ANUNCIE AQUI!
10/01/2019

Sepultado advogado e ex-vereador Pedro Mudrey Bassan

Pedro Bas

Aos 75 anos e com vários problemas de saúde, Bassan morreu ontem `(9) em São Paulo. Foi sepultado na manhã desta quarta-feira (10), no Cemitério São Pedro, o advogado Pedro Mudrey Bassan. Com vários problemas de saúde, Bassan estava desde o início do mês internado em um hospital de São Paulo. O corpo do pai do renomado jornalista e repórter da Rede Globo, Pedrinho Bassan, foi trazido para Tupã e velado no Memorial Tamoios. Familiares e amigos acompanhavam nas últimas homenagens ao advogado. Além de advogado, Bassan já foi teólogo, membro da diretoria do Corinthians, colaborador da Rádio Tupã AM e também vereador da Câmara Municipal de Tupã, assumindo a Presidência do Legislativo no ano de 1974. Ele havia sido o único parlamentar a renunciar ao cargo de edil, até a renúncia do pastor Rudynei Monteiro (PP), para dar sua cadeira ao suplente Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão”, do mesmo partido. Leia também: Por que Rudynei Monteiro não foi confrontado pela renúncia  

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Cidade
11/12/2018

Ata de reunião “secreta” confirma a nova mesa diretora da Câmara

2017-10-09-23-04-16

Para contrapor, o Executivo pode abrir mão de Valter Moreno e apoiar Renan Pontelli ou cabo e pastor Osmídio Fonseca Castilho. A cópia de uma ata redigida à mão, confirma um encontro “secreto” entre oito vereadores para decidir a eleição da mesa diretora da Câmara para o biênio 2019/2020. Conforme o blog antecipou no dia de ontem (10), a sessão extraordinária das 20 horas, desta terça-feira, 11, pode eventualmente definir o nome de Eliézer de Carvalho (PSDB) para presidente. Charles dos Passos (PSB) que a princípio, também seria um candidato ficaria como 1º secretário e 2º secretário, Eduardo Akira Edamitsu, “Shiguero” (PSD). Já Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP) voltaria a comandar a TV Câmara. O encontro aconteceu na quinta-feira, dia 6, nas dependências da Cooperativa de Eletrificação Rural de Tupã (CERT). Esteve ausente apenas a vereadora Telma Tulim (PSDB, entretanto, assinou a ata confirmando concordar com o que foi decidido. DOCUMENTO Considerando que o documento assinado tenha validade efetiva com a confirmação dos votos hoje à noite, o candidato da situação à reeleição, Valter Moreno Panhossi (DEM), não teria qualquer chance de mudar o placar. Para contrapor a essa situação, o Executivo teria iniciado conversas no sentido de apoiar um terceiro nome, como por exemplo, o de Renan Pontelli e ou do cabo e pastor Osmídio ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
10/12/2018

Tiago Matias pode se juntar aos denunciantes para derrotar Valter Moreno

2017-10-09-23-22-19

O parlamentar foi afastado por duas vezes da Câmara, após denúncia de Paulo Henrique Andrade e Charles dos Passos, sobre suposto esquema ilícito de taxar salário de ex-assessor. O vereador Tiago Munhoz Matias (PRP) retornou à Câmara de Tupã, na última quinta-feira, dia 6, em atendimento à decisão judicial, oriunda de mandado de segurança obtido junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que por duas vezes o reconduziu às suas funções legislativas. O parlamentar foi afastado por ordem da Justiça local, para evitar eventuais prejuízos à instrução processual que apura crimes de corrupção passiva e improbidade administrativa. Apesar da denúncia ter partido dos vereador Paulo Henrique Andrade (PPS) e Charles dos Passos (PSB), Matias parece ter se aliado aos seus opositores nas eleições da mesa diretora da Câmara que acontecem amanhã, dia 11, às 20 horas, durante sessão extraordinária. Em reunião secreta no fim de semana, Matias aparece em suposta relação de vereadores que pretendem eleger o pastor Eliézer de Carvalho (PSDB) à presidência do Legislativo. Além dele, Paulo Henrique Andrade, Charles dos Passos, Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP), Telma Tulim (PSDB), Augusto Fresneda Torres, “Ninha” (MDB), e Eduardo Akira Edamitsu, “Shiguero” (PSD). Do outro lado ficariam o atual presidente Valter Moreno, Renan Pontelli (PSB), pastor e cabo Osmídio Fonseca Castilho (PSB), Antonio ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
07/12/2018

Às vésperas das eleições, Câmara pode definir futuro de Tiago Matias

Câmara escura

Presidente Valter Moreno diz que a mesa diretora pode determinar a instauração de CPI, mas líderes de bancadas preferem deixar investigação para 2019. Ao ser informado na tarde desta quinta-feira, dia 6, sobre a nova liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo, que determinou o retorno do vereador Tiago Munhoz Matias (PRP), à Câmara de Tupã, o presidente do Legislativo, Valter Moreno Panhossi (DEM), disse que já nesta sexta-feira (7) vai reunir a mesa diretora para definir o futuro do parlamentar. Acusado de corrupção passiva e improbidade administrativa, Tiago Matias poderá ser cassado por quebra de decoro parlamentar. A própria Justiça ao pedir o afastamento do edil determinou que a Câmara instaurasse um procedimento de apuração, mas as eleições previstas para a próxima terça-feira, dia 11, às 20 horas, tem protelado essa definição. Apesar disso, Valter Moreno garantiu que vai reunir os vereadores para saber qual procedimento deverá ser tomado. Se cinco deles optarem por uma investigação imediatamente e ou por iniciativa dos integrantes da mesa diretora será instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). MESA DIRETORA A mesa diretora é composta por Valter Moreno (presidente), Paulo Henrique Andrade (PPS) e pelo pastor e cabo Osmídio Fonseca Castilho (PSB), primeiro e segundo secretários, respectivamente. Valter Moreno demonstrou que poderá seguir a decisão da maioria que desejar ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolítica
03/12/2018

Criminal: Justiça “truca” e derruba Tiago Matias outra vez da cadeira

Fórum de Tupã

O parlamentar foi à Câmara para tomar posse e ficou sabendo sobre outro despacho, agora criminal pedindo mais uma vez o seu afastamento. A defesa do edil impetrou mandado de segurança para cassar a decisão. Durou poucas horas a expectativa de Tiago Munhoz Matias (PRP). Ao retornar ao Legislativo para verificar a possibilidade de ser reempossado ainda hoje, foi notificado de que há outro despacho pedindo seu afastamento. O novo despacho é na área criminal, e ocorreu logo após o blog informar no dia 26, que seus advogados haviam recorrido ao Tribunal de Justiça de São Paulo para reconduzi-lo ao cargo. No dia seguinte, o juiz Fábio José Vasconcelos suspendeu Tiago Matias de forma cautelar do cargo de vereador, “medida que deverá perdurar durante o trâmite processual”, confirmou o magistrado. Os motivos que embasam o novo pedido de afastamento são os mesmos da esfera civil. “Sua manutenção no cargo de vereador ensejará a continuidade da prática de infrações penais e sobretudo influir as testemunhas, no regular andamento do processo”. MANDADO DE SEGURANÇA O advogado de defesa do parlamentar, Victor Anuvale disse à reportagem que pediu que o juiz reconsidere sua decisão, considerando não haver prejuízo à instrução processual. Ao mesmo tempo, já impetrou mandado de segurança ao Tribunal de Justiça para cassar a decisão na ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolítica