ANUNCIE AQUI!
23/08/2011

A percepção do fato pelo repórter

Assim como a Polícia parte de uma informação para desvendar um crime, o repórter policial também. A coerência do fato narrado ou não, pode determinar com desfecho feliz de um caso. A cena do crime é preservada para facilitar a coleta de dados. Um objeto, uma mancha de sangue que respinga em local adverso; um detalhe a mais coletado é esclarecedor. Como repórter, a quem acredite que fico em casa ou num escritório aguardando somente a Polícia dar a informação. Assim como a Polícia recebe informação na Delegacia, também a busca com o trabalho de campo. O bom repórter idem. E mantém sempre atualizada sua rede de fonte. Mesmo não estando no local, me baseio na informação que parte da Polícia e verifico se procede ou não.  O fato de ser a Polícia a fonte da informação, não posso acreditar piamente. É preciso verificar in loco também e checar com outras obtidas no local de um fato. Neste caso específico que culminou com a morte do policial e de dois marginais, não houve coerência entre o que foi anunciado pelo delegado Seccional e a seqüência da ocorrência. O meu conhecimento me permite dizer que ninguém troca tiros tentando pular muro. É inconcebível admitir que sete policiais esperavam dois e, ainda assim, teriam sido ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 2 Comentários Categorias: Polícia
21/08/2011

Um repórter no combate à violência

Como repórter ou apresentador de programa específico policial, nunca me furtei de tecer comentários capazes de motivar a população a auxiliar os órgãos de segurança no combate a criminalidade. Sempre entendi que segurança não se promove de forma isolada. É um conjunto de fatores que podem determinar uma significativa melhora na prevenção de crimes e, sobretudo, auxiliando a Polícia a reprimir os delinqüentes. As últimas campanhas que realizei, despertei nos habitantes e autoridades de Bastos e Iacri, exatamente este sentimento. Através de junção de esforços entre moradores e representantes do povo, foram realizadas Plenárias, nas quais, estiveram presentes os comandantes da Polícia Civil e da Polícia Militar. Estas cidades foram contempladas mesmo que temporariamente com reforço de policiais e viaturas de Tupã e até Marília. Assim tem sido uma constante desde minha passagem por Marília e outras localidades. Através de minhas reportagens investigativas sempre colaborei com o Ministério Público, denunciando bandidos e envolvimento de pseudos policiais infiltrados pelo crime organizado nas corporações da Civil e Militar. Assim como faz a Polícia, sabem as pessoas que conhecem o meu trabalho, também já ajudei a desbaratar quadrilha de carro dublê. Denunciei o delegado Seccional, Lourival Luiz Viana por envolvimento com o "Rei" do contrabando no país, acusado pelo falecido ex-delegado chefe da Polícia Federal Romeu Tuma. O delegado Seccional ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 4 Comentários Categorias: Polícia
20/08/2011

EDITORIAL:

A comunicação como "ferramenta" de combate à violência I Democraticamente e demonstrando total imparcialidade marcas de um trabalho jornalístico que me acompanham ao longo da carreira, permiti todas as opiniões de leitores do Blog que ensejaram após as matérias sobre a ação da Polícia de Tupã, na Rua Tapajós. A tentativa de combater um suposto crime de roubo tentado, culminou com a morte de um policial e dois dos acusados. Não sou legista e nem policial, mas, a experiência profissional em coberturas dos mais variados crimes, me fez perito na arte da comunicação como ferramenta eficaz no combate à violência. Assim, neste espaço, em consideração às pessoas que não me conhecem e nem ao meu trabalho, por exemplo, no Rádio e em colunas de Jornais aos quais, sempre procurei ser tão combativo como aqui, tomei a liberdade e acreditando que nesta nova proposta, deveria também me manifestar de forma a esclarecer situações narradas por e-mails que poderiam pairar dúvidas quanto a minha conduta profissional diante de um novo público que começo conquistar. A minha vida pessoal e profissional sempre foi pautada por uma preocupação com o bem estar de uma sociedade que acredito deveria ser mais justa e com oportunidades para todos. Porém, também sei que nem todos buscam ou optam em buscá-las seja ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Polícia
18/08/2011

Encerrado o debate entre leitores sobre os crimes da Tapajós

O Blog abriu oportunidade para que os leitores pudessem expressar suas opiniões sobre a polêmica que se estabeleceu a partir das matérias que foram publicadas. Leiam nas próximas horas, um editorial sobre, "A comunicação como arma eficaz no combate à violência". O repórter Jota Neves, é há décadas um combatente ferrenho da violência e defensor da justiça. Subtende-se que um promotor quando defende uma tese baseado nos fatos e pede a absolvição de um réu, não significa que está ao lado do acusado. Ao contrário. Um promotor tem justamente a função de promover a justiça. Quando um juiz profere uma sentença, baseado no julgamento de um Tribunal do Juri, composto na maioria das vezes, por leigos, não quer dizer que esteja praticando injustiça. Importa em dizer que talvez este ou aquele lado não tenha conseguido sensibilizar os jurados. Talvez seja este o "x" da questão, ora em discussão. A Polícia não foi convincente. É como se estivesse ausente da cena do crime. Mas nada que laudos não comprovem e uma possível reconstituição não tire todas as dúvidas. Aliás, seria importante que até o Ministério Público acompanhasse esse trabalho que é um instrumento importante diante de situações duvidosas. Quanto as outras possíveis opiniões, elas podem continuar sendo endereçadas às matérias correspondentes de acordo com suas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/08/2011

New Order Enviado em 18/08/2011 as 9:21 Concordo com a maioria: Bandido bom é bandido morto. Fazendo-se um breve levantamento, percebe-se que presídio nada mais é do que escola, o pior é que é escola de bandidos. O meliante entra com uma qualificação (criminosa) e sai de lá especializado. O sistema está errado. Mas o que não pode continuar é a sociedade viver com medo, e pior, medo de bandido. Tupã está virando terra sem dono. TODO MUNDO manda um pouco, e NINGUÉM manda nada. Parabéns aos policiais que diminuíram a criminalidade de Tupã, tirando daqui dois bandidos. Se houve erro, este deve ser, realmente analisado para que não ocorra novamente. Mas daqui se questionar, e se cogitar, sobre os “coitados” dos infratores é o cúmulo. Pra quem não conseguiu entender, o que se levantou aqui pelos leitores, não foi se a polícia errou ou não, mas o fato da defesa desses delinquentes. Direitos Humanos??? Cade os Direitos Humanos quando um pai de família esta passando fome ou precisando de um remédio para cuidar de uma doença grave??? Nunca aparecem, somente surgindo para defender esses verdadeiros “animais” que são os bandidos. Aqui quem trabalha não tem vez. E quanto aqueles que só sabem reclamar, como é o caso de alguns aqui, porque não fazem algo de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/08/2011

Luis Morabito Enviado em 18/08/2011 as 9:08 Indignado???… Todos nós estamos indignados… Cloque o seu nome, pois aí terá razão em reclamar ou aplaudir… Quem tem que ir atrás de algo são as Polícias e o Ministério Público… Quanto à bandidagem, isto é um problema do PSDB que fez acordo com o PCC… Penitenciária virou motel, lugar de piquinique, tem tv, celular, drogas e eles saem em dias de festas, cometem crimes novamente e muitos não voltam… Criticar o Jota é fácil, já que quem fala a verdade nunca é bem visto… Força JOTA…  

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Polícia
18/08/2011

Alfredo Alves Contiannime Enviado em 18/08/2011 as 10:45 Amigo, concordo com vc que bandido bom é bandido morto, acredito que o Jota tbm o que ele esta fazendo é questionando os fatos pois é isso que um reporter deve fazer, isso é o papel da imprensa, agora o o que vc e nós devemos fazer? Cobrar pq o nosso jornal de maior circulação (Diario) e nossa radio de maior audiencia ( Tupã Am e Fm ) não questionam nada cobram menos ainda ou melhor simplismente omitem tudo o que acontce em nossa cidade ou vc acredita que Tupã é a cidade das Maravilhas? Essa é mais uma omissão dessa quadrilha (Governo de Tupã) que esta instalada em nossa cidade que compra tudo e a Todos. Força Jota  

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/08/2011

Lucas Enviado em 18/08/2011 as 20:24 Mari, você conheceu Maria Paula Amaral? Pois bem, você provavelmente não a conhece e tampouco eu também a conheci, mas sei quem é. Ela é filha do ex vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Amaral. Mas o que isto tem a ver? Ela era namorada do Meio-Quilo, que a sua ignorância também não permite saber. Ele era um dos maiores traficantes do Rio, foi morto aos 31 anos. Sua relação com a moçinha rica era o que os repórteres classificaram como “amor bandido”. Típica história de Robin Hood moderna. Mas o que isto tudo tem a ver com o que você escreveu? Tudo. Quem visse Paula Amaral falar sobre o tráfico, é o mesmo que Mari falar sobre a “ocorrência” da rua Tapajós. Sua visão é romântica demais pra escrever sobre polícia. Por ser romântica e idealista tem voz de aceitação entre a sociedade, e os que defendem que o banditismo se resolve com flores, figas e pés de coelho. São pessoas de visão cega como você, mocinha romântica, que precisam levantar a âncora perra da hipocrisia e enxergar os criminosos como uma doença a ser erradicada, seja pela força ou pela fé que você sente.  

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/08/2011

Mari Enviado em 18/08/2011 as 8:19 Marcos, concordo em vários pontos com vc. Como muitos disseram bandido bom é bandido morto. O q o Jota Neves questionou é; QUEM MATOU O ARMANDO??? Acho q quem não entende ou não sabe ler é você. Veja na matéria “Fogo Amigo”. Tem muita coisa errada, sim. Essas saidinhas onde a uma grande parte não volta e acaba cometendo outros delitos, a bolsa reclusão, q nós cidadãos do bem, trabalhadores, bancamos, é um absurdo. O problema vem de cima, as leis precisam ser revistas. A Polícia de Tupã faz seu trabalho sim, com os recursos q tem. Parabéns pra Polícia ! Mas … se fizeram tudo tão certo, pq não falam? pq não explicam como o Armando morreu? a questão não é terem matado os bandidos, entendeu? Como disse a amiga Leda num comentário abaixo: a nossa Polícia está preparada pra esse tipo de operação? Termino como o Luis Morábito: FORÇA JOTA!!!!!  

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Polícia
17/08/2011

Luis Morabito luismorabito@hotmail.com 187.85.205.57 Enviado em 17/08/2011 as 15:36 O caro, antes de criticar o Jota pelas colocações, deveria vir aqui e explicar que o PSDB e o PCC fez um acordo, dentro de uma penitênciaria, onde o Governador teve que se por de ‘joelhos’ e aceitar os pedidos do líder do PCC para que a ‘guerra’ terminasse… Quem faz o crime é o próprio governo, liberando presos perigosos para ‘saidinha’ em dias de festas… Aceita celular dentro de prisões… Aceita que as penitênciárias virem motéis… Que os bandidos é que dão as ordens… O ‘governeco’ é que deveria se explicar… Força Jota…  

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia