ANUNCIE AQUI!
30/04/2013

Vereador critica “empurra-empurra” sobre apuração de mortandade de peixes no Rio Feio

O vereador Danilo Aguillar Filho (PSB) de Tupã-SP criticou nesta segunda-feira (29) durante sessão ordinária da Câmara Municipal e ratificou as criticas nesta terça-feira (30) durante entrevista à Rádio Cidade FM, a falta de empenho da Polícia, na apuração sobre a mortandade de peixes nos Rios Tibiriçá e Feio.    Indignado com a falta de investigação, o parlamentar diz que procurou a Polícia Ambiental e foi informado que a responsabilidade pela apuração seria da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Já a CETESB revelou que não possuía embarcação para promover diligência nas águas do Rio Feio e que a função deveria ser da Polícia Ambiental. Enquanto isso, a Polícia Civil de Queiroz teria explicado ao vereador que só poderia investigar se houvesse uma denúncia formal. Por conta disso, Danilo garantiu que encaminhará o caso à Promotoria do Meio Ambiente solicitando providências sobre a usina Clealco que na opinião do edil seria possivelmente a responsável pela poluição que culminou com a maior mortandade de milhares de peixes, como vários pescadores desolados fizeram questão de enviar fotos exibindo os exemplares de várias espécies mortas. Danilo lembrou também que desde a instalação da unidade em Queiroz, a usina só tem trazido prejuízos ao meio ambiente, como a mortandade ocorrida em 2008 e 2010, quando a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
15/04/2013

Chefe da Casa Civil de SP teve doação de outra empresa suspeita

Chefe da Casa Civil do governo Alckmin recebeu R$ 170 mil da Scamvias para sua campanha a deputado federal em 2010 Fernando Gallo e Fausto Macedo, de O Estado de S.Paulo Além da Demop - construtora que está no centro do escândalo de fraudes em licitações de prefeituras do interior paulista -, que em 2006 doou R$ 91,6 mil para a campanha a deputado federal do atual secretário-chefe da Casa Civil do governo de São Paulo, Edson Aparecido (PSDB), outra empresa apontada como participante do esquema doou, na eleição de 2010, R$ 170 mil para a campanha que reelegeu o tucano. Trata-se da Scamvias Construções e Empreendimentos Ltda., que posteriormente teve seu nome alterado para Scamatti & Seller Infraestrutura Ltda. Ela fez duas doações no mês de setembro daquele ano, uma de R$ 120 mil e outra de R$ 50 mil. A empreiteira foi a terceira empresa que mais doou para a campanha de Aparecido em 2010. O Estado revelou ontem que a Operação Fratelli, deflagrada na terça-feira pela Polícia Federal e pelo Ministério Público para apurar fraudes em licitações em 78 prefeituras do interior paulista, apontou uma estreita ligação entre Aparecido e Olívio Scamatti, dono das duas empreiteiras preso na terça-feira sob suspeita de chefiar o esquema. Além de diversos contatos telefônicos em que pede ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
10/04/2013

Vinte prefeituras do interior de São Paulo são lacradas em operação contra corrupção

Ellen Lima Do UOL, em São José do Rio Preto (SP) A Operação Fratelli, realizada nesta terça-feira (9) pela Polícia Federal em conjunto com promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em São José do Rio Preto (438 Km de SP) , prendeu 13 pessoas preventivamente e fechou 20 prefeituras em cidades do noroeste paulista. Segundo o Ministério Público, a atuação dos suspeitos na região era focada no município de Votuporanga (537 km de São Paulo). Entre os detidos estão três prefeitos, três ex-prefeitos e quatro empresários de Votuporanga, três deles, irmãos que são donos de empreiteiras e investigados por abertura de empresas de fachada. Entre os prefeitos investigados está o ex-prefeito de Catanduva, Afonso Machione Neto, que teve a casa revistada, mas não foi localizado. A prefeitura de Catanduva foi lacrada, e os 300 funcionários ficaram do lado de fora, impedidos de trabalhar. Além de Votuporanga e Catanduva, as principais cidades investigadas na região foram Fernandópolis, Jales, Santa Fé do Sul, Mirassol e Guapiaçu. A Prefeitura de São José do Rio Preto não está na lista das investigadas pela operação. De acordo, com o promotor João Santaterra, o principal foco do esquema está concentrado no município de Votuporanga. O ex-prefeito de Cardoso, João da Brahma de Oliveira da Silva, foi ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
10/04/2013

Fraudes em prefeituras de SP somam mais de R$ 1 bi, diz MP

São investigados contratos em cerca de 80 cidades do noroesta paulista. Ação de combate à corrupção é realizada simultaneamente em 12 estados. Do G1 Rio Preto e Araçatuba Os contratos suspeitos de fraude firmados com prefeituras do noroeste paulista somam mais de R$ 1 bilhão, segundo o Ministério Público. O órgão, em parceria com a Polícia Federal e com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou na manhã desta terça-feira (9) a operação "Fratelli", que investiga fraudes em licitações públicas em cerca de 80 cidades da região. A ação faz parte da Operação Nacional contra a Corrupção, deflagrada pelo Ministério Público, em parceria com diversos órgãos, e deve cumprir mandados de prisão, de busca e apreensão, de bloqueio de bens e de afastamento das funções públicas em pelo menos 12 estados. O estado de São Paulo concentra a maior parte da operação nacional. São cumpridos 13 mandados de prisão contra empresários, funcionários públicos e políticos e 160 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal em Jales (SP) e pela Justiça Estadual em Fernandópolis (SP). Equipes do Gaeco cumprem mandados de busca nas prefeituras de Urupês, Catiguá, Paulo de Faria, Palestina, Guapiaçu, Ibirá, Uchoa, Monte Aprazível, Ariranha, Novo Horizonte, Potirendaba, Catanduva, Fernandópolis, Jales, Votuporanga e também de Cafelândia. Muitas delas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
18/03/2013

Polícia de Tupã já investiga foto de suposto aliciador do Facebook envolvido no desaparecimento de adolescente

A garota mandou mensagem para a família, mas depois o contato foi interrompido. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Tupã investiga a foto de um homem que pode estar por trás do desaparecimento da adolescente Daielly Taissa da Silva Félix de Lima, 15 anos. Ela sumiu da casa do pai, o cabeleireiro Cicero Félix, na terça-feira (12) e não foi mais vista. A foto em questão foi entregue ao pai da adolescente pelo ex-namorado dela. Ele teria conseguido a foto do suposto aliciador através da própria garota que a enviou numa tentativa de provocar ciúmes no rapaz. “A Polícia acredita que a foto seja verdadeira, ou seja, que correspondente à pessoa que manteve contato através do Facebook com a minha filha”, disse Félix. As diligências foram iniciadas a partir do registro do boletim de ocorrência e um suposto parente do suspeito iria ser contatado pela Polícia. Esse parente seria de Tupã. O indivíduo teria idade superior a 40 anos. O telefone celular dela que possuía dois chips não atende nenhuma ligação. Através de uma amiga que manteve contato com Daielly pela última vez, por meio de um número diferente ao que ela possuía a família também não obteve nenhuma resposta. Foi através desse terceiro chip que Daielly mandou uma mensagem de texto para o ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
25/02/2013

Melhor punição a corrupto é o confisco, diz promotor

SERGIO GUZZI Domingo - 24/02/2013 - 14h15 Lançada em 2012, a campanha “Não Aceito Corrupção” ganha novos adeptos a cada dia, inclusive em Araçatuba. Na última semana, seu coordenador nacional, o promotor criminal Roberto Livianu, 44 anos, esteve na cidade para reunião com integrantes do Ministério Público e falou à Folha da Região sobre a proposta, que garante já ter quebrado fronteiras e chegado a outros países. Em síntese, a campanha não tem como objetivo estimular o denuncismo, mas sim   o direito de indignação nas pessoas, para que não tratem a corrupção, prática nociva a qualquer sociedade, como algo comum. Há 25 anos no exercício da profissão, o promotor, além de coordenador da proposta, é hoje o representante de São Paulo na disputa, com outros Estados, a uma vaga no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), criado em 2004 e que possui 15 assentos em sua composição, sendo  a maioria por magistrados e duas vagas  destinadas ao Ministério Público, sendo uma dos Estados e outra do  federal. A CAMPANHA Livianu começou a se aprofundar nos estudos sobre corrupção quando iniciou a elaboração de sua tese de mestrado, entre 1987 e 2004, pela Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo). Os estudos por ele desenvolvidos, sob orientação do jurista e ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
12/02/2013

Morre vítima de dengue hemorrágica em Tupã-SP

Morreu nesta manhã (13), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Francisco a primeira vítima do ano da doença que já registra 18 casos em Tupã. Luis Otávio, 40 anos, estava internado havia duas semanas e não resistiu. Ele já havia contraído dengue no passado. Morador da Vila Formosa, zona Leste, o corpo de Luis Otávio está sendo velado no Memorial Tamoios (Santa Casa). O sepultamento está definido para esta quarta-feira (14), às 10:00 horas, no Cemitério da Saudade.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 5 Comentários Categorias: Cidade
04/02/2013

Uma luz na UTI: bebê tupãense Yuri recebe a solidariedade da região, depois de oito (8) meses internado

Criança aguarda procedimento cirúrgico raro. O drama da família tupãense foi exposto aqui no dia 29 de janeiro, depois de matéria publicada no Jornal Bom Dia Marília, de autoria de Carla Zimermann, sob o título: “Família vive drama a espera da cirurgia; menino está internado há oito (8) meses e não respira sem aparelhos”. O “Jornal da Cidade” da Rádio Cidade FM – 91,5 entrevistou a mãe do bebê Yuri, Regiane José Carvalho e, desde então, uma “luz ascendeu” na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Materno Infantil. A região se solidarizou com a família. Essa corrente aliada à ampla divulgação chamou a atenção de muita gente. A família recebeu ligações de pessoas de mais de 30 cidades querendo auxiliar e, "sensibilizou" até o Estado. Segundo o pai da criança, Odair Carvalho o que parecia impossível acredita-se que exista possibilidade da cirurgia acontecer depois de quase nove (9) meses de internação. Yuri sofre de uma sequela por causa de uma meningite contraída quando ele tinha dois meses e afetou o diafragma. Ele não consegue respirar sem ajuda de aparelhos. O procedimento custa cerca de R$ 540 mil e não é coberto pelos planos de saúde e nem pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Por isso a família de Tupã precisou recorrer à Justiça para ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Cidade
04/02/2013

Diplomas falsos são vendidos livremente online, diz jornal

Diversos sites estão vendendo diplomas falsificados de universidades na internet, em um esquema criminoso que oferece inclusive certificados da área médica. O esquema fraudulento garante certificado de nível superior em cerca de 10 dias, e os negociadores afirmam que há até um suposto reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Um diploma de Enfermagem, por exemplo, custa R$ 6 mil, enquanto um certificado de Pedagogia sai por R$ 4,5 mil. É preciso enviar documentos à faculdade indicada pelo site e pagar 60% do valor como sinal, segundo apurou o jornal. Diplomas originais estariam sendo usados no esquema fraudulento, que pode contar ainda com envolvimento de funcionários das universidades. Procurado pela reportagem, o MEC afirmou que não tem responsabilidade no caso. Fonte: Terra

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Cidade
29/01/2013

Criança aguarda procedimento cirúrgico raro

Família vive drama a espera da cirurgia; menino está internado há 8 meses e não respira sem aparelhos CARLA ZIMERMANN carla@bomdiamarilia.com.br O drama de uma família de Tupã (75 km de Marília), que está vivendo na porta do HMI (Hospital Materno Infantil), já dura oito meses. O filho mais novo do casal, de apenas um ano e um mês, esta internado no hospital desde junho do ano passado e aguarda por uma cirurgia, onde o procedimento é raro. A criança precisa de uma cirurgia para implantar um marca-passo diafragmático. A primeira cirurgia deste tipo feita no Brasil foi no ano passado em um paciente de Minas Gerais, que foi operado em São Paulo. O problema de saúde de Yuri é uma sequela de uma meningite contraída quando ele tinha dois meses e afetou o diafragma. Ele não consegue respirar sem ajuda de aparelhos. O custo total do procedimento custa cerca de R$ 540 mil e não é coberta pelos planos de saúde e nem pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Por isso a família de Tupã precisou recorrer à Justiça para que o pequeno Yuri seja operado. A ação foi proposta no dia 4 de dezembro e dez dias depois os pais tiveram liminar favorável. Mas outra luta se inicia. O Estado entrou com recurso contra ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 1 comentário Categorias: Cidade