ANUNCIE AQUI!
04/04/2016

Telma Tulim é o plano “B” do PSDB em caso de impedimento de Waldemir

Inelegível e investigado por diversas irregularidades administrativas, ex-prefeito acredita que será candidato. Situação tem plano “A”. Foto: Divulgação/Facebook A vereadora Telma Tulim (PSDB), integrante da base aliada do prefeito Manoel Gaspar (PMDB), pode ser “usada” como plano “B” pelo ex-prefeito Waldemir Gonçalves Lopes, caso seja impedido de sair candidato nas eleições municipais de 2016. Inelegível por fraudar concursos públicos, ter as contas de 2010 rejeitadas pela Câmara e investigado sob suspeita de irregularidades em 33 obras públicas, Waldemir ainda sonha numa terceira candidatura. A propósito, no sábado (2), os tucanos lançaram Waldemir e o empresário José Morelato, pré-candidatos a prefeito e vice, respectivamente. A candidatura seria “puro sangue”, uma vez que Morelato filiou-se no PSDB. O encontro registrado na Câmara Municipal no fim de semana, contou com a presença do deputado estadual Pedro Tobias, presidente da Executiva estadual do PSDB. Prefeito eleito e reeleito no período de 2005 a 2012, Waldemir Gonçalves Lopes, tornou-se inelegível em agosto de 2014, quando por 10 votos a 5, os vereadores rejeitaram suas contas, por determinação do Tribunal de Contas do Estado. Motivo: falta de investimento do percentual mínimo de 25% da receita na área da educação como prevê a Constituição. GASPAR X WALDEMIR Há anos criou-se uma expectativa sobre um possível duelo entre o criador e a criatura (Gaspar ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
04/04/2016

48 horas: Justiça acata solicitação do MP e determina indisponibilidade dos bens de Gaspar e seu filho

Ex-secretário e tesoureira ficaram de fora das sanções do caso de saque na “boca do caixa”, durante o Tupã Folia 2014. Enquanto isso, um outro saque ocorrido no Carnaval de 2013, deverá ser protocolado na Justiça. O juiz Emílio Gimenez filho acatou o pedido liminar feito pelo promotor de Justiça do Patrimônio Público e Social, Rodrigo de Moraes Garcia e tornou indisponíveis apenas os bens do prefeito de Tupã, Manoel Gaspar e seu filho Gustavo Gaspar, ambos do PMDB. O ex-secretário de Finanças, Walter Bonaldo Filho e a funcionária pública Luceli Aparecida Bombarda Agostinho (tesoureira) ficaram de fora das sanções referentes ao processo que investiga o caso de saque na “boca do Caixa”, no Carnaval de 2014. A decisão sobre essa ação civil pública de improbidade administrativa foi publicada nesta segunda-feira (4). A ação que apura violação aos princípios administrativos tem valor de R$ 858.760,86 e, será esse o valor dos bens que serão bloqueados dentro do prazo de 48 horas, conforme determinação da Justiça. “Entretanto, verifico que o pedido de indisponibilidade foi direcionado a todos os requeridos, com exceção da requerida Luceli, certamente em razão de sua condição de servidora municipal, razão porque, a fim de dar tratamento equânime aos requeridos, entendo que a indisponibilidade não deve atingir também o Secretário Walter Bonaldo ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
01/04/2016

Acabou a folia: Ministério Público pede a indisponibilidade de bens de acusados de saque na “boca do caixa”

O saque foi feito pelo filho do prefeito na sexta-feira de Carnaval de 2014. A agência da Caixa estava fechada e houve escolta da PM. O processo caiu nas mãos do juiz Emílio Gimenez Filho. O caso de saque na “boca do caixa” como ficou conhecido teve desdobramento esperado pelo blog e pelo vereador Luis Alves de Souza (PC do B), autor da denúncia junto ao Ministério Público de Tupã. O promotor de Justiça do Patrimônio Público e Social, Rodrigo de Moraes Garcia foi contundente na formulação da denúncia ao ajuizar a ação civil pública contra o prefeito Manoel Ferreira de Souza Gaspar (PMDB), seu filho e empresário Antônio Gustavo Ferreira de Souza Gaspar, o lobista e ex-secretário de Finanças, Walter Bonaldo Filho, residente em Mogi-Mirim-SP e a tesoureira da prefeitura Luceli Aparecida Bombarda Agostinho. Leia também: Na boca do caixa: MP vai investigar o filho de Gaspar após saque de dinheiro público INDISPONIBILIDADE DOS BENS  De acordo com apontamento do MP, os envolvidos Manoel Gaspar, Gustavo Gaspar e Walter Bonaldo terão os bens indisponíveis, excetuando-se Luceli. “A indisponibilidade de bens ora requerida constitui-se em verdadeira tutela provisória de evidência, nos moldes do artigo 311 do novo Código de Processo Civil, com a ressalva de que se trata de tutela de evidência com assento constitucional”. Além ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
25/03/2016

Tragédia cala a voz do radialista Benito Abramo

Bom dia, Benito! Era assim, todos os dias, ainda pela madrugada  que me dirigia ao repórter Benito Abramo, através do Skype. É por meio deste software que "trocamos" informações com os nossos correspondentes e repórteres e a sede da emissora em Bastos. Hoje (25), feriado Santo, não me comuniquei pela redes sociais. O jornalismo não atua em feriados nacionais ou em feriados decretados pelo Estado. Mas, por ironia do destino, o repórter que todos os dias se encarregava de ser o portador da notícia... Amanhã, sábado (26), restará a lembrança de um companheiro de trabalho discreto, introspectivo e ao mesmo tempo falante quando o assunto era o Palmeiras, seu time de coração.  Benito Mussolini Abramo: o nome deixa claro sua descendência de italianos. VELÓRIO O corpo do radialista Benito Mussolini Abramo, 54 anos, ainda está no IML – Instituto Médico Legal e deverá ser liberado no final da tarde desta sexta-feira, para velório no Memorial Tamoios. O sepultamento deverá acontecer às 10 horas da manhã deste sábado (26). O local ainda é incerto por falta de espaço no cemitério da Saudade. Ele morreu vítima de grave acidente na manhã de hoje, após bater na parede do pontilhão sob a rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, na vicinal Quatá/Tupã. Benito Abramo era responsável pela sucursal de jornalismo da Rádio Cidade ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
16/03/2016

Boca do caixa: Gaspar e Gustavo prestam depoimento ao MP

O filho do prefeito Manoel Gaspar, o empresário Gustavo Gaspar é acusado de ter feito saque na "boca do caixa" de um cheque no valor de R$ 254 mil, na sexta-feira de Carnaval de 2014.  A audiência aconteceu às 10 horas da manhã desta quarta-feira (16), conforme inquérito Civil público datado de 10 de agosto de 2015, instaurado pelo Promotor Rodrigo Garcia. Essa é a quarta fase da investigação com a oitiva do prefeito Manoel Ferreira de Souza Gaspar e seu filho Gustavo Ferreira de Souza Gaspar. Segundo informações da Caixa Econômica Federal, o autor do saque de um cheque de nº 014916, pertencente à prefeitura no valor de R$ 254.750,00, foi o próprio empresário. O saque foi registrado às 16:36:21 horas do dia 20 de fevereiro de 2014, após o expediente bancário. Este procedimento se deu devido a denúncias promovida pelo vereador Luis Alves de Souza referente a possíveis irregularidades no carnaval “Tupã Folia 2014”. Além do prefeito e seu filho, foram ouvidos nas outras três fases da operação na "boca do caixa", as empresas dos artistas contratados, o secretário de Assuntos Jurícos, Thiago Leandro Bereta Moreno e a tesoureira Luceli Aparecida Bombarda Agostinho e o ex-secretário de Finanças, Walter Bonaldo Filho. De acordo com documentos enviados ao vereador Luis Alves de Souza (PC do B) ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
14/03/2016

Papetes: máfia dos calçados agiu em Tupã para “queimar” dinheiro da educação

As crianças foram usadas apenas como plano de fundo. O objetivo principal era o de atingir o valor mínimo de "investimento" na educação - 25% do orçamento anual para o setor. A compra de 300 notebooks para informatizar a rede também pode ter o mesmo desfecho. As empresas que participaram da licitação realizada pela prefeitura de Tupã com objetivo de fornecer kits com 8.140 pares de calçados (tênis e sandálias papetes) formam uma associação criminosa com a finalidade de fraudar processos e “vencê-los”, sem que haja a verdadeira concorrência. Para obterem sucesso elas contam possivelmente com no mínimo a conivência de servidores públicos e intermediários do alto escalão da administração pública, cuja moeda de troca pode ser propina. Apesar de pelo menos 10 empresas terem retirado cópia do edital ou solicitado o documento via e-mail, a única que não demonstrou essa preocupação foi justamente a vencedora do certame: Renato Gomes Livros ME, estabelecida à Rua Rio Grande, 479, em Promissão. As “concorrentes” são na verdade empresas parceiras em “disputas” arrumadas em licitações também em várias outras cidades do Estado de São Paulo. Ora uma, ora outra vence o pregão e todos ganham com a fraude. No caso específico de Tupã, apenas uma não teria nenhuma participação no esquema, mas seu nome foi usado para ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
11/03/2016

Propina até no lixo: envolvido na Lava Jato atuou em Tupã e manteve contratos com a prefeitura

A empresa ganhou milhões, empurrou “o lixo” para debaixo do tapete e ficou sob suspeita de pagar propina. Ainda hoje a população sofre as consequências com as obras de macrodrenagem. leia também: A empresa Leão & Leão que deposita lixo nas ruas de Tupã, já faturou cerca de R$ 10 milhões O engenheiro eletrônico Mauro Picinato (foto) manteve contratos com a prefeitura de Tupã que renderam milhões a empresa Leão Ambiental. Picinato era o responsável pela assinatura de contrato na Leão Ambiental, acusada de integrar a máfia do lixo do PT em Ribeirão Preto. Em Tupã esta empresa atuou também na coleta de lixo durante a administração Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB) e liderou um consórcio de empreiteiras para realização da milionária obra de micro e macrodrenagem. O resultado desses serviços é conhecido pela população de Tupã. De acordo com matéria publicada em 30 de abril de 2015 na Revista IstoÉ Brasil, “quando a Operação Lava Jato foi deflagrada, o lobista Fernando Soares, o Baiano, apontado como um dos principais operadores do PMDB no Petrolão, integrantes da força-tarefa encontraram fortes indícios de que Baiano também operava para o PT”. A matéria de Claudio Dantas Sequeira dizia que “o elo com o partido seria a empresa contratada para coletar resíduos da Petrobras, Estre Ambiental. Os agentes da PF ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
08/03/2016

A face oculta: Gaspar, Waldemir e Ribeirão devem pautar protestos do dia 13

O prefeito de Tupã, Manoel Gaspar e um de seus líderes – vereador Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” deverão ser alvos de manifestantes. Mas, Waldemir não pode ser esquecido. O protesto de domingo (13) será contra os desmandos administrativos. A frase atribuída ao vereador Ribeirão de que “meteu o Gaspar na merda e pretende tirá-lo”, vai muito além da nossa imaginação. Mas, na contramão de sua suposta pretensão, Ribeirão enfia ainda mais a administração num processo de degradação de credibilidade sem precedentes. O governo de Gaspar não existe e não aparece. A imagem é uma face oculta. Apesar de não ser “dono de nada”, o mandante de todas as nefastas ações deixa rastros por onde passa. Ele divide cada espaço do poder. Por isso, não causará estranheza se o Movimento “Vem Pra Rua Tupã” sustentar cartazes, faixas e palavras de ordem contra a política local. Guardadas as devidas proporções caminha no trajeto da imoralidade presenciada na esfera federal. Não é privilégio apenas da administração de Gaspar (PMDB). O seu antecessor Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB), deixou a prefeitura açoitado e carregando na bagagem uma mala com um “cadáver” em estado de putrefação. Obras irregulares podem ter provocado um rombo de milhões de reais nos cofres públicos de Tupã. Criado por Gaspar, a criatura seguiu seu próprio rumo. ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
05/03/2016

O pai da facção: a ficção de um discurso e a realidade nua e crua

A manchete acima é de autoria do blog jotaneves EXCELENTE TEXTO DE UMA JORNALISTA SOBRE DISCURSO DE LULA por Sônia Zaghetto. Artigo publicado em 05.03.2016 Assisti ao discurso do ex-presidente Lula da forma o mais isenta possível e mente aberta. Obviamente não esperei grandes mudanças, mas imaginei que haveria um pouco de autocontrole como demonstração de inteligência. Aguardei alguma demonstração de contenção, se não por gestão de imagem, mas como medida destinada a não aumentar a grande fogueira dos ódios deste país. Imaginei que, dado o momento inédito em sua vida, manifestaria algum respeito aos milhões de brasileiros cujas mentes não se curvam à retórica barata. Em vão: palavras vazias, em uma fala recheada de clichês e tolices, plena de auto louvação, piadas grosseiras, delírios narcisistas e frases piegas que comoveriam apenas pré-adolescentes ou amigos encharcados de boa vontade. Houve, ainda, uma revisita a dois clássicos: a velha estratégia vitimista sobre a perseguição movida pelas elites por ser o redentor dos pobres; e o desejo sádico de alimentar um pouco mais o ódio que hoje divide seus compatriotas. Observei-lhe o rosto contorcido, a expressão raivosa, a incapacidade de se reconhecer como cidadão comum, submetido às leis do país. E entendi: Lula hoje acredita piamente na imagem que ele e seus aduladores criaram. Para ele, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
04/03/2016

A Regra do Jogo: Justiça autoriza condução coercitiva de Lula e Okamoto para prestar depoimento

Nova fase da Lava Jato investiga obras em sítio e tríplex ligados a Lula. POR ANDREZA MATAIS, FÁBIO FABRINI E FAUSTO MACEDO 04/03/2016, 06h31 A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram na manhã desta sexta-feira a 24a fase da da Operação Lava Jato. Os mandados estão sendo cumpridos em endereços do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do seu filho, Fabio Luiz Lula da Silva. A PF esta na casa do petista, no Instituto Lula e na casa do filho mais velho dele. A operação foi deflagrada com base em investigações sobre a compra e reforma de um sítio em Atibaia frequentado pelo petista, o fato de sua mudança ter sido transportada para o local e a relação desses episódios com empreiteiras investigadas na Lava Jato, além da relação dele com um tríplex no Guarujá reformado pela OAS. O Estado apurou que há mandado de condução coercitiva contra o ex-presidente Lula e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto. A Operação foi batizada de Aletheia em referência a expressão grega que significa busca da verdade. Cerca de 200 policiais estão nas ruas e 30 auditores da Receita para cumprir 44 ordens judiciais, entre elas 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva em São Paulo, Rio de Janeiro e ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia