ANUNCIE AQUI!
27/09/2017

INELEGIBILIDADE: Decisão do TCE sobre irregularidades pode ser a causa do “pacto de sangue” com pastor

Ribeirão no PP

Se ficar inelegível, Ribeirão pode ser impedido de ocupar a vereança. Por outro lado, se Rudynei renunciar, ele ganha foro privilegiado e pode adiar sua cassação. O primeiro recurso interposto por Ribeirão pode ser julgado nos próximos dias.                     O desespero do suplente de vereador Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP), em reassumir uma cadeira no Legislativo pode ter como causa motivacional a decisão do TCE – Tribunal de Contas do Estado, além do simples interesse do pastor Rudynei Monteiro (PP), em solucionar seus eventuais problemas pessoais. A resposta pode estar na decisão do conselheiro do TCE, Sidney Estanislau Beraldo, publicada dia 20 de setembro do ano passado (foto - documento à direita) culminando com a divulgação do blog sobre o “modus operandi” de um “pacto de sangue”, entre o acusado e o pastor Rudynei Monteiro. O principal objetivo pode ser o de protelar um eventual processo de inelegibilidade que poderá colocar um ponto final na sua carreira política. Com o retorno ao Legislativo, Ribeirão ganha foro privilegiado. É possível, que prevendo decisão desfavorável, já vinha arquitetando uma saída. Na página 23, do processo que analisa as contas do ano de 2013, da Câmara Municipal de Tupã, o conselheiro Beraldo sentenciou “voto pela irregularidade das contas da Câmara”, após constatar dezenas de irregularidades nas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolítica
27/09/2017

PACTO DE SANGUE: Acordo entre Ribeirão e pastor Rudynei prevê renúncia

O início do assédio - começo de outubro. Rudynei precisava tomar posse para garantir Ribeirão como suplente da cadeira

Com a renúncia, Ribeirão torna-se titular da cadeira e não corre risco. Ao pastor Rudynei restará acreditar na promessa pactuada pelo PP.  O acordo que pode levar o suplente Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP), a assumir a cadeira no Legislativo para ocupar o lugar do pastor Rudynei Monteiro (PP) prevê a sua renúncia. Ou seja, a partir do momento em que protocolar na Câmara o documento afirmando que renuncia ao cargo, não terá mais direito ao mesmo. É diferente da previsão estabelecida nos artigos 12 e 13 da LOM – Lei Orgânica Municipal, que tratam da licença por prazo determinado e ou para exercer a função de secretário municipal. Exemplo: o vereador Renan Victor Pontelli (PSB) foi nomeado secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, e assumiu como suplente Valdir de Oliveira Mendes, o “Bagaço” (PSDB). Caso Renan desista de continuar secretário, ele pode retornar ao seu cargo de vereador. Já no caso que envolve o pastor Rudynei, Ribeirão teria exigido a renúncia do titular. Em nenhuma hipótese, Rudynei poderá voltar para exercer o mandato novamente. O mandato passará a ser de Ribeirão e só o perderá em situações previstas na LOM. OFICIALMENTE Oficialmente nenhum dos dois envolvidos se manifestaram. A manifestação oficial partiu do presidente da Câmara, Valter Moreno Panhossi (DEM). Ele afirmou ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
26/09/2017

Chegada de Ribeirão à Câmara pode rachar a oposição

ribeirão vergonha

Os comentários sobre essa possibilidade já são ouvidos nos corredores da Câmara de Tupã. Ribeirão é visto como desagregador e árduo defensor de seus próprios interesses. Enquanto isso, Rudynei Monteiro espera "milagre" para escapar da pressão exercida pelo pepessista, aliada a sua vontade de deixar Tupã.      O anúncio sobre um possível conluio capaz de trazer o ex-parlamentar Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP) para substituir o vereador Rudynei Monteiro (PP), já provoca burburinhos nos corredores do Legislativo tupãense. O descontentamento é geral. Por isso, a bancada da oposição pressiona o pastor. Durante a sessão ordinária da noite desta segunda-feira (25), ele teria sido questionado pelos oposicionistas sobre a possibilidade da renúncia. Rudynei não desmentiu. Preferiu dizer que “espera providências divinas para tomar uma decisão”. Por outro lado, Ribeirão já dá como certo o seu retorno à Câmara. Se não fosse verdade, Rudynei poderia ter desmentido tudo da tribuna, mas optou por calar-se. O que mais preocupa a oposição é o fato que Ribeirão é desagregador, oportunista, ardiloso e defensor ferrenho de seus próprios interesses. É desta forma que impôs o jeito de “auxiliar” o vereador Rudynei Monteiro, a resolver seus eventuais problemas pessoais e ou profissionais – como parlamentar. Já existiria um ensaio por parte de alguns oposicionistas insatisfeitos só com a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
26/09/2017

Prefeitura descumpre ordem judicial e jovem tupãense fica sem remédio

Cenoura corre contra o tempo e a burocracia administrativa

A justificativa é que precisa aguardar processo licitatório. Sem o medicamento, o tratamento de Irving Fernando Voleck Loyola fica prejudicado. A prefeitura de Tupã não atendeu determinação da juíza da 2ª Vara Civil de Tupã, e deixou de comprar o medicamento para iniciar o tratamento do tupãense Irving Fernando Voleck, o “Cenoura”, de 24 anos. Acometido pelo câncer “Linfoma de Hodgkin”, que atingiu seu sistema linfático, em dezembro de 2015, o jovem necessita com urgência do medicamento Brentuximabe Vedotina (50 mg) para o tratamento. No dia 11 deste mês, a Justiça acatou a manifestação do Ministério Público, e concedeu o pedido de tutela de urgência na ação de fornecimento de medicamento, no prazo de cinco dias após a notificação para fornecer o medicamento vedotin. No dia seguinte a prefeitura foi citada da decisão. A Farmácia Municipal foi informada no dia 14. O prazo para a entrega do medicamento venceu no dia 19. De acordo com a Justiça, caso a prefeitura descumprisse a ordem judicial seria multada e responsabilizada. O ofício destaca que, se houver necessidade de prorrogação do prazo judicial concedido, o pedido deverá ser enviado à Procuradoria, dentro do prazo judicial, em ofício datado e assinado contendo as justificativas necessárias e documentos, se for o caso, para postulação em juízo. Diante do descumprimento da ordem ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadePolítica
25/09/2017

Ribeirão se recusa ajudar o governo de Ricardo Raymundo

Ribeirão-na-mesa

O suplente do vereador Rudynei Monteiro pode assumir a cadeira a partir do dia 15 de outubro, mas já fez reunião com o secretário de Finanças e do RH da Câmara. Um indicativo de que já está tudo certo para o suplente Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP) assumir a cadeira na Câmara de Tupã em substituição ao vereador e Pastor Rudynei Monteiro (PP), aconteceu ainda na manhã da última sexta-feira (22). Exatamente uma hora antes de o blog publicar matéria divulgando com exclusividade a trama que envolve o assunto, por volta de 11h30, Ribeirão esteve no legislativo para se reunir com o responsável pelo setor de Finanças da Câmara, Paulo Costa. O funcionário também responde pelo setor de RH - Recursos Humanos. Logo, o assunto tratado tem relação com o seu retorno e a indicação de seu assessor parlamentar. No mesmo horário, o prefeito José Ricardo Raymundo (PV) conversava com alguns integrantes do parlamento sobre os projetos de lei, já protocolados que visam promover a reestruturação administrativa e de cargos. O encontro entre Ricardo e Ribeirão foi rápido, segundo interlocutores, mas o diálogo foi iniciado no sentido de convidá-lo para integrar a base aliada ao governo e juntos trabalharem para o desenvolvimento de tupã. Ribeirão disse não ao prefeito. O não tem uma ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política