ANUNCIE AQUI!
23/11/2011

Mulher de vice-prefeito briga no PSF e vai parar na Polícia

Além de vice-prefeito, é o médico fantasma do PSF e, por isso, pode ser demitido O vice-prefeito de Iacri e médico do Programa Saúde da Família (PSF), Luiz Henrique Barreto Magalhães, poderá ser demitido à bem do serviço público. Há três anos ele não cumpre o horário como funcionário da saúde. Deveria trabalhar das 7 às 11 e das 13 às 17 horas, mas não conta-se em nenhum dedo, algum dia que tenha cumprido o horário. De conversa fácil, ele leva empurrando com a barriga um compromisso que deveria ter ao fazer o juramento de atender o povo. Pior, jurou falso pela segunda vez ao tomar posse como vice-prefeito e não tem quem o faça trabalhar. Nem mesmo o Ministério Público que exigiu a implantação do ponto eletrônico. Nem em ponto de choque ele assina. Em tese, para o vice, o que importa é o polpudo salário que recebe como médico que deveria cumprir 40 horas semanais e finge que trabalha, mas recebe mais de R$ 8 mil, segundo o prefeito de Iacri, Carlos Alberto Freire. Segundo Freire, não vai ter jeito. Vai ter que demitir o vice que não trabalha e tem a mulher que ainda atrapalha. Enquanto o médico Luiz tentava justificar o injustificável, o povo mais uma vez ficou sem ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 31 Comentários Categorias: Cidade
23/11/2011

MP de dois estados flagra fraude em licitação de Tupã

Funcionária pública vence licitação, mas secretários também se beneficiam da fraude O Ministério Público de Tupã (SP) e do estado do Paraná flagraram uma situação que pode ser tipificada como fraude praticada pela prefeitura de Tupã. Foi através de licitação "pública" que beneficia uma empresária tupãense que também já foi contemplada em concurso "público" fraudulento, comandado por Adriano Rogério Rigoldi. Tanto nessa licitação que beneficiou a empresa de Glaucia Mara Ferrara Balbino como na contratação da Empresa Equipe Consultoria e Assessoria, responsável pelos concursos, a área de atuação administrativa deve envolver dois nomes conhecidos: Adriano Rogério Rigoldi (Governo) e a mulher dele, Aracelis Gois Morales (Turismo). Também é do estado do Paraná, a empresa responsável pelo marketing da prefeitura, porém, não o faz; mas, é possível que a empresa do "marketing" do prefeito Waldemir Gonçalves Lopes, tenha sugerido a pedido de Adriano, a eventual indicação de nomes de empresas para usá-los como participantes de uma licitação que nunca existiu. Através de carta convite, duas empresas do Paraná, teriam concorrido com a empresa da funcionária pública Glaucia Balbino. Na verdade, isso nunca aconteceu. Um dos empresários do Paraná, ouvido pelo MP desmentiu veementemente qualquer participação na suposta concorrência pública e foi além: sequer trabalha no ramo de toldos. Outro empreendedor pertencente a empresa "Frut Pro" nunca ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 17 Comentários Categorias: Cidade
22/11/2011

Efeito colateral: prefeitura desmoralizou concursos públicos

Por conta do antídoto usado pela prefeitura para tentar curar a ferida aberta pelos concursos sob suspeita de irregularidades, provocou um efeito colateral capaz de colocar em xeque todos os demais concursos públicos promovidos a partir dos processos que aprovaram secretários municipais, parentes de agentes políticos ligados ao PSDB e integrantes do diretório municipal do partido tucano e até o cunhado do prefeito Waldemir Gonçalves Lopes. O remédio fornecido para demonstrar que o processo era legal, só tornou mais dolorida à cicatrização da imoralidade e improbidade administrativa, agora, investigadas pelo Ministério Público e com concurso para Fiscal de Renda sub-judice, através de liminar. Mas, outros concursos que vieram a seguir, como o da Câmara e até do Conselho Tutelar, apesar da conduta ilibada do presidente do Conselho da Criança e do Adolescente, o psicólogo Valci Silva. Aliás, nesta terça-feira (22) ele teve que se explicar por meio da rede de relacionamento social facebook para internautas que questionavam o certame, que aponta como aprovados para a próxima fase, entre outras 18 pessoas, a irmã do secretário da Administração Willian Manfré Martins (PSDB) e o filho da ex-líder do prefeito, Telma Tulim (PSDB). Leia a seguir, as explicações do presidente do Conselho da Criança e do Adolescente e os questionamentos de internautas: Otavio Benevites Nada muda. ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 4 Comentários Categorias: Cidade
21/11/2011

Liberdade: Justiça não autoriza censura ao Blog

A Justiça tupãense derrubou por água abaixo a tese da tropa de "elite" do prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB) de tentar através da sua ex-líder na Câmara, Telma Tulim (PSDB) e do secretário de Administração, Willian Roberto Manfré Martins (PSDB) censurar o diário on-line Jota Neves. Além de impetrarem ações pedindo indenização de R$ 60 mil, os dois tentaram obter uma liminar para que as matérias onde foram citados sobre os concursos sob suspeitas, fossem retiradas do ar. Nos dois casos, até pela semelhança do pedido, a 3a Vara decidiu: "como se sabe, o acolhimento de qualquer medida de urgência na sistemática do processo, requer a presença de ao menos fumaça de direito e perigo de dano irreparável ou de difícil reparação". Para a Justiça, qualquer intervenção na atividade jornalística é preciso ser muito bem delineado para não ferir a liberdade de expressão. "Não se pode perder de vista que a liberdade da imprensa é um dos pilares de sustentação do Estado Democrático. A parte mais contundente na citação da Justiça vem a seguir ao fazer referência a um dos representantes da Prefeitura, "o requerido é secretário de Governo, ou seja, gere a coisa pública, o que torna ainda mais abrangente o direito de manifestação da imprensa. Num primeiro momento, verificando a matéria ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 30 Comentários Categorias: Cidade
19/11/2011

Censura: Prefeitura tenta na Justiça retirar matérias sobre concursos sob suspeitas de fraudes

A Prefeitura de Tupã, comandada por Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB), e outros integrantes da tropa de "elite", regida pelo secretário de Governo, Adriano Rogério Rigoldi (PSDB) impetraram duas ações, dias 4 e 11 solicitando indenizações que somadas atingem a cifra de R$ 60 mil, contra o Blog "Jota Neves". Nas mesmas ações, tentam censurar matérias já publicadas, e que eventualmente citam o secretário de Administração, Willian Roberto Manfré Martins (PSDB) e a vereadora e ex-líder do prefeito, Telma Tulim (PSDB). Os concursos beneficiaram secretários, familiares e partidários do PSDB. Nos dois pedidos feitos à Justiça contra o Blog, os processos são semelhantes e devem ter sido redigidos pelo mesmo profissional, o que em tese, caraterizaria uma ação orquestrada numa tentativa em vão de intimidar e tentar macular a realidade dos fatos. Fatos estes levantados e discutidos em pleno plenário da Câmara. Nos dois processos em andamento, distribuídos para a 3a Vara Cívil, há o pedido de antecipação da tutela, objetivando que sejam retiradas matérias já veiculadas pelo site, através da obtenção de uma liminar.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 12 Comentários Categorias: Cidade
19/11/2011

Há qualquer coisa muito frustrante nas denúncias de corrupção da imprensa

Ouça o comentário de Arnaldo Jabor feito no jornal da CBN desta sexta-feira (18)

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Cidade
18/11/2011

Possível crime anunciado: “no outro concurso será sua vez”, Donadelli

Como cita acima Arnaldo Jabor, não é fácil combater a corrupção, os desmandos administrativos, a improbidade, peculato e satisfazer a ganância daqueles que se sentam no poder e fazem de tudo para nunca mais largar a boquinha, como se refere o secretário de Administração Willian Manfré. O mais novo integrante da tropa do prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB) demonstra bem como o professor tem poder de sedução. Mestre na arte de ensinar, todos que se aproximam dele, se tornam discípulos fiéis da truculência administrativa. Por causa das denúncias sobre concursos possivelmente fraudulentos, o Blog sofre grande pressão. De forma orquestrada e usando até ferramentas públicas, tropa de "elite" do prefeito provoca danos morais e materiais ao blogueiro. Ainda assim, querem ser indenizados em R$ 60 mil. Além de ofender, tentar desmoralizar e desviar o foco da denúncia, Manfré ocupou a tribuna da Câmara adiantando sentença de suposta ação que moveria contra Jota Neves. A ex-líder do prefeito e vereadora Telma Tulim se sentindo protegida pela tropa enviada ao plenário do Legislativo na noite do dia 7, fez couro. "Eu também tenho sido vítima desse blog", afirmou e também processou. A ferramenta que deveria servir o povo é usada como parte da estrutura do arsenal para minar as forças de possíveis pessoas e ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 9 Comentários Categorias: Cidade
17/11/2011

‎”Tropa de Elite” do prefeito pede na Justiça indenização por supostos danos morais praticados pelo Blog

A mesma "Tropa de Elite" do prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB) que foi à sessão da Câmara no dia 7, com a finalidade de distorcer um fato, atribuindo à causa fatores supostamente políticos quando até o Ministério Público (MP) entendeu haver imoralidade no concurso público de Fiscal de Renda; recorre à Justiça para pedir indenização por possíveis danos morais. Ora, os secretários Willian Manfré (Administração) e Adriano Rogério Rigoldi (Governo) foram citados em matérias publicadas aqui, por estarem envolvidos diretamente no processo e, com eventuais interesses diretos nos concursos realizados pela Prefeitura, através da empresa Equipe Consultoria e Assessoria da cidade de Indaiatuba. Além de Manfré, a vereadora e ex-líder do Executivo, vereador Telam Tulim (PSDB) também diz sentir-se ofendida por alguma citação alusiva ao nome dela. Possivelmente ao fato de que teria tomado conhecimento de que, a alteração na legislação que possibilitou retificar o edital do concurso, beneficiaria o secretário Rigoldi. O próprio vereador Antonio Alves de Souza, "Ribeirão" (PP) afirmou durante a mesma sessão que a parlamentar realmente citou a frase "meu filho está ralando para caramba e eles vão fazer isso"? Tulim se referia suposta trama de bastidor entre os secretários que comandaram todo o processo de aplicação do concurso. Tanto é verdade que liminar do juiz Emilio Gimenez Filho, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 10 Comentários Categorias: Cidade
16/11/2011

Rigoldi era fiscal do contrato e não podia participar do concurso

Ao protocolar ação civil pública, o Ministério Público pediu liminar sob uma alegação óbvia. Um dos réus no processo, o secretário de Governo, Adriano Rogério Rigoldi, também era integrante como fiscal do contrato firmado entre a empresa Equipe Consultoria e Assessoria S/C Ltda e a Prefeitura de Tupã. Desta forma, Rigoldi não poderia ter participado do certame. Ao fazê-lo feriu os princípios da isonomia e da moralidade ao participar do concurso para fiscal de renda do município e aprovado em sexto (6º) lugar. De acordo com a liminar deferida pelo juiz Emilio Gimenez Filho, Rigoldi até poderia participar do processo, desde que não tivesse assinado como fiscal no cumprimento do contrato. "Fica evidente que o alcance dos princípios norteadores da coisa pública sofreram lesão", ratificou o magistrado. Para impedir situação de iminente prejuízo aos demais concorrentes, com a posse dos aprovados que deveria acontecer na próxima semana dia 22, foi deferida a liminar suspendendo o concurso específico de agente de fiscalização municipal de rendas, tornando-o sub-judice. Além do secretário de Governo, Adriano Rigoldi, também são réus no processo a própria empresa que realizou o concurso e o prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB). Neste concurso ao qual Adriano passou em sexto lugar, também foram aprovados o cunhado do prefeito Paulo Estevão Arreiro ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 13 Comentários Categorias: Cidade
15/11/2011

Denúncias de fraude em concursos chegam ao Palácio do Governo

A Decisão sobre anulação dos concursos da Prefeitura será publicada nesta quarta-feira (16). Acusados podem responder processo por formação de quadrilha. A Câmara realiza sessão nesta noite (16), e o assunto predominante deverá ser a omissão da maioria dos vereadores, entre eles, Telma Tulim. Ela sabia da intenção fraudulenta da administração e se calou. Enquanto isso, o prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB), com a “honestidade” comprometida vai ter sentimento de que perdeu a oportunidade de cancelar a trama concursal. O assunto ganhou tamanha proporção que já teria chegado ao conhecimento do Palácio dos Bandeirantes do Governo do Estado. É que uma das vítimas dos famigerados concursos da prefeitura realizados há alguns anos, teria sido a irmã da mulher do ex-governador Alberto Goldman. A ex-primeira dama, Deuzeni Goldman não teria perdido a oportunidade para questionar o vice-prefeito Cesar Donadelli, no dia 21 de setembro, quando foi a São Paulo se filiar no PSDB. O assunto repercutiu em Tupã, no retorno de Donadelli. Apesar de saber como funciona o esquema dos concursos públicos em Tupã, Donadelli teria cobrado satisfações da secretária da Educação, Carla Ortega Brandão.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 3 Comentários Categorias: Cidade