ANUNCIE AQUI!
12/12/2011

Noivo surta durante casamento e sai pelado na rua

O fato aconteceu neste sábado (10) em Bauru e deixou familiares e convidados perplexos com o ocorrido. Ecaminhado a uma unidade de saúde, o rapaz de 26 anos, provocou danos nos equipamentos e ainda tentou matar um funcionário. Ouça mais detalhes sobre esse caso, com o repórter Chico Cardoso da Rádio Auriverde de Bauru:

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 2 Comentários Categorias: Polícia
06/12/2011

Improbidade administrativa: prefeito de Marília deve perder o cargo

A decisão é do Tribunal de Justiça de São Paulo O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a sentença de primeira instância que condenou o prefeito de Marília, Mário Bulgareli, a perda do cargo e a suspensão dos direitos políticos por três anos. Também foram condenados, às mesmas penas, o secretário municipal de Esportes, Deybson Rogério Biondo, e os ex-secretários daquela pasta Carlos Coércio e Paulo Roberto e cinco ex-estudantes universitários. A Promotoria do Patrimônio Público e Social de Marília obteve a condenação de todos eles em razão de irregularidade na seleção de universitários beneficiados com bolsa de estudo oferecida por meio de convênio celebrado entre a Prefeitura e a Unimar — Universidade de Marília, que beneficiou pessoas ligadas a aliados políticos do prefeito Bulgareli. Inquérito civil instaurado em 2007 identificou que a bolsa universitária oferecida a atletas do município beneficiou estudantes que, na verdade, nunca disputaram competições esportivas, mas que receberam a bolsa porque eram ligados a vereadores ou pessoas com cargos na Prefeitura. Um deles é o atual secretário de Esportes de Marília, Deybson Rogério Biondo, à época jogador do time local de basquete e empossado no cargo comissionado de coordenador de Esportes da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer em 2002. De acordo com a ação, Biondo usufruiu ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 2 Comentários Categorias: Polícia
29/11/2011

Câmara entra com pedido de cassação do prefeito de Marília

O motivo é o envolvimento do político no pagamento de propina (G1) Marília – A Câmara de Marília aprecia a instalação de uma comissão processante que deve cassar o mandato do prefeito Mário Bulgarelli. O motivo é o envolvimento do político no pagamento de propina, na contratação da empresa SP Alimentos, que fornece merenda escolar ao município. Segundo a CPI, a SP Alimentação teria feito repasses de dinheiro aos candidatos a prefeito nas últimas eleições. Em troca, tinha a garantia que venceria a licitação para o fornecimento da merenda. São citados no relatório final da comissão como beneficiários do suposto esquema, o atual prefeito de Marília, Mário Bulgarelli e o Deputado Federal, Abelardo Camarinha. O atual chefe de gabinete da prefeitura de Marília, Luiz Walter Simões e uma funcionária da Assembleia Legislativa do Estado, também são citados no documento. publicado em 29/11/2011 - 09:34

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 3 Comentários Categorias: Polícia