ANUNCIE AQUI!
09/09/2014

Governador exonera ex-prefeito de Osvaldo Cruz do Erplan

Zemanta Related Posts Thumbnail

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) exonerou ex-prefeito de Osvaldo Cruz, Valter Luiz Martins, "Valtinho" (PSDB) do cargo de assistente técnico do Escritório Regional de Planejamento de São Paulo (ERPLAN), sediado em Presidente Prudente. A oposição ao ex-prefeito na cidade de Osvaldo Cruz havia denunciado na Justiça que a nomeação de Valtinho para um cargo do Governo feria a lei da ficha limpa, pela qual ele foi impedido de continuar administrando Osvaldo Cruz e teve os direitos políticos cassados. Valtinho era responsável por ações do Governo do Estado em 54 municípios de toda região Alta Paulista e Sorocabana. Quando assumiu o cargo, Valtinho disse ao Jornal Destaque que “o convite foi do governador, formulado através do Deputado Federal e secretário chefe da Casa Civil, Edson Aparecido, juntamente com o deputado Mauro Bragatto e secretário da Secretaria de Planejamento Regional, ao qual o escritório é ligado, ao deputado Julio Semeghini”. O Escritório Regional é responsável por todos os convênios celebrados entre os municípios e o Estado. Os projetos passam pelos técnicos do ERPLAN que avaliam  se está tudo certo e a Casa Civil marca a data de celebração do convenio com o governador. O papel do escritório é importante no sentido de agilizar a celebração dos convênios. É de responsabilidade do escritório também o acompanhamento da prestação de contas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
07/09/2014

Donos de farmácias reclamam de calote da Prefeitura de Tupã

Rosangela de Souza Urel Gaspar

Somente para 5 estabelecimentos a dívida pode chegar a R$ 800 mil. A Secretaria de Saúde promete pagar a dívida a "conta-gotas". Os donos de estabelecimentos farmacêuticos de Tupã estão reclamando de um calote que chegar próximo de R$ 800 mil em remédios. A dívida veio numa crescente que inviabilizou o pagamento por parte do poder público e, sobretudo, da continuidade de fornecimento de medicamentos para a Secretaria da Saúde ou da Promoção Social, onde os pedidos chegam. Esses medicamentos são de auto custo e quando solicitados chegam através de pedido judicial. Ou seja, a Prefeitura é obrigada a adquiri-los em cumprimento de ordem judicial. A divida tem inviabilizado o comércio desses estabelecimentos e a Prefeitura só tem conseguido comprá-los com pagamento à vista ou adquirindo os produtos naqueles locais nos quais ainda não contraiu dívida. Com um rombo de R$ 12 milhões nos cofres públicos, inicialmente questionado pelo secretário de Finanças, Walter Bonaldo Filho alegando que chegava há apenas R$ 5 milhões - hoje passados alguns meses, a própria Administração admite que o débito atinja o montante de R$ 9 milhões. Além disso, teve dinheiro R$ 1,7 milhão do Fundo de Participação do Município (FPM) sequestrado para pagamento de precatórios (dívidas judiciais). Sem dinheiro e tocando as 33 obras abandonadas da Administração Waldemir ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadePolítica
03/09/2014

Ex-diretor da Camap assumiu Secretaria de Administração em Tupã sem publicidade

Antonio Carlos Ribeiro ex-diretor da Cooperativa Agrícola e Mista da Alta Paulista (Camap) na época em que era presidida pelo ex-prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB) assumiu a Secretaria de Administração no Governo de Manoel Gaspar (PMDB). O blog havia antecipado o fato em 30 de julho, quando Maria Elisa Gaspar foi exonerada da pasta. A filha do prefeito já havia passado também pela Secretaria de Governo, hoje dirigida por Dorival Jerônimo Coquemala. O administrador Antonio Carlos Ribeiro teria assumido na segunda-feira (1) a Secretaria de Administração no Governo de Manoel Gaspar (PMDB), como havia antecipado em 30 de julho o Jornal da Cidade. Nestes dois meses, Ribeiro que estava residindo em Presidente Prudente teria voltado para Tupã para assumir a pasta. Ele ocupa o lugar deixado pela filha do prefeito, Maria Elisa Gaspar que foi exonerada do cargo depois de passar também pela Secretaria de Governo. Antonio Carlos Ribeiro foi diretor da Camap – Cooperativa Agrícola e Mista da Alta Paulista quando foi presidida pelo ex-prefeito Waldemir Gonçalves Lopes (PSDB). Assim como Walter Bonaldo Filho (Finanças), Ribeiro assume sem nenhuma publicidade. Informações extraoficiais dão conta que Ribeiro teria assumido a pasta na segunda-feira (1), mas nesta manhã, ele ainda esteve reunido com o vice-prefeito Thiago Santos (PT) para possivelmente acertar os últimos detalhes. A Secretaria de Administração estava ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
02/09/2014

Mães da APAE: Câmara deve criar Comissão para fazer auditoria na entidade

Em crise financeira a APAE encontra dificuldades para pagar os 105 funcionários e prestação de serviços aos alunos fica prejudicada. A Câmara de Tupã deve criar uma Comissão de parlamentares e mães da APAE para discutir a crise financeira que assola a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. Se no mês passado foi difícil fechar a folha de pagamento, a situação complicou de vez em setembro. A iniciativa de fazer uma espécie de auditoria nas contas da APAE surgiu a partir da sessão da Câmara desta segunda-feira (1). O grupo de mães e funcionários que já procurou a imprensa para pedir mais ajuda para a entidade fez uso da tribuna e houve questionamento dos vereadores: “para começar ajudar é preciso saber o que está acontecendo com as contas da APAE”, questionou o presidente da Casa, Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão”. Outro fato que causou estranheza dos edis é que no plenário não havia nenhum integrante da diretoria e deixou transparecer que mães e funcionários estivessem sendo usados como “massa de manobra”, observou outro vereador que preferiu se omitir.  A crise financeira da APAE ganhou repercussão após matéria do blog sob o título “APAE de Tupã enfrenta crise e corre risco de cortar serviços aos deficientes”, publicada no dia 25 de agosto. Desde ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadePolítica
31/08/2014

Tribunal rejeita parte das contas do ex-prefeito de Arco-Íris

jose_luiz

Agora as contas apontadas como irregulares devem ser encaminhadas ao Ministério Público para apurar os fatos. Seguindo recomendação do Tribunal sobre ressalvas em eventuais atos de improbidade administrativa, a Câmara deve levar apenas em consideração que a ex-Administração cumpriu aquilo que a Constituição Federal determina. Houve a devida aplicação de recursos maior que o exigido pela legislação. Baseada na renda liquida do município, a Administração de José Luiz da Silva (PTB) aplicou mais que 25% e mais que 15% nas áreas da Educação e Saúde, respectivamente. Já os apontamentos sobre eventuais irregularidades vão desde a contratação de empresa que não poderia prestar serviços ao poder público à assessoria terceirizada de empresa sob suspeita - Cestrein. A Cestrein é de empresários de Tupã, mas a empresa aparece com endereço em Herculândia. Ela é investigada pelo Ministério Público Federal por praticar a mesma irregularidade em várias prefeituras do Brasil.  Leia Também:  MPF investiga empresa de Tupã como responsável por irregularidades previdenciárias

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política