ANUNCIE AQUI!
23/08/2017

“Todos Somos Débora”: grupo criado no WhatsApp vai promover protesto contra a violência à mulher

Centenas de pessoas estão mobilizadas através de um grupo criado no WhatsApp após o crime passional que tirou a vida da bancária Débora Goulart Subires, 33 anos. Antes de morrer a vítima foi muito espancada. O sepultamento será às 16 horas, na pacata cidade de Luiziânia, com pouco mais de 5 mil habitantes, localizada na microrregião de Birigui. A pretensão é conscientizar e alertar a população sobre a violência contra a mulher. Débora foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (22), após amigos sentirem sua falta no Banco Bradesco. A Polícia foi avisada e o corpo da vítima foi encontrado dentro do quarto da residência localizada na Rua Tupinambás, 542, centro, onde ela morava com o marido. Ele é o principal suspeito do feminicídio. Presume-se que o crime tenha ocorrido na noite de segunda-feira (21). É até possível que o crime tenha sido premeditado. Débora lutou contra seu agressor, mas foi violentamente espancada e recebeu três golpes de faca que ceifaram sua vida. Os quatro cães da família permaneceram o tempo todo ao lado do corpo. Débora pretendia separar-se de seu marido. Ele já trabalhou como vigia, mas ultimamente estaria desempregado. Na tarde de segunda-feira, após o expediente, ele estava no local de trabalho da esposa para buscá-la. Amigos da vítima viram quando ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
23/08/2017

Sérgio Moro autoriza soltura de Vaccarezza mediante fiança de R$ 1,5 milhão

Ex-líder do PT na Câmara dos Deputados foi preso provisoriamente na última sexta; ele é suspeito de receber propinas em contratos da Petrobras O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR), responsável pelas ações penaisdecorrentes da Operação Lava Jato em primeira instância, autorizou nesta terça-feira (22) a soltura do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (Avante-SP) mediante pagamento de fiança no valor de R$ 1,5 milhão – quantia que poderá ser paga em até dez dias. O político foi preso temporariamente na última sexta-feira (18). Na mesma decisão, Sérgio Moro determinou, de maneira cautelar, a proibição de que o ex-deputado deixe o País. O político – que foi líder do PT na Câmara dos Deputados nos governos dos ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff – também está proibido de mudar de endereço, de fazer contatos com os demais investigados na operação e de exercer cargo ou função pública. A defesa de Cândido Vaccarezza alegou que ele tinha agendado uma biópsia de próstata diante da constatação de uma alteração na glândula. Por esse motivo, o magistrado responsável pelas ações da Lava Jato considerou mais adequado impor medidas cautelares alternativas em vez de decretar a prisão preventiva do ex-petista. A conversão da prisão temporária em preventiva, que não tem prazo definido, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
22/08/2017

Bancária lutou para sobreviver a fúria de seu assassino

O principal suspeito do crime está foragido, e é o marido da bancária. Ele era segurança na agência Bradesco, em Tupã, mesmo local de trabalho de Débora Goulart. Quatro cães "guardavam" o corpo da vítima. O relacionamento que teve inicio possivelmente no local de trabalho, fez com que ambos compartilhassem o mesmo teto, mas não demorou muito para acontecer as primeiras desavenças entre o casal. Os motivos, passionais. Brigas e mais brigas, e uma decisão: Débora Goulart, 34 anos, tinha a pretensão de se separar do companheiro, entretanto, ele a ameaçava caso o fato se confirmasse. Débora corria risco de morte. Ontem (21) à tarde, o companheiro teria ido buscá-la e colegas de trabalho perceberam lágrimas que marejavam nos olhos de Débora, como que se presumisse que algo de ruim estava prestes a acontecer. A noite chegou, o dia amanheceu, mas Débora não foi ao banco trabalhar. Preocupados e temerosos com o que poderia ter acontecido, os próprios amigos acionaram a Polícia Militar e foram para sua residência à Rua Tupinambás, centro de Tupã. No local, os militares encontraram o portão com cadeado e a porta da frente encostada. Quatro cães da família, na porta do quarto, envolta ao corpo como que "protegendo" sua dona. Sinais de luta corporal. Débora tentou resistir. A porta ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
27/07/2017

Polícia prende piromaníaco que praticou o terror em posto de combustível

O veículo que ele pretendia abastecer era produto de furto. A vítima foi uma agricultora. O acusado já havia ameaçado explodir uma residência e até ameaçou policiais com um maçarico em chamas. A Polícia Militar de Tupã prendeu quatro horas depois, o piromaníaco identificado por "Baiano", acusado da prática de tentativa de incendiar o Auto Posto Rede Vanuíre - Tupãnzinho, localizado na Avenida Tabajaras. Ele deve ser autuado em flagrante por furto de um veículo Chevrolet Chevette que pretendia abastecer e também pela tentativa de atear fogo no estabelecimento, colocando em risco a integridade física de três funcionários. O sujeito após os crimes saiu do posto carregando a garrafa pett com parte do produto que havia adquirido. Outra parte ele jogou na loja de conveniência, em um dos frentistas, pegou um isqueiro e ameaçou atear fogo em tudo, inclusive em um Volkwagem Jetta que estava estacionado no local. Quando chegou no posto, "Baiano" alegou que precisava de gasolina para abastecer um veículo de sua propriedade que estava parado nas proximidades de uma lanchonete na Rua Ubirajaras. De fato, o Chevette estava mesmo no local. Localizado pela polícia que realizou várias diligências, foi encaminhado ao Judiciário para audiência de custódia. Em seguida poderá ser autuado em flagrante delito e ser encaminhado ao sistema prisional. ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
27/07/2017

Influente paraguaçuense é preso em nova fase da Operação Lava Jato. Ele presidiu a Petrobrás e o BB

A prisão do paraguaçuense Aldemir Bendine aconteceu nesta manhã, em Sorocaba onde morava com a família. De acordo com o MPF, existem evidências de que ele pediu propina à empresa Odebrecht. O ex-presidente do Banco do Brasil e ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine foi preso na 42ª fase da Lava Lato, batizada de Operação Cobra, nesta quinta (27). Bendine foi detido em Sorocaba. Ao todo, segundo a Polícia Federal, cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária no Distrito Federal, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. De acordo com o Ministério Público Federal, há evidências de que Bendine solicitou R$ 17 milhões de propina na época em que comandou o Banco do Brasil (2009-2015) para viabilizar a rolagem de dívida de um financiamento da Odebrecht AgroIndustrial. Marcelo Odebrecht e Fernando Reis, executivos da empreiteira que fecharam acordo de delação premiada, afirmaram que negaram a solicitação por acharem que Bendine não tinha capacidade de influenciar no contrato. No entanto, segundo a Procuradoria, há provas apontando que, na véspera de assumir a presidência da Petrobras, em 6 de fevereiro de 2015, Bendine e um de seus operadores financeiros solicitaram nova propina aos executivos, com a justificativa de proteger a Odebrecht em contratos, inclusive em relação às consequências da Operação Lava Jato. Os ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
27/07/2017

Piromaníaco provoca terror em posto de combustível em Tupã

O sujeito identificado por "Baiano" fingiu ser cliente, adquiriu uma garrafa de gasolina e ameaçou incendiar o estabelecimento com funcionários na loja de conveniência. Um piromaníaco causou terror no final da madrugada de hoje (27), em um posto de combustível localizado na Avenida Tabajaras, 1764. Um homem chegou no local alegando que precisava de uma garrafa de dois litros de gasolina para abastecer seu veículo que estava parado nas proximidades de uma lanchonete na Rua Ubirajaras. Depois de ser atendido por um, dos dois frentistas que estavam no estabelecimento, pouco depois das 6 horas, o sujeito se dirigiu ao caixa, no interior da loja de conveniência. De repente, começou a esbravejar com a atendente dizendo “eu não vou pagar. E vou tocar fogo neste posto”. Em seguida, o indivíduo abriu a garrafa pet e jogou gasolina no interior da loja de conveniência, para o desespero dos funcionários. Ali mesmo no caixa, passou a mão num isqueiro e ameaçou atear fogo em tudo. Um dos frentistas correu na direção do homem, mas foi surpreendido com gasolina jogada na sua direção. Momentos de muita apreensão. Alguns veículos estavam estacionados no pátio, e o piromaníaco também ameaçou incendiar um Volkswagem Jetta, mas desistiu diante da pressão dos frentistas e saiu em desabalada carreira tomando rumo ignorado. Duas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/07/2017

Justiça: Mistério Público recebe denúncia de suposto cartel

Advogado acusa empresas por combinar preços de combustíveis em Tupã. É mais uma denúncia que chega ao MP, sem que até hoje tenha surtido qualquer efeito. O Ministério Público de Tupã recebeu denúncia, na semana passada, sobre possível formação de cartel em Tupã, causada com a "uniformização" dos preços praticados pelos postos de combustíveis. A denúncia foi encaminhada ao promotor de Justiça, Mário Yamamura. O advogado autor da denúncia, André Gustavo Zanoni Braga de Castro, conhecido como "Pena Castro", destacou que "há tempos" os estabelecimentos comerciais de Tupã possuem o preço mais caro dos combustíveis na região "sem qualquer motivo para que isso ocorra, a não ser a possível formação de cartel de forma descarada, ou mesmo velada", afirmou. Segundo a denúncia, a formação de cartel pode ser velada, sem a combinação de preços entre os proprietários de postos de combustíveis, mas com a verificação semanal dos preços praticados pelos concorrentes "e igualá-los com diferença de 0,1/0,2 centavos a maior ou menor, deixando dessa forma os consumidores totalmente, à mercê dos preços abusivos praticados, não lhes restando opções e, simplesmente eliminando a concorrência". A denúncia ressalta que é fato, "mesmo aos mais desatentos" que parte das distribuidoras de combustíveis operantes no País, orientam os valores de seus produtos de forma "conjunta e acordada" havendo apenas, "pequenas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
12/07/2017

BRASIL: Moro condena Lula a 9 anos e 6 meses de prisão por caso tríplex

Esta é a primeira condenação de Lula no âmbito da Lava Jato; ele ainda é réu em outros quatro processos. Cabe recurso Por Valéria Bretas, Luiza Calegari São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e  corrupção passiva no caso do tríplex do Guarujá, investigado no âmbito da Operação Lava Jato. Em suas alegações finais do processo,  o MPF pediu a prisão de Lula em regime fechado, sustentando que ele recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. Segundo o MP, Lula teria recebido o tríplex no Guarujá como contrapartida por contratos fechados entre a OAS e a Petrobras durante sua gestão. Do total, R$ 2,4 milhões se referiam a melhorias e reformas de um tríplex no Guarujá, e outro R$ 1,3 milhão teria financiado o armazenamento de seus bens pessoais entre 2011 e 2016, incluindo o acervo de presentes recebidos durante seus anos na presidência, segundo a acusação do MPF. Também são réus no caso o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, os executivos da empresa Agenor Franklin Medeiros, Paulo Gordilho, Fábio Yonamine e Roberto Ferreira, e o presidente ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
03/07/2017

Gerente de indústria de calçados desiste de processo contra o blog, após desmentir prefeito

A desistência deve-se provavelmente pela investigação do Ministério Público. O processo corre em segredo de Justiça. O atual prefeito, Ricardo Raymundo é um dos autores da denúncia de licitação sob suspeita de fraude para a compra de sandálias papetes pela administração Gaspar. O gerente comercial da empresa Pé com Pé de Birigui, Elzio Ribeiro desistiu da representação criminal contra o blog jotaneves.com, dois meses e meio após a publicação da matéria “Máfia dos calçados agiu em Tupã”, divulgada em 14 de março de 2016. O blog foi comunicado sobre a Carta Precatória (CP) que chegou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) para interrogar o autor da reportagem. Após o depoimento confirmando o teor da publicação, não houve interesse do reclamante em prosseguir com a ação. De acordo com a representação feita contra o blog, Elzio desmentia veementemente a versão do prefeito de Tupã, Manoel Gaspar (PMDB), que alegou politicagem nas denúncias feitas pelos então vereadores José Ricardo Raymundo (PV) e Luis Alves de Souza (PC do B), ao Tribunal de Contas e ao Ministério Público, respectivamente. Para a Comissão de Licitações da prefeitura, Elzio Ribeiro teria participado de licitação como diretor de vendas da Meli Industria de Calçados Ltda, uma fábrica instalada em Buritama, cuja a matriz fica também em Birigui. O secretário de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/05/2017

BRASIL: Fachin manda afastar Aécio do Senado; PF faz buscas em imóveis do senador

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), mandou afastar o senador Aécio Neves (MG), do mandato. A Polícia Federal faz nesta quinta-feira uma operação de busca e apreensão em endereços ligados ao parlamentar no Rio de Janeiro e em Brasília. No Rio, as buscas acontecem nos apartamentos de Aécio e da irmã dele e o imóvel de Altair Alves Pinto, conhecido por ser braço direito de Cunha. O procurador da República Ângelo Goulart Villela, que atua no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi preso na mesma operação. Fachin também expediu mandado de prisão contra o advogado Willer Tomaz, que é ligado a Eduardo Cunha. As medidas são consequência de uma delação premiada e denúncias apresentadas pelo empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, que apresentou uma gravação em que Aécio pede R$ 2 milhões.   No áudio gravado por Joesley, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. Aécio Neves é alvo de seis inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) relacionados à Lava Jato. O Senado informou à TV Globo que ainda não recebeu oficialmente o mandado do ministro do Supremo que mandar afastar Aécio do parlamento. Além de afastar o senador do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia