ANUNCIE AQUI!
05/02/2019

Juri absolve “Baiano” acusado da morte de “Cláudio Pamonheiro”

Cláudio-Pamonheiro-1

O Tribunal do Júri absolveu na noite de ontem (4), o feirante Francismar Luis de França, o "Baiano", acusado de crime contra a vida de Cláudio Rafael Zaurísio, o "Cláudio Pamonheiro". O crime ocorreu em 13 de janeiro de 2015. De acordo com os advogados de defesa Gustavo Botteon e Marcelo da Silva Gomes, os jurados negaram a autoria do crime e "Baiano" foi absolvido da acusação por 4 votos a 2. "Baiano" já havia sido condenado a um ano de prisão. Leia também: CASO “PAMONHEIRO”: Justiça acata pedido de liberdade provisória e solta “Baiano” O crime que resultou na morte do também feirante Cláudio, foi considerado à época com requintes de crueldade. O corpo foi localizado carbonizado em sua camionete D-10, placa BNK-5029. Leia também: Homicídio ou latrocínio? Pamonheiro é encontrado carbonizado no interior de camionete Cláudio havia sido visto pela última vez colhendo milho numa propriedade rural, por volta das 20 horas. Ás 20h45, a camionete foi localizada às margens da vicinal que liga Tupã a Arco-Íris, nas proximidades do Aeroporto. O veículo estava carregado com espigas de milho e incendiado. O corpo de Cláudio estava de bruços no assoalho do veículo. Testemunhas que passavam pelo local avisaram o Corpo de Bombeiros. Leia mais: Passional: no velório amigos comentavam sobre autoria e motivação para a morte de Pamonheiro

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolícia
30/01/2019

Lideranças da região despacham pedido para caso de pacientes com câncer serem encaminhados para Jaú e Barretos

Hospital do Câncer de Barretos

Encontro foi em Presidente Prudente com secretário de Estado de Desenvolvimento. A mobilização teve início a partir de matéria divulgada pelo blog denunciando o descaso com aqueles que buscam atendimento especializado.  PRESIDENTE PRUDENTE - No sábado (26), uma reunião entre lideranças da região, o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, Deputado Estadual Mauro Bragato, representantes das Redes Femininas de Combate ao Câncer de Osvaldo Cruz, Dracena e Adamantina discutiram o fato do Estado ter parado de encaminhar os pacientes com câncer da região aos hospitais especializados de Jaú e Barretos, via SUS. As lideranças regionais querem uma mudança na decisão política da Secretaria de Estado da Saúde passar a encaminhar apenas para unidades da própria região de Marília os pacientes de câncer. Agora os doentes são assistidos em Marília, Assis, Ourinhos e Tupã. No final de semana também Hospital Amaral Carvalho de Jaú  disse por meio de nota que não foi notificado pelo Estado sobre a mudança na política de encaminhamento dos pacientes. Já na sexta-feira, o presidente da Amnap, Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista, o prefeito de Parapuã Gilmar Martin Martins, afirmou ao Jornal Impacto de Adamantina que vai acompanhar a movimentação das entidades de voluntários de assistência a pacientes e aos municípios por causa da mudança de atendimento, que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: PolíticaSaúde
24/01/2019

DRS de Marília confirma alteração no atendimento a pacientes com câncer

drs_ix_marilia

A explicação veio após o blog denunciar o caso que mexe com expectativa de vida de muitos pacientes atingidos pela doença. O Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília informa que a regulação dos casos oncológicos na região está ocorrendo por meio da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, do governo do Estado. A finalidade da rede é organizar o atendimento a pacientes com câncer em SP. Para tanto, conta também com uma central de regulação específica para encaminhamento dos casos oncológicos a serviços da referência, conforme a demanda de cada paciente. Na região de Marília, o atendimento aos pacientes oncológicos é ofertado pelo hospital das Clínicas e as Santas Casas de Marília, Tupã e Ourinhos. Além disso, para fortalecer o atendimento na região, no ano passado o governo do Estado firmou convênio e implementou, no regional de Assis, uma “clinicas estendida” de Oncologia da Santa Casa de Ourinhos.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Saúde
24/01/2019

Câncer: hospital Amaral Carvalho desconhece determinação

Amaral Carvalho

A assessoria de imprensa da unidade hospitalar enviou ao blog uma nota, esclarecendo desconhecer o teor da informações reveladas ontem (23), sobre eventual transferência de pacientes para o hospital de Clínicas de Marília e Oncologia de Tupã, por determinação da Secretaria estadual de Saúde.  Até o momento, o Hospital Amaral Carvalho de Jaú não recebeu nenhuma comunicação de possíveis mudanças no encaminhamento e/ou atendimento de pacientes dos municípios integrantes da DSR-IV de Marília. E reitera seu compromisso para o aprimoramento contínuo do Sistema Único de Saúde, como vem fazendo há décadas. O Hospital Amaral Carvalho coloca-se, como sempre, à disposição para atender toda a população na prevenção, detecção e tratamento do câncer, área na qual é reconhecidamente referência nacional. Hospital Amaral Carvalho :- Ariane Urbanetto Andrioli A PROVA Coincidência ou não, a reportagem teve a confirmação do fato, a partir do agendamento de uma consulta médica com pedido verbal de urgência e encaminhamento para o hospital Amaral Carvalho de Jaú. Todo o procedimento foi elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde de Tupã. A família da paciente foi informada pelo AME -Ambulatório Médico de Especialidades, sobre o dia e horário da consulta redirecionada para o hospital de Clínicas de Marília. Veja no documento timbrado da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, que o solicitante do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Saúde
23/01/2019

Pacientes com câncer agora serão atendidos no hospital de Clínicas de Marília

DCIM100MEDIA

Hospitais referências no tratamento da doença, como o Amaral Carvalho de Jaú, e o de Câncer de Barretos, não atenderão pessoas da região. Uma mobilização começa ser iniciada por voluntários de entidades que atendem pessoas vítimas de câncer. O objetivo é esclarecer e cobrar de autoridades políticas uma ação conjunta para beneficiar esses pacientes que buscam tratamento especializado para amenizar os impactos causados pela doença. Agora, por determinação da Secretaria Estadual de Saúde, os pacientes da região de Marília, que precisam de tratamento oncológico: Tupã, Iacri, Bastos, Rinópolis, Parapuã, Quintana, Herculândia, entre outras, não realizam mais o tratamento em Jaú, no Hospital Amaral Carvalho. Os pacientes estão sendo encaminhados para Marília e Tupã. Para a presidente das Ativistas Iacrienses de Combate ao Câncer – AICC, Leni Gastalli, o temor não é em relação ao atendimento dos centros de Marília e Tupã, mas pelo fato de que se trata de um direito de os pacientes terem um atendimento especializado. “Sem desmerecer os centros de atendimento dessas duas cidades, mas hoje, o Amaral Carvalho e o hospital do Câncer de Barretos são referências mundial no tratamento contra a enfermidade. Você não pode transferir os doentes para Jaú ou Barretos apenas quando estiverem graves”, enfatizou. Outras pessoas ligadas à área da saúde e, por isso, preferem não ser ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadeSaúde