariado e que iria insistir na tese de equipe técnica, o prefeito Ricardo Raymundo e o PV cederam às pressões e abriram o "balcão de trocas". Como o blog havia antecipado, o dia de hoje pode confirmar as manobras políticas que causaram tensão na semana passada. A negociação pode arrastar da oposição dois tucanos - Telma Tulim e Pastor Eliézer, ambos do PSDB. Tiago Matias também recebeu proposta para cessar críticas. Há proposta da criação de uma Secretaria da Juventude. Duda Gimenez pode assumir Relações Institucionais e Renato Rosa, já foi nomeado secretário de Cultura. Valdir Bagaço pode assumir como suplente e Antonio Brito fica na espera. Se Renan Pontelli assumir Meio Ambiente, Brito também assume como suplente no Legislativo. Isto só acontece caso não tenha filiado-se ao Avante, partico recém criado e presidido pelo presidiário Cândido Vaccarezza, ex deputado federal e ex líder de Lula e Dilma, na Câmara dos deputados. Amauri ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
21/08/2017

Crise política aprofunda incertezas sobre administração Ricardo Raymundo

Sem maioria na Câmara, e desentendimentos causados por vaidade política podem determinar o rompimento de mais um vice-prefeito. Aoqui, no caminho de Cesar Donadelli (PSDB) e de Thiago Santos (PSB), nos governos de Waldemir e Gaspar, respectivamente.   Oito meses depois de uma vitória inesperada de José Ricardo Raymundo (PV) e Caio Aoqui (PSD) uma profunda crise político-administrativa provoca incertezas sobre a administração do PV – Partido Verde. A inexperiência gerencial e a falta de vocação política, aliadas a interesses externos têm acentuado a incapacidade de fazer a máquina pública se movimentar. O momento é de apreensão sobre o amanhã. Intrigas causadas por gente de fora da administração é um dos problemas que tem atrapalhado a administração de Ricardo. Influenciado por terceiros, muitos oportunistas e a passividade do chefe do Executivo colaboram para causar toda a tensão verificada na semana anterior. Nesta segunda-feira (21) é possível que novas medidas serão tomadas não para melhorar o andamento da governança, mas servirão mais para dividir definitivamente a junção de esforços que levaram Ricardo e Caio à vitória em outubro de 2016. O que se vê, é uma quebra de braço “invisível” dentro do atual governo. De um lado a intenção de Ricardo e Caio sobre uma possível administração que ficou no passado, e de outro, um ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
18/08/2017

Agitação política vira tensão no Executivo e Legislativo

A mudança de comportamento do governo de Ricardo Raymundo que sinalizava como algo positivo, deu lugar a uma série de reuniões que se seguiram até à noite. A Praça dos dois Poderes vivenciou clima misto de entusiasmo e tensão.  A demonstração de sensibilidade política sinalizada pelo secretário de Governo e Administração, Moacir Monari, deu lugar a um clima de tensão que durou toda a sexta-feira (18). O entra e sai no gabinete do prefeito José Ricardo Raymundo (PV) aconteceu durante todo o dia. Segundo um interlocutor, a matéria divulgada pelo blog provocou um possível desmanche de ações que estavam sendo engatilhadas e deveriam ser anunciadas com naturalidade. A divulgação, mesmo que sem nenhuma pretensão, acelerou o processo de negociação e tumultuou o campo político. Aliás, diga se de passagem, durante os últimos dias, foi percebido um entra e sai no gabinete do prefeito. Praticamente todos os parlamentares, sejam eles da situação ou oposição passaram pela sala do chefe do executivo. O movimento é um indicativo citado pela reportagem de que o atual secretário de Governo estava agindo de forma a ampliar a base de apoio no Legislativo, mesmo contrariando eventuais interesses “verdes” – na possível insistência da manutenção da “República Verde”. Se na quinta-feira (17), os encontros às portas fechadas eram intensos na Praça ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
18/08/2017

Cândido Vaccarezza, ex-líder de Dilma e Lula, é alvo de mandado de prisão na Lava Jato

Vacarezza teria recebido dinheiro para facilitar contratos de uma empresa estrangeira com a Petrobras. APolícia Federal cumpre na manhã desta sexta-feira (18) mandados de duas fases da Lava Jato. É a primeira vez que o órgão deflagra duas etapas da operação ao mesmo tempo. Segundo as informações disponíveis até agora, o principal alvo é o ex-deputado federal Cândido Vacarezza, que foi líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados. Há um mandado de prisão temporária contra ele. Vacarezza teria recebido dinheiro para facilitar contratos de uma empresa estrangeira com a Petrobras. A operação foi determinada pelo juiz Sergio Moro, da 13.ª Vara Federal de Curitiba. Segundo a Polícia Federal, foram cumpridas 46 ordens judiciais: 29 mandados de busca e apreensão, 11 mandados de condução coercitiva e seis mandados de prisão temporária em São Paulo, Santos (SP) e Rio de Janeiro. As duas fases, a 43.ª e 44.ª, foram batizadas de Operação Sem Fronteiras e Operação Abate. Ambas investigam corrupção, desvio de verbas públicas e lavagens de ativos identificados em contratação de grandes empresas com a Petrobras. De acordo com o comunicado da PF, na chamada Operação Sem Fronteiras “é investigada a relação espúria entre executivos da Petrobras e grupo de armadores estrangeiros para obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
17/08/2017

Liberalismo: Mudança de comportamento do Executivo, agita bastidores políticos de Tupã

Dois suplentes vivem a expectativa de assumir cadeira no Legislativo – o comunista Luis Alves de Souza e o tucano Valdir “Bagaço”. Vereador Paulo Henrique Andrade não descarta Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, mas nega convite. Renan Pontelli descarta assumir Turismo. Tudo isto acontece ao mesmo tempo após o prefeito José Ricardo Raymundo (PV) perder a maioria na Câmara, e decidir democratizar a administração apelidada pelo blog de "República Verde", por desenvolver um formato de administrar fechado entre "os verdes e técnicos". A nomeação de um político para ocupar o cérebro do governo, pode dar um alívio e destravar as ações político-administrativas do atual governo municipal. O indicio nasceu com os fortes rumores de que o vereador Paulo Henrique Andrade, “PH” – PPS - assumiria a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, ainda que o parlamentar tenha admitido de que “não descarto assumir a pasta. Não há como descartar o que não existe”, enfatizou. Como forma de esclarecer como os rumores surgiram, PH conta que a origem poder ser pelo seu empenho na discussão sobre a regulamentação de condomínios fechados. “Por ser de interesse de toda a coletividade participei de várias reuniões durante a gestão da Jeane Rosin, e mesmo após sua saída da Secretaria. Aliás, nós tínhamos a mesma impressão, a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
10/08/2017

Justiça condena em primeira instância ex-prefeito Valtinho e mais dois da Máfia das Casinhas

Integrantes da comissão de licitações da Prefeitura e secretário foram absolvidos. OSVALDO CRUZ - A Justiça Estadual de Osvaldo Cruz condenou em primeira instância o ex-prefeito Valter Luiz Martins (PSDB) (três mandatos entre 1994-2012) e mais  advogado Carlos Eduardo Sampaio Kauffman e a funcionária da empresa envolvida, Patrícia Oliveira Turri, a penas que variam de 5 anos e 6 meses a 4 anos e 6 meses de reclusão, regime semiaberto, por envolvimento em supostas denúncias de fraudes em licitações e corrupção na chamada Máfia das Casinhas. Da decisão cabe recurso e, portanto, não é definitiva. No mesmo processo secretário de governo da época e membros da comissão de licitação da Prefeitura de Osvaldo Cruz foram absolvidos. Segundo sentença da juíza Mariana Sperb, da 1a Vara da Comarca de Osvaldo Cruz, os responsáveis pela empresa Ferreira e Turri Construções Ltda montavam várias empresas e atuavam em várias licitações de prefeituras pelo oeste do Estado, sempre com informações privilegiadas que partiram de funcionários da própria Companhia de Habitação do Estado, a CDHU. As propostas geralmente eram em preços bem inferiores dos outros concorrentes, o que ao certo davam estas empresas ligadas ao grupo Ferreira e Turri as vitórias nas licitações. É da sentença ainda a juíza Mariana Sperb que o mesmo grupo Ferreira e Turri montavam outras ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política
09/08/2017

Playgrounds: Gaspar terá que devolver quase R$ 400 mil

Os brinquedos foram adquiridos da mesma empresa que vendeu os kits de calçados “papetes”. A compra está sob investigação sigilosa do Ministério Público. Os playgrounds apresentam defeitos e colocam em risco a integridade física de crianças. O preço foi superfaturado em mais de 220 por cento. O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) decidiu no começo de agosto de que o ex-prefeito Manoel Gaspar (PMDB) terá que devolver aos cofres públicos R$ 366.316,50, devidamente atualizados até a data do recolhimento. De acordo com a sentença do auditor Valdenir Antonio Polizeli, o valor corresponde ao montante de recurso público utilizado para comprar de forma superfaturada de módulos de brinquedos (playgrounds) da empresa Renato Gomes Livros ME com sede em Promissão. É a mesma empresa que aparece na licitação de compra de kits de calçados. A licitação sob suspeita de fraude e a compra dos famigerados calçados estão sob investigação sigilosa do Ministério Público. Renato Gomes, e outras empresas fazem parte de um possível esquema que lesou diversas prefeituras do Estado de São Paulo, na comercialização destes produtos. Conforme o blog divulgou em 14 de março de 2016 -, LEIA - Papetes: máfia dos calçados agiu em Tupã para “queimar” dinheiro da educação Além dos casos das papetes, a empresa Renato Gomes também venceu ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Política