ANUNCIE AQUI!
12/02/2019

Castanheira será sepultado às 13h30, no Cemitério São Pedro

Mais uma vez, o Executivo não decreta luto oficial para refletir sobre a morte de alguém que em vida teve ação significativa para o município. O fato já havia acontecido durante a morte do ex-vereador Valdemar Manzano Moreno. Foi confirmado nesta manhã de terça-feira (12), que o corpo do líder ruralista Carivaldo Cançado Castanheira, 95 anos, será sepultado às 13h30, no Cemitério São Pedro. As despedidas fúnebres acontecem no Memorial Tamoios. Castanheira morreu ontem no hospital São Francisco de Assis, segundo as informações. O pioneiro era um homem de muitas histórias, um verdadeiro arquivo vivo. Ao contar um fato, se recordava de nomes e datas. Foi um dos fundadores do grupo “Chapéu Branco”, que resultou na Exapit. Durante muitos anos, foi presidente do Sindicato Rural e também da Cooperativa de Eletrificação Rural de Tupã (CERT). Seu relacionamento direto com o fundador de Tupã, Luiz de Souza Leão rendeu vários relatos sobre a fundação do município, entre outros, que ajudou a fundar. Portanto, a morte de Castanheira representa uma perda imensurável para a comunidade tupãense, por tudo que ele fez e significou para aqueles que o conheceram e aprenderam a admirá-lo. POLÍTICA Carivaldo Castanheira com participação efetiva na vida da comunidade, não se furtou a participar da política. Eleito suplente, assumiu como vereador na terceira legislatura da Câmara ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
07/02/2019

Alta Paulista mobilizada em favor dos pacientes com câncer

Enquanto autoridades tupãenses se isentam, reuniões de Presidente Prudente a Iacri discutem o problema denunciado pelo blog, de que os pacientes não seriam mais atendidos em hospitais especializados de Jaú e de Barretos. Um desses encontros aconteceu na terça-feira (5), na cidade de Adamantina, de acordo com matéria do portal Sigamais. Por: Da Redação 5 de fevereiro de 2019 | 21h06               atualizado: 21:41 Rede e lideranças vão ampliar mobilização em favor dos pacientes com câncer. Decisões da Secretaria Estadual da Saúde repercutem negativamente entre a sociedade e autoridades. Encontro realizado na tarde desta terça-feira, no gabinete do prefeito Márcio Cardim, com representantes da Rede de Combate ao Câncer, Poder Executivo e Câmara Municipal (Fotos: Da Assessoria). Encontro realizado na tarde desta terça-feira, no gabinete do prefeito Márcio Cardim, com representantes da Rede de Combate ao Câncer, Poder Executivo e Câmara Municipal (Fotos: Da Assessoria). Representantes da Rede de Combate ao Câncer de Adamantina se reuniram na tarde desta terça-feira (5) no gabinete do prefeito Márcio Cardim, onde foram debatidas as recentes decisões da Secretaria Estadual de Saúde, acerca da nova dinâmica de atendimento a pacientes com câncer. Participaram a presidente da Rede de Combate ao Câncer, Radige Mostafa Spósito e duas representantes da diretoria, prefeito Márcio Cardim, o secretário municipal de saúde Gustavo Taniguchi Rufino acompanhado ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
06/02/2019

A semana em que a oposição “governou” a situação em Tupã

Sob a regência de “Ribeirão”, Telma Tulim tornou-se líder do governo, e Valter Moreno foi destituído do cargo. Mas, por trás de toda essa articulação também esteve o próprio chefe do Executivo tupãense em exercício Caio Kanji Pardo Aoqui (PSD). Foi como num filme de “serial killer”. Uma noite de terror para as pretensões da situação. Para o líder destituído Valter Moreno Panhossi (DEM), foi um "crime" o que fizeram. A ciência forense ensina que o criminoso em série assina suas ilicitudes. Considerando a tese, a assinatura sancionando as matérias aprovadas deram os “50 tons de cinza” para um governo eminentemente verde. Tudo aconteceu durante a ausência do titular. O substituto iniciou seu primeiro dia no poder e com poderes para inverter a lógica. A base de José Ricardo Raymundo (PV) não conseguiu acompanhar o ritual que culminaria num desfecho humilhante. Como num jogo de cartas, o “naipe” não triunfou. A parada falsa enganou o oponente. Truco! COM LICENÇA    Criticado por se licenciar e não permitir que o vice-prefeito assumisse, ainda no primeiro ano de governo, Ricardo Raymundo fez diferente na semana passada, dia 31. Transmitiu o cargo de prefeito ao jovem Caio Aoqui, com todos os poderes que a Lei Orgânica lhe confere, para exercê-lo no período de 4 a 7 de fevereiro. A Câmara ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
05/02/2019

OAS DELATA IRMÃO DE TOFFOLI – EX-PREFEITO DE MARÍLIA

‘Foi solicitada vantagem indevida no valor de R$ 1 milhão com a finalidade de comprar a renúncia do então prefeito do município de Marília, Mário Bulgareli (PDT)’, disse Léo Pinheiro em sua delação (…). Léo Pinheiro, presidente da OAS, disse em delação premiada que pagou propina e repassou dinheiro em caixa dois para o irmão de Dias Toffoli, que foi prefeito de Marília, pelo PT. O depoimento, obtido pela Folha de S. Paulo, revela que “o empreiteiro conheceu Ticiano Toffoli em 2001, num jantar, em Brasília, junto com o então presidente do DAEM (Departamento de Água e Esgoto de Marília), Antonio Carlos Guilherme de Souza Vieira, conhecido como Sojinha (…). ‘Foi solicitada vantagem indevida no valor de R$ 1 milhão com a finalidade de comprar a renúncia do então prefeito do município de Marília, Mário Bulgareli (PDT)’, disse Léo Pinheiro em sua delação (…). Segundo a delação, após a substituição no comando do município realizou-se uma licitação direcionada para que a empreiteira baiana vencesse a disputa pela obra (…) Ticiano Dias Toffoli concorreu à reeleição e novamente a OAS teve que desembolsar uma quantia para ajudá-lo, segundo a delação. ‘Desse modo, com a finalidade de manter a gestão de Ticiano e, com isso, a possibilidade de execução da obra vendida, determinei a realização de doação da ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
30/01/2019

Lideranças da região despacham pedido para caso de pacientes com câncer serem encaminhados para Jaú e Barretos

Encontro foi em Presidente Prudente com secretário de Estado de Desenvolvimento. A mobilização teve início a partir de matéria divulgada pelo blog denunciando o descaso com aqueles que buscam atendimento especializado.  PRESIDENTE PRUDENTE - No sábado (26), uma reunião entre lideranças da região, o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, Deputado Estadual Mauro Bragato, representantes das Redes Femininas de Combate ao Câncer de Osvaldo Cruz, Dracena e Adamantina discutiram o fato do Estado ter parado de encaminhar os pacientes com câncer da região aos hospitais especializados de Jaú e Barretos, via SUS. As lideranças regionais querem uma mudança na decisão política da Secretaria de Estado da Saúde passar a encaminhar apenas para unidades da própria região de Marília os pacientes de câncer. Agora os doentes são assistidos em Marília, Assis, Ourinhos e Tupã. No final de semana também Hospital Amaral Carvalho de Jaú  disse por meio de nota que não foi notificado pelo Estado sobre a mudança na política de encaminhamento dos pacientes. Já na sexta-feira, o presidente da Amnap, Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista, o prefeito de Parapuã Gilmar Martin Martins, afirmou ao Jornal Impacto de Adamantina que vai acompanhar a movimentação das entidades de voluntários de assistência a pacientes e aos municípios por causa da mudança de atendimento, que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
22/01/2019

Bolsonaro e Moro enfrentam prova de fogo com caso Flávio Bolsonaro

Por Pedro Ribeiro  21 de janeiro de 2019, 12:22 É grande o desconforto de integrantes do governo recém empossado com o caso que se arrasta e envolve o filho do presidente Jair Bolsonaro. A falta de explicações convincentes de Flávio Bolsonaro e de seu motorista ameaçam comprometer a imagem e a credibilidade do governo, no momento em que ele se prepara para enviar para aprovação do Congresso Nacional seu pacote de medidas de reformas necessárias ao país. Primeiro a se manifestar foi o chefe do Gabinete Institucional, general Augusto Heleno, ao afirmar que o caso das denúncias do Coaf contra o senador eleito e filho do presidente, Flávio Bolsonaro e seu motorista, não tem nada a ver com o governo do pai. Agora o também general de reserva e vice-presidente Hamilton Mourão faz questão de repetir o que disse seu ex-colega de farda. Todo o círculo militar do governo está insatisfeito com os rumos que o caso vem tomando, mesmo que, de fato, ele não tenha nada a ver diretamente com o governo. Mas sabem que o caso pode ser cada vez mais potencializado pelo descontentamento de uma imprensa contrariada em seus interesses e com quem o presidente estabeleceu relação de confronto, e também por uma rede digital de blogueiros antes remunerados pelo governo ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
11/12/2018

Ata de reunião “secreta” confirma a nova mesa diretora da Câmara

Para contrapor, o Executivo pode abrir mão de Valter Moreno e apoiar Renan Pontelli ou cabo e pastor Osmídio Fonseca Castilho. A cópia de uma ata redigida à mão, confirma um encontro “secreto” entre oito vereadores para decidir a eleição da mesa diretora da Câmara para o biênio 2019/2020. Conforme o blog antecipou no dia de ontem (10), a sessão extraordinária das 20 horas, desta terça-feira, 11, pode eventualmente definir o nome de Eliézer de Carvalho (PSDB) para presidente. Charles dos Passos (PSB) que a princípio, também seria um candidato ficaria como 1º secretário e 2º secretário, Eduardo Akira Edamitsu, “Shiguero” (PSD). Já Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP) voltaria a comandar a TV Câmara. O encontro aconteceu na quinta-feira, dia 6, nas dependências da Cooperativa de Eletrificação Rural de Tupã (CERT). Esteve ausente apenas a vereadora Telma Tulim (PSDB, entretanto, assinou a ata confirmando concordar com o que foi decidido. DOCUMENTO Considerando que o documento assinado tenha validade efetiva com a confirmação dos votos hoje à noite, o candidato da situação à reeleição, Valter Moreno Panhossi (DEM), não teria qualquer chance de mudar o placar. Para contrapor a essa situação, o Executivo teria iniciado conversas no sentido de apoiar um terceiro nome, como por exemplo, o de Renan Pontelli e ou do cabo e pastor Osmídio ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
10/12/2018

Tiago Matias pode se juntar aos denunciantes para derrotar Valter Moreno

O parlamentar foi afastado por duas vezes da Câmara, após denúncia de Paulo Henrique Andrade e Charles dos Passos, sobre suposto esquema ilícito de taxar salário de ex-assessor. O vereador Tiago Munhoz Matias (PRP) retornou à Câmara de Tupã, na última quinta-feira, dia 6, em atendimento à decisão judicial, oriunda de mandado de segurança obtido junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que por duas vezes o reconduziu às suas funções legislativas. O parlamentar foi afastado por ordem da Justiça local, para evitar eventuais prejuízos à instrução processual que apura crimes de corrupção passiva e improbidade administrativa. Apesar da denúncia ter partido dos vereador Paulo Henrique Andrade (PPS) e Charles dos Passos (PSB), Matias parece ter se aliado aos seus opositores nas eleições da mesa diretora da Câmara que acontecem amanhã, dia 11, às 20 horas, durante sessão extraordinária. Em reunião secreta no fim de semana, Matias aparece em suposta relação de vereadores que pretendem eleger o pastor Eliézer de Carvalho (PSDB) à presidência do Legislativo. Além dele, Paulo Henrique Andrade, Charles dos Passos, Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP), Telma Tulim (PSDB), Augusto Fresneda Torres, “Ninha” (MDB), e Eduardo Akira Edamitsu, “Shiguero” (PSD). Do outro lado ficariam o atual presidente Valter Moreno, Renan Pontelli (PSB), pastor e cabo Osmídio Fonseca Castilho (PSB), Antonio ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
07/12/2018

Às vésperas das eleições, Câmara pode definir futuro de Tiago Matias

Presidente Valter Moreno diz que a mesa diretora pode determinar a instauração de CPI, mas líderes de bancadas preferem deixar investigação para 2019. Ao ser informado na tarde desta quinta-feira, dia 6, sobre a nova liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo, que determinou o retorno do vereador Tiago Munhoz Matias (PRP), à Câmara de Tupã, o presidente do Legislativo, Valter Moreno Panhossi (DEM), disse que já nesta sexta-feira (7) vai reunir a mesa diretora para definir o futuro do parlamentar. Acusado de corrupção passiva e improbidade administrativa, Tiago Matias poderá ser cassado por quebra de decoro parlamentar. A própria Justiça ao pedir o afastamento do edil determinou que a Câmara instaurasse um procedimento de apuração, mas as eleições previstas para a próxima terça-feira, dia 11, às 20 horas, tem protelado essa definição. Apesar disso, Valter Moreno garantiu que vai reunir os vereadores para saber qual procedimento deverá ser tomado. Se cinco deles optarem por uma investigação imediatamente e ou por iniciativa dos integrantes da mesa diretora será instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). MESA DIRETORA A mesa diretora é composta por Valter Moreno (presidente), Paulo Henrique Andrade (PPS) e pelo pastor e cabo Osmídio Fonseca Castilho (PSB), primeiro e segundo secretários, respectivamente. Valter Moreno demonstrou que poderá seguir a decisão da maioria que desejar ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
03/12/2018

Criminal: Justiça “truca” e derruba Tiago Matias outra vez da cadeira

O parlamentar foi à Câmara para tomar posse e ficou sabendo sobre outro despacho, agora criminal pedindo mais uma vez o seu afastamento. A defesa do edil impetrou mandado de segurança para cassar a decisão. Durou poucas horas a expectativa de Tiago Munhoz Matias (PRP). Ao retornar ao Legislativo para verificar a possibilidade de ser reempossado ainda hoje, foi notificado de que há outro despacho pedindo seu afastamento. O novo despacho é na área criminal, e ocorreu logo após o blog informar no dia 26, que seus advogados haviam recorrido ao Tribunal de Justiça de São Paulo para reconduzi-lo ao cargo. No dia seguinte, o juiz Fábio José Vasconcelos suspendeu Tiago Matias de forma cautelar do cargo de vereador, “medida que deverá perdurar durante o trâmite processual”, confirmou o magistrado. Os motivos que embasam o novo pedido de afastamento são os mesmos da esfera civil. “Sua manutenção no cargo de vereador ensejará a continuidade da prática de infrações penais e sobretudo influir as testemunhas, no regular andamento do processo”. MANDADO DE SEGURANÇA O advogado de defesa do parlamentar, Victor Anuvale disse à reportagem que pediu que o juiz reconsidere sua decisão, considerando não haver prejuízo à instrução processual. Ao mesmo tempo, já impetrou mandado de segurança ao Tribunal de Justiça para cassar a decisão na ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade