ANUNCIE AQUI!
17/02/2015

Carnaval 2015: Ribeirão fez folia com o dinheiro do contribuinte

REIBEIRÃO TUPÃ FOLIA

A Prefeitura divulgou que o Tupã Folia 2014 não teve nenhum patrocinador devido ao curto espaço de tempo para realização da festa: exatamente um ano a partir do Carnaval de 2013. Em contrapartida Ribeirão comandou gastos de mais de R$ 3 milhões em 365 dias. O Tupã Folia 2015 termina na madrugada desta quarta-feira de cinzas (18). Os foliões irão amanhecer de ressaca e com o gosto amargo da bebida de fim de festa. Até 2016, ano eleitoral vamos ver o que vai mudar na estratégia dos organizadores do evento. Se terão tempo para viabilizar patrocinadores e se o vereador Antonio Alves de Sousa, "Ribeirão" (PP) continuará com sua sede de dinheiro e poder ou se prevalecerá a vontade do prefeito Manoel Gaspar (PMDB). Porque de 2013 a 2015, o que se viu foi o mesmo discurso: o Carnaval tupãense vai ter patrocinador. Sem Carnaval Tupã deixa de ser Estância Turística. Tirar um R$ 1 milhão para o Carnaval não significa nada dentro de um orçamento de R$ 130 milhões. Falácia do vereador  Ribeirão. Em 2014, a Secretaria de Turismo comandada pelo parlamentar gastou mais de R$ 1,4 milhão para promover o Tupã Folia. Com dinheiro é fácil fazer e qualquer um pode obter o mesmo desempenho. Mas não foi apenas Ribeirão que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadePolítica
14/02/2015

Tupã: folia de mentiras de dois parlamentares

catracas verdadeiras

As catracas também registraram como é fácil gastar o dinheiro dos foliões. Foi assim em 2013. Um Carnaval memorável para os organizadores, cheio de luz, ação e câmeras. Muito dinheiro e muita gente se autopromovendo pelo suposto feito. Mais de R$ 1 milhão foi torrado em nome de um retorno que o município teria com a superestrutura montada na Avenida Tamoios. O anuncio oficial foi em 26 de janeiro onde o prefeito Manoel Gaspar (PMDB) reuniu todo o seu staff e apresentou à sociedade a pompa da Festa de Momo. A “equipe” havia iniciado os preparativos ainda antes da posse, em 2012. O objetivo era mostrar para os adversários políticos que o atual grupo mesmo apesar da exiguidade de tempo seria capaz de promover o evento maior e melhor em relação aos anos anteriores. A oposição dizia que o Carnaval ia se acabar se Gaspar vencesse a eleição. Não acabou, mas também não prevaleceu a ostentação dos dois primeiros anos.  Mas em 2013, todos os "amigos" (as) queriam aparecer na foto. Até a família. Tinha a mãe e o filho. Tinha a vereadora Telma Tulim (PSDB) recém-chegada da oposição e agasalhada na banda do poder. Ela ficou responsável por comandar a famigerada venda de camarotes e que até hoje a Casa do Garoto ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadePolítica
13/02/2015

Tupã: folia de mentiras de um parlamentar

Equipamentos turisticos

Se Tupã não tivesse Carnaval poderia realizar um "Paschoal", um "Criançando" ou até criar a Cidade da Melhor Idade, assim como em Presidente Prudente já existe a Cidade da Criança. O Tupã: folia de mentiras parlamentares vai enumerar as últimas inverdades contadas no parlamento tupãense a respeito do Carnaval. Por exemplo: "O Carnaval tem que ser realizado porque o município pode ser desclassificado por receber verba do Dade - Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias Turísticas". Mentira. A frase faz a gente subtender que se não houver Carnaval Tupã deixará de ser Estância. Na verdade, os R$ 3,7 milhões liberados para 2015 são para investimentos em infraestrutura e não para eventos específicos. Os recursos devem ser investidos no desenvolvimento do turismo - infraestrutura. Esse dinheiro deve ser utilizado para ampliar o acesso aos pontos turísticos, asfalto, cuidar do esgoto, água e saneamento básico da cidade (saúde), além de construção de praças e outros atrativos para os turistas, chamados de equipamentos turísticos. Incluem também como equipamentos turísticos todos os estabelecimentos administrados pelo setor público ou privados que se dedicam a prestar serviços básicos para o turismo, como meios de hospedagem, meios de transporte, restaurantes e similares, locais de entretenimento, agências de viagens. No portal do governo do Estado de São Paulo, há uma ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
12/02/2015

Liga-bingo: pendências na Receita Federal podem inviabilizar competições da LMTF

Sede da LMTF no "Alonsão"

O “amigo” do jogo chutou a bola em posição irregular e deixou o companheiro na linha de impedimento. Como consequência de um jogo de “mal feitos” a Liga Municipal Tupãense de Futebol (LMTF) fica impossibilitada de obter uma Certidão Negativa. A exigência da Certidão de Débitos Trabalhistas CNDT, serve para a participação de empresas e pessoas físicas em licitações. Sem o documento a Liga ficará sem receber repasses mensais da Prefeitura no valor de R$ 7.900,00. Sem os valores a Liga não consegue viabilizar os campeonatos amadores em 2015 e, nesse caso, sobrará para a Secretaria de Esportes promover as competições. O responsável pela pasta, Ricardo Amado de Freitas Alves acredita que a entidade ainda poderá viabilizar o documento. Se não conseguir a prefeitura vai ter que realizar os campeonatos. ALÔ AMIGOS Os fantasmas do passado voltam a assombrar o futebol amador de Tupã e pesa como mais uma herança na “cruz” da Administração de Manoel Gaspar (PMDB). A herança é fruto dos “amigos” do atual Governo Municipal. São os mesmos que também eram “amigos” do ex-prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB). Hoje, Waldemir admite “que se tivesse ouvido o blog não estaria com tantos problemas na Justiça” e acredita até que o atual prefeito está seguindo o mesmo trajeto que o levou ao calvário. A ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadeEsportePolíciaPolítica