ANUNCIE AQUI!
14/11/2017

“REFORMA PROTESTANTE”: Ribeirão desafiou eleitores ao tentar humilhar cidadão

Bruno protesto

A estreia do parlamentar após a renúncia de Rudynei foi comemorada com pizza. Ribeirão aproveitou os “gatos pingados” para crescer contra manifesto.                 A reestreia de Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP) foi polemica durante sessão ordinária da Câmara nesta segunda-feira (13). Mas, acabou em pizza em um dos endereços gastronômicos de Tupã. O parlamentar que já foi acusado de frequentar a alta gastronomia de São Paulo com dinheiro público não se deu por vencido e convidou possíveis aliados para um jantar à pizza, mesmo acuado pela repercussão negativa de seu retorno ao Legislativo. O parlamentar fez discursos indigestos e disparou ataques contra a maioria que não o vê como a salvação da “lavoura” parlamentar. PROTESTANTES A sessão era histórica, após 42 anos da renúncia do advogado Pedro Mudrey Bassan, ocorrida em 1975. O pastor Rudynei Monteiro também renunciava a favor de Ribeirão. Houve até aplausos do plenário quando foi enaltecida a suposta coragem de Rudynei, mesmo ele demonstrando medo para renunciar da tribuna. O público era na sua maioria composto por protestantes da igreja do Evangelho Quadrangular que foi receber uma homenagem do vereador e pastor Eliézer Carvalho (PSDB) pela passagem dos 500 anos da Reforma Protestante. Em meio aos evangélicos, um cristão queria apenas protestar contra o retorno do vereador Ribeirão. Para o protestante, o ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
13/11/2017

FORO ÍNTIMO: Por que Ricardo não pode compor com o lobista Ribeirão

Ribeirão ignora advertência do presidente da Câmara sobre gabinete

Lobista é a pessoa que pratica lobby político, ou seja, manipula as negociações nas instâncias dos poderes da esfera pública para benefício próprio e de seus aliados, ou ainda para prejudicar os adversários. Rudynei alegou "foro íntimo" na carta de renúncia e provocou a ira de eleitores nas redes sociais. Bruno Zamai estava  se sentindo decepcionado. "Ribeirão de volta à Câmara Municipal. O vereador Pastor Rudney Monteiro entregou na manhã de hoje o seu pedido de renúncia ao cargo de vereador. Deve assumir em seu lugar Antonio Alves de Souza – o Ribeirão – que aguarda apenas a decisão da Justiça Eleitoral. Deve ser uma decisão tranquila, pois Ribeirão é o segundo suplente do Partido Progressista, atualmente progressistas." (Antonio de Faveri) "Espero que os eleitores do Pr. Rudney sintam vergonha, pelo menos, de terem votado nele e que se lembrem pelo resto da vida deste seu ato de covardia e descompromisso com a cidade... trará de volta à Câmara o que há de pior no meio político... nenhuma cidade merece ter um ser asqueroso desse encostado no legislativo municipal... sai um vereador péssimo e entra um ainda pior...", desabafou o internauta. O prefeito José Ricardo Raymundo (PV) até tentou, mas não conseguiu viabilizar o apoio de Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP), quando permitiu a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolítica
08/11/2017

Voz do Brasil: O voo e o silêncio de Rudynei

Para Ribeirão, Rudynei "sonha em voar alto"

“Quem tem asas, precisa voar”, diz Ribeirão. Por outro lado, ele pretende "pousar" na Câmara de Tupã.  Em Brasília, sete horas. Foi neste horário, na manhã de hoje (8), que o pastor e vereador Rudynei Monteiro (PP) foi cumprimentado num estabelecimento comercial nas proximidades do Terminal Rodoviário de Tupã. Meia hora mais tarde chegou o ex-vereador Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP). Os dois tomaram um rápido café, e saíram para um único veículo. Destino: São Paulo. Entre um aceno e outro para populares, um interlocutor questionou sobre as reportagens do blog a respeito da possível renúncia. Ribeirão antecipou-se a Rudynei e disse “quem tem asas, precisa voar”, referindo se ao deslocamento que conduzirá o pastor a novos horizontes na capital paulista. Quem assistiu a sessão ordinária da Câmara na segunda-feira, dia 6, percebeu o silêncio do parlamentar Rudynei Monteiro. Mas não é um recolhimento de águia preparando-se para alçar voos mais altos. É um sentimento de melancolia – abatimento mental e físico ao que foi submetido pela fidelidade que jurou ao Ribeirão, durante entrevista à Rádio Tupã. Por mais que Ribeirão tente caracterizar que não tem nada com a decisão que Rudynei está tomando, e que o objetivo do titular da cadeira é crescer profissionalmente, vem a pergunta que não quer calar: ora, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolítica
07/11/2017

Pelo trabalho, motorista vai protestar na porta da prefeitura de Tupã

O motorista Luciano Duque, o "Tatu" foi o pivô da discórdia. Ele foi à Justiça para garantir seus direitos

Luciano Duque diz que uma recomendação judicial está sendo descumprida, e estaria de "castigo" na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. O motorista Luciano Duque vai realizar nesta quarta-feira (8) um protesto na porta da prefeitura de Tupã. O objetivo é chamar a atenção para o eventual descumprimento de uma recomendação judicial para que o mesmo não seja remanejado dentro da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. O fato que originou uma ação que o motorista move contra a prefeitura teve início às vésperas da denúncia que fez ao blog sobre venda de pneus usados – coletados de borracharias. As chamadas carcaças são levadas para um depósito da Secretaria. O próprio secretário Afonso Ponce admitiu a doação de pneus e o suposto recebimento de uma "caixinha para o café dos funcionários". Leia sobre o assunto: Funcionário público denuncia venda de pneus na Secretaria de Meio Ambiente À época, Luciano Duque atuava como encarregado da coleta noturna, mas a confiança foi rompida. A Justiça observou em 26 de setembro, que o funcionário não seja movimentado internamente. Logo, presume-se que deva exercer a função de origem – motorista. “É isso que eu quero. Não quero ficar encostado e humilhado num canto”, reclamou. Por três anos, Luciano Duque foi o encarregado da coleta noturna, mas a partir de agora ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
07/11/2017

AÇÃO REAL: Justiça impede supersalários para políticos tupãenses

Foto: Reprodução Tupacity

Prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores não terão salários reajustados. Uma ação popular impetrada pelo advogado “Pena Castro” provocou a decisão da juíza Danielle Kanawati, mas a Câmara vai recorrer. Os valores dos subsídios dos agentes políticos previstos para este ano eram de: vereadores de R$ 5.010,00 para R$ 6.900,00; presidente da Câmara de R$ 6.295,00 para R$ 8.900,00; secretários de R$ 6.900,00 para R$ 8.250,00; vice-prefeito de R$ 9.900,00 para R$ 11.880,00 e de prefeito de R$ 17.900,00 para R$ 21.480,00. O prefeito Manoel Gaspar (PMDB) sancionou os valores. Para proferir a sentença, a magistrada se utilizou de várias expressões percebidas pelo blog antes, durante e após a fatídica sessão que majorou os subsídios dos políticos tupãenses, no dia 12 de julho de 20116. O BLOG NARRAVA Aos quatro minutos desta terça-feira (12), tudo se consumou. O presidente da Câmara, Valter Moreno Panhossi (DEM), deu o veredito e fez soar a campanhia – sinalizando na calada da noite os novos valores dos subsídios dos políticos tupãenses, que passarão a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2017. Depois de suspender a sessão por duas horas e meia, às 23h30, foi reaberta para determinar nova suspensão por 10 minutos e decretar através de pareceres das Comissões da Câmara a constitucionalidade da decisão. Momentos antes, a bíblia ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política