ANUNCIE AQUI!
10/07/2019

Pedofilia: Polícia Civil prende em Tupã padre que atuava em Marília

por: Daniela Casale A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (10) uma operação denominada ‘Querubim’ em todo o Deinter-4, que corresponde a 76 municípios da região de Bauru e Marília. Desde o começo da manhã policiais civis estão mobilizados realizando buscas e apreensão de materiais envolvendo exploração sexual infantil na internet. Em Marília dois homens foram presos em flagrante pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) por armazenar e trocar imagens de pornografia infantil. Também foi detido em Tupã um padre, de 42 anos, que foi ordenado no ano passado. Ele era da cidade vizinha mas atuava em Marília. O Marília Notícia apurou que se trata de Denismar Rodrigo André, que atua na paróquia Nossa Senhora de Fátima do Jóquei, zona Sul da cidade. Alguns brinquedos e também material pornográfico, arquivados em um notebook e um pen drive, foram encontrados em duas casas ligadas ao padre. Segundo a polícia ele não levava crianças para a casa, apenas arquivava imagens e vídeos. Ele vai ser autuado em flagrante pelo artigo 241 (adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente) do Estatuto da Criança e do Adolescente. Segundo o delegado Marcos Mourão, chefe do Deinter-4, ao todo na região foram 15 alvos, dos quais 12 ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
14/06/2018

Evandro Gussi abrigou-se nos braços de pivô do escândalo conjugal

A jornalista atualizou seu perfil no Dia dos Namorados, com uma declaração de amor ao deputado federal. A amante foi exonerada do cargo que ocupava no Ministério do Meio Ambiente. A suspeita da família do deputado de que a jornalista Ticiane de Oliveira seria a outra ganhou força após revelação sobre o nome que será dado ao bebê – Tomás A jornalista prudentina, Ticiane Aparecida de Oliveira, foi exonerada do Ministério de Meio Ambiente do governo de Michel Temer (MDB). A demissão aconteceu após a revelação sobre a gravidez. Não há informação oficial sobre o motivo da exoneração, se tem relação com o escândalo, ou se é pelo fato do afastamento de quem a nomeou, no caso, José Sarney Filho, o “Zequinha” (PV- MA). Até o dia 6 de abril, Zequinha foi o Ministro de Meio Ambiente do governo de Michel Temer, e se afastou para concorrer nas eleições de outubro. Para substituí-lo, a Frente Parlamentar da Agropecuária indicou Evandro Herrera Bertone Gussi (PV-SP), mas sua nomeação não aconteceu. Ticiane de Oliveira é a principal suspeita de ser a pivô da separação entre o parlamentar e a farmacêutica Joyce Raquel Ubeda Haddad. A FORMAÇÃO A exemplo da moça, que tem suas origens em Presidente Prudente, Gussi também é da terra, mas radicado em Tupã. Coincidentemente, os dois ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
06/02/2018

“BOLSA FAMÍLIA VERDE”: Patrimônio de Evandro Gussi cresceu mais de 1300%

O patrimônio do deputado federal Evandro Gussi (PV) cresceu vertiginosamente entre 2008 e 2014, quando foi candidato a vereador em Tupã, e eleito deputado federal, respectivamente. Os números foram declarados à Justiça Eleitoral. Parte desse patrimônio veio de dinheiro público, através de cargos ocupados por ele, e sua esposa. O vereador Paulo Henrique Andrade (PPS) fez um gráfico revelando que, o parlamentar e sua mulher acumularam cargos na ALESP - Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, com vencimentos em valores líquido, bruto e com encargos trabalhistas da ordem de R$ 2,1 milhões. No grifo em vermelho verifica-se que no período de 10 meses, ambos chegaram a faturar salários da ordem de R$ 24.980,71. Clique sobre o documento e confira:                                   Quando Evandro Gussi disputou em 2008 uma das cadeiras do Legislativo tupãense declarou possuir cerca de R$ 100 mil em patrimônio. Em 2010, quando disputou a primeira eleição para deputado federal, a declaração importou em pouco mais de R$ 280 mil. Já em 2014, quando foi eleito deputado, sua declaração saltou de R$ 280 mil para R$ 1,5 milhão.  O blog manteve contato através do e-mail - dep.evandrogussi@camara.gov.br, e sua assessoria, mas até o fechamento desta reportagem, às 21 horas, não houve retorno. Eleição  Cargo disputado              Patrimônio (R$) 2008      Vereador (Tupã/SP)       R$ 106.213,58 2010      Deputado Federal (SP)  R$ 283.419,05 2014      Deputado ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia
14/04/2017

MPF vai investigar o uso da Bíblia durante as sessões da Câmara de Tupã

A iniciativa foi de um estudante que questiona favorecimento ao cristianismo. O presidente da Câmara, Valter Moreno Panhossi defende a leitura da Bíblia durante as sessões. O procurador da República em Marília, Diego Fajardo Maranha Leão de Souza, já recebeu as justificativas do presidente da Câmara de Tupã, Valter Moreno Panhossi (DEM), sobre o cumprimento do Regimento Interno do Legislativo que determina a leitura da Bíblia Sagrada durante as sessões camarárias. A partir da manifestação do vereador, o Ministério Público Federal vai instruir os autos sobre a notícia de fato cadastrado em 20 de março de 2017. A manifestação foi realizada na Sala de Atendimento ao Cidadão da Procuradoria da República pelo estudante Ricardo Amado Schell Ribas Silveira Alves, 23 anos. De acordo com o estudante o Regimento Interno da Câmara de Tupã apresenta flagrante inconstitucionalidade no texto. “Como é sabido, o Estado brasileiro é laico, de modo que qualquer forma de favorecimento ou desfavorecimento de determina religião configura afronta à Constituição Federal. No Regimento Interno da Câmara Municipal, porém, é notória a opção do legislador de favorecer as religiões cristãs”, questionou, Alves. Para garantir a laicidade do Estado brasileiro, o estudante solicita à instituição que seja proposta Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a referida norma da Câmara de Tupã que invoca a proteção do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota 0 comentário Categorias: Polícia