ANUNCIE AQUI!
15/08/2019

Sindicalista preso em operação da PF tem casa com ‘estádio’ particular e escultura gigante de chinelo

José Avelino, conhecido como 'Chinelo', é apontado como chefe de organização suspeita de desviar recursos da Prefeitura de Araçatuba (SP). Ele foi preso na tarde de terça-feira (13). Fonte: G1 Rio Preto e Araçatuba O sindicalista e empresário José Avelino, que foi preso temporariamente durante a operação da Polícia Federal '#TudoNosso', deflagrada na manhã de terça-feira (13) em combate à corrupção na Prefeitura de Araçatuba (SP), tem ‘estádio’ de futebol com arquibancada e iluminação, e até escultura gigante de chinelo, referência ao seu apelido, em sua casa. De acordo com a Polícia Federal, José é considerado o chefe de um grupo investigado por desviar recursos da Prefeitura de Araçatuba por meio de contratos fraudulentos e por possuir forte influência política na região. Nos últimos dois anos e meio, a polícia acredita que a organização criminosa movimentou mais de R$ 15 milhões. Ao todo, 15 suspeitos foram presos em Araçatuba, Itatiba, Jundiaí e Bauru (SP) até quarta-feira (14). Só em Araçatuba foram 12 pessoas levadas à delegacia, entre elas os ex-servidores municipais que ocupavam cargos de confiança, os chamados comissionados, mas que foram demitidos, na manhã desta quarta-feira (14). 'Estádio' e 'chinelo' Vídeos gravados e divulgados pela Polícia Federal mostram o tamanho da propriedade, em Clementina (SP). O local tem piscina, área de convivência, casas e uma réplica do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
10/07/2019

Pedofilia: Polícia Civil prende em Tupã padre que atuava em Marília

por: Daniela Casale A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (10) uma operação denominada ‘Querubim’ em todo o Deinter-4, que corresponde a 76 municípios da região de Bauru e Marília. Desde o começo da manhã policiais civis estão mobilizados realizando buscas e apreensão de materiais envolvendo exploração sexual infantil na internet. Em Marília dois homens foram presos em flagrante pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) por armazenar e trocar imagens de pornografia infantil. Também foi detido em Tupã um padre, de 42 anos, que foi ordenado no ano passado. Ele era da cidade vizinha mas atuava em Marília. O Marília Notícia apurou que se trata de Denismar Rodrigo André, que atua na paróquia Nossa Senhora de Fátima do Jóquei, zona Sul da cidade. Alguns brinquedos e também material pornográfico, arquivados em um notebook e um pen drive, foram encontrados em duas casas ligadas ao padre. Segundo a polícia ele não levava crianças para a casa, apenas arquivava imagens e vídeos. Ele vai ser autuado em flagrante pelo artigo 241 (adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente) do Estatuto da Criança e do Adolescente. Segundo o delegado Marcos Mourão, chefe do Deinter-4, ao todo na região foram 15 alvos, dos quais 12 ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
28/06/2019

Novo chefe da PF em Marília promete combater corrupção

Tomou posse na manhã desta quinta-feira (27), o novo chefe da Delegacia da Polícia Federal de Marília, Alexandre Schrank Araújo. A cerimônia foi realizada na sede a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marília, localizada na rua Gonçalves Dias, no Centro da cidade. Schrank é natural de Londrina e atua como delegado da PF em Marília desde 2003. Antes de ser delegado em Marília teve uma breve passagem pela delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã. O novo chefe ressaltou que por já atuar em Marília, isso vai facilitar muito o trabalho, porque não se perde tempo até o novo administrador tomar pé da situação e ter conhecimento do efetivo à disposição e dos representantes de poderes que atuam em conjunto com a PF. “O principal foco na minha gestão será a continuidade do combate aos crimes, mas principalmente, corrupção e desvio de recursos públicos. São assuntos, são crimes que assolam a nossa sociedade, tiram da nossa população valores que são muito caros para nós”, disse Schrank. O superintendente regional da Polícia Federal Lindinalvo Alexandrino de Almeida Filho destacou em seu discurso que Marília em recente estudo feito pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) foi considerada uma das 15 cidades mais pacíficas do país. Quando questionado se mudaria algo no combate ao tráfico de drogas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
08/02/2019

Ninho do Urubu: Atleta tupãense escapa da tragédia

O garoto Rafael Oliveira, 13 anos, dormia numa residência na hora do fato. O sinistro deixou um rastro de destruição, dez mortos e três feridos. O jogador tupãense, Rafael da categoria de base do Flamengo manteve contato com a família para dizer que "tudo está bem". Ao saber da notícia do incêndio, familiares e amigos ficaram desesperados com a tragédia que abalou o mundo esportivo na manhã desta sexta-feira (8). De acordo com informações de amigos, o empresário do atleta também ratificou a informação. Rafael não dormia no local atingido pelo fogo. Ele pernoitou numa residência, e não no CT. O padastro do jogador, Maicom Rodrigues disse que ele está nas divisões de base do Flamengo há um ano, depois de passar pelo Atlético-PR e ser descoberto pelo time da Gávea. "A semana passada ele esteve aqui e retornou para o Rio, já no dia 28, por causa do carnaval, ele deve retornar à cidade". Segundo a família de Rafael, assim que soube do ocorrido houve grande preocupação. "Sempre que ligamos, ele atende rápido e, hoje, não atendia. Ficamos preocupados, mas logo tivemos boas notícias", disse aliviado Rodrigues. Um incêndio na área antiga do Centro de Treinamentos do Flamengo, o Ninho do Urubu, deixou 10 mortos durante a madrugada e três feridos. De acordo com o Corpo ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
05/02/2019

Juri absolve “Baiano” acusado da morte de “Cláudio Pamonheiro”

O Tribunal do Júri absolveu na noite de ontem (4), o feirante Francismar Luis de França, o "Baiano", acusado de crime contra a vida de Cláudio Rafael Zaurísio, o "Cláudio Pamonheiro". O crime ocorreu em 13 de janeiro de 2015. De acordo com os advogados de defesa Gustavo Botteon e Marcelo da Silva Gomes, os jurados negaram a autoria do crime e "Baiano" foi absolvido da acusação por 4 votos a 2. "Baiano" já havia sido condenado a um ano de prisão. Leia também: CASO “PAMONHEIRO”: Justiça acata pedido de liberdade provisória e solta “Baiano” O crime que resultou na morte do também feirante Cláudio, foi considerado à época com requintes de crueldade. O corpo foi localizado carbonizado em sua camionete D-10, placa BNK-5029. Leia também: Homicídio ou latrocínio? Pamonheiro é encontrado carbonizado no interior de camionete Cláudio havia sido visto pela última vez colhendo milho numa propriedade rural, por volta das 20 horas. Ás 20h45, a camionete foi localizada às margens da vicinal que liga Tupã a Arco-Íris, nas proximidades do Aeroporto. O veículo estava carregado com espigas de milho e incendiado. O corpo de Cláudio estava de bruços no assoalho do veículo. Testemunhas que passavam pelo local avisaram o Corpo de Bombeiros. Leia mais: Passional: no velório amigos comentavam sobre autoria e motivação para a morte de Pamonheiro

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
12/11/2018

Dr. Manzano: “Eu pensava que era louco”

O diálogo foi durante um encontro casual que tive com o combativo parlamentar. A frase era referente ao período de denúncias de corrupção na administração pública tupãense. Apesar de seus relevantes serviços prestados, sequer o município decretou luto oficial. O falecimento do Dr. Manzano passou em branco pelas repartições públicas municipais. Na Câmara, a maioria afirmou que ficou sabendo através das redes sociais. O prefeito não decretou luto oficial. As bandeiras seguiram hasteadas normalmente até a tarde desta segunda-feira, dia 12, ignorando a bravura de um homem a serviço de uma sociedade que desconhece seus verdadeiros heróis. Dr. Manzano foi combativo. Esbravejava toda segunda-feira, durante as sessões, como um lobo solitário numa luta inglória contra os desmandos administrativos. “Pensava que estava ficando louco ao imaginar que apenas eu estava vendo essas barbaridades acontecerem em nossa cidade”, disse. Dr. Manzano faleceu aos 80 anos, neste fim de semana. Seu corpo foi velado no Memorial Tamoios e, cremado em seguida, conforme era seu desejo. PONTO ALTO Auge do governo Lula. O pico mais alto de um dos períodos sombrios dos bastidores políticos do Brasil. A corrupção campeava nos Poderes Constituídos, enraizada de cima para baixo como nunca visto antes. O PAC – Plano de Aceleração do Crescimento transformou-se num verdadeiro sinônimo de Plano de Aceleração da Corrupção. Promessas de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
13/09/2018

Ex-vereadora é presa por comprar votos na Câmara de Andradina

Segundo a polícia, Célia Regina de Souza, de 58 anos, estava foragida há dois anos. Policiais cumpriram mandado de prisão após denúncia. Por G1 Rio Preto e Araçatuba Uma ex-vereadora de Andradina (SP) foi presa, nesta quarta-feira (12), por compra de votos. Célia Regina de Souza, de 58 anos, estava foragida e é acusada de pagar cerca de R$ 4 mil a outros vereadores par a se eleger presidente da Câmara em 2004. À TV TEM a ex-vereadora disse que é inocente e que ficou foragida por orientação do advogado de defesa, que aguardava um recurso analisado na Justiça. Segundo a polícia, ela estava foragida há dois anos e também era investigada por superfaturamento de serviços e em compra de produtos para a Câmara. A ex-vereadora foi presa depois que a polícia recebeu uma denúncia de que ela estaria na cidade e o mandado foi cumprido. Célia estava na cidade, segundo a polícia, para visitar a mãe, onde foi presa. A ex-vereadora foi encaminhada a um presídio de Tupi Paulista (SP). Durante a chegada de Célia ao primeiro distrito policial de Andradina, um jornalista da cidade que cobria a prisão chegou a ser agredido por um sobrinho da mulher. Um boletim de ocorrência foi registrado.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
08/09/2018

Os extremistas virtuais e o atentado a Bolsonaro

NÃO HÁ DÚVIDAS DE QUE BOLSONARO É VÍTIMA DE UM CRIME. MAS É PRECISO DIZER ALGUMAS COISAS João Filho 7 de Setembro de 2018, 14h09   AS REAÇÕES AO ESFAQUEAMENTO do candidato Jair Bolsonaro foram deprimentes, lamentáveis, um reflexo do estágio miserável em que se encontra nossa democracia. Enquanto muitos nas redes de esquerda defendiam com toda a certeza que tudo não passaria de uma armação de Bolsonaro e sua turma, bolsonaristas já davam o veredito de que o PT seria o mandante do crime. Todos embriagados por suas convicções, dando pouca atenção aos fatos. O fato das imagens não mostrarem sangue jorrando não quer dizer nada além de que não se tratava de uma cena de filme do Hitchcock. Mas os peritos Molinas das redes sociais logo emitiram seus lados, comprovando que tudo não passava de encenação. Vários vídeos “comprovando” que não havia sangue e que a faca era falsa pipocaram nas redes sociais. Para se forjar um crime desse porte, seria necessário combinar com dezenas de pessoas que estavam em volta de Bolsonaro, com os socorristas da ambulância, com seguranças, e torcer para que nenhuma das dezenas de câmeras que estavam filmando flagrasse os detalhes. Depois, uma grande cena seria montada com hospital, envolvendo cirurgiões, assistentes, enfermeiros e outros funcionários. É claro que uma ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
12/07/2018

A Lava Jato está sob risco

Por Luan Sperandio A Operação Mãos Limpas, na Itália, nos dá uma aprendizagem sobre o que pode acontecer nos próximos meses aqui no Brasil. Naquele país a luta contra a corrupção viveu 2 momentos distintos. Inicialmente o apoio às investigações era unânime. “Somos todos contra a corrupção”. Ao ponto de alguns dos condenados que firmavam acordo de delação premiada vestissem camisas favoráveis às investigações para demonstrarem seu apoio. Os políticos alvos, porém, criaram a narrativa de que a Operação Mãos Limpas não se tratava de uma investigação de esquemas de corrupção para punir infrações penais. Eles difundiram nos jornais a ideia de que se tratava de uma operação política, não jurídica: tudo não passava de perseguição à inocentes por questões políticas. Os investigadores e juízes eram ideológicos. Essa campanha difamatória na Itália durou algum tempo e o apoio à operação gradativamente acabou caindo entre a população. Não obstante, os políticos conseguiram a aprovação de legislações que enfraqueceram o poder de investigação do Ministério Público e que minaram a autoridade dos juízes perante os políticos, sepultando à operação. Ao menos a primeira parte desse roteiro está acontecendo no Brasil: basta lembrar que durante a campanha eleitoral, em 2014, todos os presidenciáveis defendiam incondicionalmente a Lava Jato. 4 anos passados, todavia, após centenas de condenações e prisões, a campanha ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção
15/04/2018

“RACHID”: Polícia já possui áudio sobre divisão salarial de virtual secretário

Ex-assessores assombram vereadores novatos. Pelo menos três, dos 10 eleitos em 2016 estão enfrentando essa maldição – pastor Eliézer, Scombatti e Matias. O publicitário Fernando Oliver Amato, ex-assessor do vereador Tiago Munhoz Matias (sem partido), disse neste sábado (14), que entregou à Delegacia Seccional de Tupã, cópia de um arquivo em áudio contendo o diálogo que manteve com o parlamentar sobre o esquema denominado de “rachid” - onde assessores repassariam mensalmente uma parte de seus vencimentos aos agentes políticos. No caso envolvendo o vereador Tiago Matias, o “Rachid” aconteceria caso Oliver Amato assumisse a Secretaria da Juventude, no governo de José Ricardo Raymundo (PV). O inquérito foi instaurado após denúncia feita pelos vereadores Charles dos Passos (PSB) e Paulo Henrique Andrade (PPS) ao promotor de Justiça Rodrigo Garcia. Surpreso com o fato, Oliver Amato titubeou ao prestar declarações ao Ministério Público quando disse - “não me recordo, preciso verificar”, ao ser indagado se tinha gravação sobre a conversa que manteve no gabinete do novato edil. Sobre a decisão de entregar uma possível prova material que compromete seu ex-pupilo, Oliver Amato optou pelo silêncio com apenas uma frase: “Prefiro deixar a justiça dizer por si só, acho melhor. Obrigado Jota”. A denúncia de suposto ato de corrupção desmoronou o “castelo” político no imaginário do promissor vereador. Ele ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Corrupção