ANUNCIE AQUI!
05/02/2019

ENTENDA A REVIRAVOLTA NO CASO “PAMONHEIRO”

O corpo de "Cláudio Pamonheiro" foi localizado carbonizado no interior da camionete

Promotoria pediu anulação do primeiro júri e advogados de “Baiano” conseguiram agora inocentar completamente o cliente. Os jurados entenderam que “Baiano” não foi o autor da prática do crime de homicídio ocorrido em janeiro de 2015, porque as provas dos autos não eram suficientes para tamanha condenação. Agora é definitivo e não cabe mais recurso. Após um período de pouco mais de 4 anos, os advogados tupãenses Luis Gustavo Guimarães Botteon e Marcelo da Silva Gomes Pereira, na última segunda-feira, dia 04 de fevereiro, conseguiram, o que parecia, aos olhos de quem não é especialista em Direito Criminal, praticamente impossível. Com uma brilhante atuação jurídica baseada inicialmente na negativa de autoria, os advogados obtiveram êxito pleno no segundo júri popular e conseguiram inocentar complemente da acusação de homicídio o agricultor e feirante Francismar Luiz de França, o “Baiano”, que estava sendo acusado pela Justiça Pública local, através do Promotor Marcelo Brandão Fontana, pela prática do crime de homicídio qualificado, fato ocorrido em 13 de janeiro de 2015, contra o comerciante e, também feirante, Cláudio Rafael Zaurísio, o “Claudio Pamonheiro”. A sessão do Tribunal do Júri foi instalada por volta das 9 horas da manhã e teve fim às 19h30, oportunidade em que foi proclamada a sentença pelo Juiz Fábio José Vasconcellos, que presidiu ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Justiça
05/02/2019

OAS DELATA IRMÃO DE TOFFOLI – EX-PREFEITO DE MARÍLIA

Foto: Reprodução

‘Foi solicitada vantagem indevida no valor de R$ 1 milhão com a finalidade de comprar a renúncia do então prefeito do município de Marília, Mário Bulgareli (PDT)’, disse Léo Pinheiro em sua delação (…). Léo Pinheiro, presidente da OAS, disse em delação premiada que pagou propina e repassou dinheiro em caixa dois para o irmão de Dias Toffoli, que foi prefeito de Marília, pelo PT. O depoimento, obtido pela Folha de S. Paulo, revela que “o empreiteiro conheceu Ticiano Toffoli em 2001, num jantar, em Brasília, junto com o então presidente do DAEM (Departamento de Água e Esgoto de Marília), Antonio Carlos Guilherme de Souza Vieira, conhecido como Sojinha (…). ‘Foi solicitada vantagem indevida no valor de R$ 1 milhão com a finalidade de comprar a renúncia do então prefeito do município de Marília, Mário Bulgareli (PDT)’, disse Léo Pinheiro em sua delação (…). Segundo a delação, após a substituição no comando do município realizou-se uma licitação direcionada para que a empreiteira baiana vencesse a disputa pela obra (…) Ticiano Dias Toffoli concorreu à reeleição e novamente a OAS teve que desembolsar uma quantia para ajudá-lo, segundo a delação. ‘Desse modo, com a finalidade de manter a gestão de Ticiano e, com isso, a possibilidade de execução da obra vendida, determinei a realização de doação da ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolítica
05/02/2019

Juri absolve “Baiano” acusado da morte de “Cláudio Pamonheiro”

Cláudio-Pamonheiro-1

O Tribunal do Júri absolveu na noite de ontem (4), o feirante Francismar Luis de França, o "Baiano", acusado de crime contra a vida de Cláudio Rafael Zaurísio, o "Cláudio Pamonheiro". O crime ocorreu em 13 de janeiro de 2015. De acordo com os advogados de defesa Gustavo Botteon e Marcelo da Silva Gomes, os jurados negaram a autoria do crime e "Baiano" foi absolvido da acusação por 4 votos a 2. "Baiano" já havia sido condenado a um ano de prisão. Leia também: CASO “PAMONHEIRO”: Justiça acata pedido de liberdade provisória e solta “Baiano” O crime que resultou na morte do também feirante Cláudio, foi considerado à época com requintes de crueldade. O corpo foi localizado carbonizado em sua camionete D-10, placa BNK-5029. Leia também: Homicídio ou latrocínio? Pamonheiro é encontrado carbonizado no interior de camionete Cláudio havia sido visto pela última vez colhendo milho numa propriedade rural, por volta das 20 horas. Ás 20h45, a camionete foi localizada às margens da vicinal que liga Tupã a Arco-Íris, nas proximidades do Aeroporto. O veículo estava carregado com espigas de milho e incendiado. O corpo de Cláudio estava de bruços no assoalho do veículo. Testemunhas que passavam pelo local avisaram o Corpo de Bombeiros. Leia mais: Passional: no velório amigos comentavam sobre autoria e motivação para a morte de Pamonheiro

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolícia
30/01/2019

Lideranças da região despacham pedido para caso de pacientes com câncer serem encaminhados para Jaú e Barretos

Hospital do Câncer de Barretos

Encontro foi em Presidente Prudente com secretário de Estado de Desenvolvimento. A mobilização teve início a partir de matéria divulgada pelo blog denunciando o descaso com aqueles que buscam atendimento especializado.  PRESIDENTE PRUDENTE - No sábado (26), uma reunião entre lideranças da região, o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, Deputado Estadual Mauro Bragato, representantes das Redes Femininas de Combate ao Câncer de Osvaldo Cruz, Dracena e Adamantina discutiram o fato do Estado ter parado de encaminhar os pacientes com câncer da região aos hospitais especializados de Jaú e Barretos, via SUS. As lideranças regionais querem uma mudança na decisão política da Secretaria de Estado da Saúde passar a encaminhar apenas para unidades da própria região de Marília os pacientes de câncer. Agora os doentes são assistidos em Marília, Assis, Ourinhos e Tupã. No final de semana também Hospital Amaral Carvalho de Jaú  disse por meio de nota que não foi notificado pelo Estado sobre a mudança na política de encaminhamento dos pacientes. Já na sexta-feira, o presidente da Amnap, Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista, o prefeito de Parapuã Gilmar Martin Martins, afirmou ao Jornal Impacto de Adamantina que vai acompanhar a movimentação das entidades de voluntários de assistência a pacientes e aos municípios por causa da mudança de atendimento, que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: PolíticaSaúde
24/01/2019

DRS de Marília confirma alteração no atendimento a pacientes com câncer

drs_ix_marilia

A explicação veio após o blog denunciar o caso que mexe com expectativa de vida de muitos pacientes atingidos pela doença. O Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília informa que a regulação dos casos oncológicos na região está ocorrendo por meio da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, do governo do Estado. A finalidade da rede é organizar o atendimento a pacientes com câncer em SP. Para tanto, conta também com uma central de regulação específica para encaminhamento dos casos oncológicos a serviços da referência, conforme a demanda de cada paciente. Na região de Marília, o atendimento aos pacientes oncológicos é ofertado pelo hospital das Clínicas e as Santas Casas de Marília, Tupã e Ourinhos. Além disso, para fortalecer o atendimento na região, no ano passado o governo do Estado firmou convênio e implementou, no regional de Assis, uma “clinicas estendida” de Oncologia da Santa Casa de Ourinhos.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Saúde