ANUNCIE AQUI!
10/08/2016

PF faz prisões e interdita rádios em Marília no combate à lavagem de dinheiro

A Operação Miragem pode determinar prisões de políticos supostamente envolvidos com os veículos de comunicação. A Delegacia da Polícia Federal de Marília cumpre três mandados de prisão, além de ordens de busca e apreensão no complexo CMN (Central Marília Notícias) e endereços de políticos ligados às empresas da central, o jornal Diário e as rádios Diário FM e Dirceu AM.. São 15 mandados de busca e apreensão em Marília, 05 em São Paulo e 01 em Ribeirão Preto (01). Além de Marília, a PF fará prisões em São Paulo e em Ribeirão Preto, além de procederem à suspensão do funcionamento de duas estações de rádio de Marília (SP). As suspensões foram determinadas, pela Justiça, a pedido da PF, devido a irregularidades como a falta de concessão para exploração de serviços de radiodifusão, falsidade ideológica e uso de documentos falsos relacionados ao uso de interpostas pessoas no quadro societário, ocultando a real propriedade de pessoas com imunidade parlamentar, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. A investigação aponta ainda indícios de crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, consistente na provável evasão de divisas por parte de um investigado, utilizando-se de empresa investigada no âmbito da Operação Lava-Jato para remessa ilícita de divisas ao exterior. O inquérito, proveniente da Superintendência Regional da Polícia Federal em Brasília, ganhou força ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
23/07/2016

Bullying e ameaça terminaram em homicídio no Frigo Estrela

Chamado de magrelo e vítima de supostas ofensas que colocavam dúvidas sobre sua masculinidade, além de uma ameaça de morte ocorrida na semana passada foram determinantes para o crime de homicídio. A morte teria acontecido dentro de uma carreta de transporte de carne. Na manhã deste sábado (23) Fabrício estaria de folga, mas o destino traiçoeiro o colaria na cena do crime e como autor de um homicídio. Para a polícia esse é um tipo de crime difícil de ser combatido. Acontece entre quatro paredes ou em locais diversos e de surpresa, quando menos se espera. Mas nesse caso ocorrido neste fim de semana em Tupã, se não pudesse ser evitado poderia no mínimo ter dificultado caso alguma providência fosse tomada no sentido de dificultar o contado direto entre a “vítima” e o “acusado”. Antônio Carlos da Costa e Silva, 27 anos, era visto por testemunhas como autor de constantes práticas de bullying contra Fabrício Fernandes Araujo. Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos causando dor e angústia. Fabrício teria constantemente pedido para mudar de turno temendo um possível entrevero mais grave com seu desafeto. Nenhum desses pedidos dele ou de terceiros teriam sido atendidos pelo setor ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
22/07/2016

Máfia dos calçados: secretário de Administração vai ser interrogado pela polícia

Depois do secretário, o próprio Élzio Ribeiro como autor da representação deverá confirmar ou não a denúncia contra o blog e o caso será encaminhado à Justiça. O blog jotaneves.com e os vereadores Luis Alves de Souza (PC do B) e José Ricardo Raymundo (PV) já foram interrogados pela polícia na carta precatória oriunda de Birigui, após processo movido contra a reportagem sobre o esquema de supostas fraudes em licitações de prefeituras do Estado de São Paulo. Para encerrar essa fase de oitivas, a Central de Polícia Judiciária, através do delegado Nelson Miguel Boaretti deve interrogar o secretário de Administração da prefeitura de Tupã, Archimedes Peres Botan (foto). Ele deverá esclarecer se um documento utilizado para cotação de preços onde aparece o nome do representante comercial da empresa Pé Com Pé, Élzio Ribeiro é verdadeiro ou falso. O secretário Archimedes Botan informou a abertura de uma sindicância para investigar a ação dos funcionários que são integrantes da Comissão de Licitação, mas até hoje, não divulgou o resultado dos trabalhos. A sonegação de informação fere as lei da transparência. Para processar o blog jotaneves.com, Élzio alegou que não participou de nenhuma licitação promovida pela prefeitura de Tupã e que não representa a empresa Meli Calçados conforme atesta documento que compõem o processo de tomada de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
19/07/2016

“Ninho verde”: denúncia provocou várias reuniões políticas em Iacri

Surgem evidências de que o abatedouro clandestino era de conhecimento público. O Legislativo também fica sob suspeita no "Caso das codornas". As denúncias feitas pelo blog de que possivelmente a ação da Polícia Civil teria eventual motivação política e não com o cumprimento do dever provocou várias reuniões em Iacri, a partir da tarde de ontem (18) e durante toda a noite. O consultório do vereador Reinaldo Roberto Hauy, “Reinaldo Dentista” (PV) foi o endereço mais procurado. Outras também foram promovidas em locais diferentes para avaliar o impacto das declarações do prefeito Cláudio Andreassa (PV). Ele acusa Reinaldo Dentista, presidente do Partido Verde de ter arquitetado a trama envolvendo o delegado Seccional, Luiz Antônio Hauy, irmão do parlamentar. A intenção, segundo as informações, seria a de causar prejuízo à imagem política do chefe do executivo para preteri-lo da disputa à reeleição. Assim, o PV poderia escolher como candidata a vice-prefeita, Marina Ângela Pacanaro filiada ao mesmo partido. Como consequência da denúncia, as cogitações de bastidores são diversas: processar o blog, a vice-prefeita já não teria mais a intenção de disputar o pleito em outubro, o prefeito pretende “bater o pé” e brigar pelo direito de ir à reeleição, entre outras. EVIDÊNCIAS DE OMISSÃO Já o parlamentar Reinaldo Dentista em off “empurrava” responsabilidade pela denúncia feita à Polícia ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
18/07/2016

Codornas: Polícia Civil pode ter participado de eventual “trama” para prender prefeito de Iacri

Mas, a ordem era para apenas dar um susto e deixá-lo em condição de expulsão do PV. O objetivo era impedir eventual candidatura de Cláudio Andreassa à reeleição e lançar para a disputa a vice-prefeita que também é do mesmo partido. A Polícia Civil pode ter se metido numa trama arquitetada nos bastidores políticos de Iacri para barrar uma eventual tentativa do prefeito Cláudio Andreassa (PV) se lançar candidato à reeleição. Não se discute aqui as irregularidades praticadas no abatedouro clandestino. Ação ocorrida no dia 5 de julho foi engendrada para prender o prefeito em flagrante por crime contra relação de consumo, infração de medida sanitária preventiva e por praticar ato de abuso a animais, conforme informou à imprensa o delegado Seccional Luiz Antônio Hauy. “Como envolve prefeito municipal, o Tribunal de Justiça decidirá pela instauração ou não do inquérito”, disse. Causou estranheza a operação ter sido desencadeada pela Polícia Civil, sob o comando do delegado Seccional, Hauy. A titular da DIG - Delegacia de Investigações Gerais e que responde também pela delegacia de Iacri, Milena Davoli de Melo, foi acionada para acompanhar as diligências. A Polícia teria cruzado com o prefeito Andreassa quando provavelmente ele dirigia uma camionete Strada pertencente à Saúde. À imprensa, a polícia teria afirmado que o prefeito não foi ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
07/07/2016

Abatedouro clandestino estava em propriedade do prefeito de Iacri. PV pode expulsá-lo

Preocupado com a ação da polícia, Cláudio Andreassa teria ligado para delegados na tentativa de evitar a ação. Documento conseguido pelo blog confirma que a área rural aparece em nome do prefeito. Apesar de negar para a imprensa a responsabilidade pelo matadouro clandestino de codornas flagrado pela Polícia Civil na zona rural de Iacri, no final da tarde de terça-feira (5), o prefeito Claudio Andreassa (PV) sabe que não vai conseguir desmentir os próprios funcionários que os delataram como autor dos crimes contra a relação de consumo, crueldade contra animais e de infração às medidas sanitárias, entre outros. Ao contrário do que diz o chefe do Executivo, ele sabe que os fatos o contradizem. Andreassa teria sido surpreendido pela Polícia Civil transitando pela estrada que demanda para o local do abatedouro, mas não foi parado. Ainda há informações extraoficiais que na hora do fato dirigia uma camionete strada, na cor branca pertencente à área da saúde municipal. Segundo outras denúncias, era também com esse veículo que algumas vezes Andreassa transportava as codornas e até trabalhadores para os serviços no matadouro clandestino. Ao ser informado da ação dos policiais, Andreassa teria ligado para a delegada de Iacri, Milena Davoli Nabas de Melo e, em seguida para o próprio delegado Seccional, Luiz Antônio Hauy. Segundo interlocutores comentaram ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
06/07/2016

Codornas: um prefeito no “ninho”

As aves abatidas clandestinamente eram comercializadas em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Ele também é acusado de usar veículo oficial a serviço da ilegalidade. Ganhou repercussão nacional o flagrante feito pela Polícia Civil numa propriedade que seria do prefeito de Iacri, Claudio Andreassa (PV). O prefeito só não foi detido pelos policiais civis que estavam a caminho de sua propriedade pelo fato de ser acusado de crime comum. Andreassa cruzou com as viaturas da corporação quando saia do sítio localizado no Bairro Jurema. Segundo testemunhas, o prefeito possivelmente dirigia uma camionete Strada pertencente à área da Saúde. Segundo as informações era com esse veículo que ele transportava trabalhadores flagrados no abate clandestino e as próprias aves que eram abatidas no local. À imprensa, a polícia divulgou que o chefe do executivo possivelmente teria fugido ao perceber a ação. Durante toda esta quarta-feira (6), a assessoria do prefeito passou horas desmentido o envolvimento de Andreassa com os crimes contra a economia popular, saúde pública, entre outras tipificações que podem enquadrá-lo nesta situação. O delegado Seccional, Luiz Antônio Hauy foi categórico: “todos os trabalhadores flagrados no local teriam confessado que o prefeito era o proprietário do abate clandestino e de que estavam trabalhando para ele”. Em entrevista à TV Tem o delegado confirmou que se ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
03/07/2016

Gerente processa blog e desmente Gaspar sobre compra de calçados

A relação entre Elzio Ribeiro e Renato Gomes – ME deverá ser investigada pelo Ministério Público. Toda essa descoberta teve início quando Antônio Alves de Sousa, Ribeirão (PP) orientou Gaspar a enfrentar os vereadores de oposição que questionavam a quantidade de calçados. A intenção era de possivelmente despistar sobre uma suposta fraude na licitação. O gerente comercial da empresa Pé com Pé de Birigui, Elzio Ribeiro fez uma representação criminal contra o blog jotaneves.com, dois meses e meio após a publicação da matéria - leia - Papetes: máfia dos calçados agiu em Tupã para “queimar” dinheiro da educação, divulgada em 14 de março de 2016.O blog foi comunicado sobre a Carta Precatória (CP) que chegou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) para interrogar o autor da reportagem. O depoimento deverá acontecer nesta quarta-feira (6). De acordo com a representação, Elzio desmente veementemente a versão do prefeito de Tupã, Manoel Gaspar (PMDB) que alegou politicagem nas investigações e representações feitas pelos vereadores José Ricardo Raymundo (PV) e Luis Alves de Souza (PC do B), no Tribunal de Contas e no Ministério Público, respectivamente. Para a prefeitura de Tupã, através da Comissão de Licitações, Elzio Ribeiro teria participado de licitação como diretor de vendas da Meli Industria de Calçados Ltda, uma fábrica instalada em Buritama, cuja ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
26/06/2016

Sanguessugas: preso em operação frequentava gabinete de Gaspar ao lado de Ribeirão

Além de visitar o gabinete de Manoel Gaspar (PMDB), o criminoso – ex-assessor do deputado federal Cândido Vaccarezza (PT), tornou-se freguês de um dos melhores restaurantes de Tupã. Gilmar Aparecido Alves Bernardes mantinha contatos constantes com a cidade de Tupã, na tentativa exclusiva de arrebanhar clientes para seu esquema criminoso. Como acontece nesses casos, em cada local, há necessidade da existência de um ponto de referência. Em Tupã, essa complacência de corresponder aos seus desejos era quase uma exclusividade do nefasto vereador Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP). De bonde, Ribeirão fazia marcação serrada. Alguns ex-líderes de Manoel Gaspar confessaram que o parlamentar chegava a ter ciúmes de Gilmar. Depois de manter os seu escusos contatos, dependendo do horário o destino certo era o restaurante Toulouse. Não há informação sobre quem pagava a despesa, mas é possível que muitas dessas vezes, o banquete possivelmente era debitado na conta da prefeitura de Tupã. No cardápio, a especialidade de visitante e anfitrião – ganhar dinheiro fácil as custas do povo. A reportagem do blog manteve diversos contatos neste mês para tentar obter informação sobre a eventual liberação de recurso para os hospitais de Tupã, intermediado pelo grupo criminoso. A princípio, apurou-se que houve promessas de recursos para o hospital São Francisco. Essa estreitas relação de Ribeirão com Vaccarezza ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
24/05/2016

Tchau querido! Ribeirão joga suas ultimas fichas na possibilidade de Gaspar repensar sua aposentadoria

Com a desistência dos casais Donadeli, Messas e o equivoco que pode ser a aposta em Fuin, Ribeirão manobra junto a aliados e familiares para Manoel Gaspar não desistir da reeleição. Mas administração decepcionante, cofres vazios e a própria família são motivos que devem fazer o projeto “Ribeiriano” naufragar. Em conversas com amigos e pessoas mais próximas, é nítida a sensação de que o vereador Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP) está vivendo um momento de angustia como nunca viveu antes. Com a iminência cada vez maior de não viabilizar um candidato a prefeito com reais condições de vencer e sentindo que aos poucos o grupo que montou como sendo um grupo imbatível vai se esfacelando a cada dia, o estrategista Ribeirão se vê as voltas com muitas dúvidas e certezas mínimas. Quem olhava Ribeirão há exato um ano, via as feições de um político confiante, alguém que havia dado um golpe de mestre, uma cartada certeira e rumava suavemente para formar um dos maiores grupos políticos de Tupã visando as eleições municipais. Ribeirão tinha tanta confiança em suas apostas que ao saber que Manoel Gaspar (PMDB) desistiria da reeleição, confessou a um amigo mais próximo que estava livre da incumbência de ser ele a dizer para Gaspar que seu ciclo político ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia