ANUNCIE AQUI!
24/02/2018

Político promete renunciar cargo após engravidar assessora

Barnaby Joyce falando em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira - STRINGER / REUTERS

Vice-premier australiano renuncia após caso extraconjugal com colega Barnaby Joyce teve relacionamento com ex-assessora de imprensa, que engravidou CAMBERRA — O vice-premier da Austrália, Barnaby Joyce, anunciou nesta sexta-feira que renunciará ao cargo após o escândalo causado por um romance extraconjugal com uma colega de trabalho, que engravidou. Joyce, de 50 anos, estava sob pressão desde a revelação, há duas semanas, de sua relação com a assistente Vikki Campion, quase 20 anos mais nova que ele, e que agora espera um filho. — Vou renunciar na manhã de segunda-feira, durante a reunião do partido, ao cargo de líder do Partido Nacional e de vice-premier da Austrália — declarou em entrevista coletiva. Ele também é acusado de ter burlados as regras do governo ao nomeá-la para um gabinete ministerial. Barnaby Joyce reconheceu a relação extraconjugal com Campion, sua ex-assessora de imprensa de 33 anos. O escândalo também provocou a separação de Joyce da esposa após 24 anos de casamento. O Partido Nacional é um dos aliados na coalizão de centro-direita que forma o governo do primeiro-ministro Malcolm Turnbull. O vice-primeiro-ministro, permanecerá no parlamento, garantindo a pequena maioria do governo, com apenas um assento a mais que a oposição. A decisão de Joyce veio após um estranhamento com Turnbull, que está nos EUA em encontro com o presidente ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
21/02/2018

Advogado fica pelado na porta do Fórum por causa de revista com detector de metal

detector-de-metal-seguranca

A OAB de Tupã não tem competência para questionar portaria do TJSP. Normas foram criadas após incidentes que vitimaram juízes. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ratificou a decisão.  O advogado Paulo Brito já esbravejou na portaria do Fórum de Tupã, e tirou até as roupas durante a “exigente” revista a que teria sido submetido. O fato aconteceu há quinze dias, mas ainda hoje o clima entre o profissional e os seguranças na recepção do Fórum é de apreensão. Após 28 anos de atuação como advogado, ele garante que não vai se submeter ao que considera "vexame". O advogado é contrário ao fato de que a revista rigorosa é apenas para alguns e não para todos – constrangendo advogados e advogadas. "Eu passei pela revista e ao detector de metais que não apitou, e mesmo assim os seguranças insistiram na revista para verificação de algum metal". Inconformado com o fato tirou as roupas e ficou apenas de cueca na recepção do prédio do Fórum em protesto contra o excesso de rigor. “Eu fiquei de sunga, e não vou obedecer essa determinação injusta. Esse tratamento é discrepante”, acrescentou. Em entrevista ao blog na manhã desta quarta-feira (21), o advogado disse que a medida vem sendo adotada em relação a ele por mero capricho dos seguranças, e em ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Justiça
21/02/2018

“CASO FRIGO ESTRELA”: Tribunal do júri reduziu pena de acusado de homicídio

Martelo Tribunal

Fabrício Hernandes de Araújo poderia responder de 12 a 30 anos, mas tese de defesa a fez diminuir para apenas 5 anos de reclusão em regime semiaberto. O acusado vai recorrer em liberdade. O resultado da sentença do julgamento destacou a “provocação injusta da vítima Antônio Carlos Costa Silva”. As provas nos autos apontavam para provocações constantes que culminaram com o homicídio na manhã do dia 23 de julho de 2016. Naquele mesmo dia, o blog havia apurado e manchetado “Bullying e ameaça terminaram em homicídio no Frigo Estrela”. Foi exatamente esta a tese de defesa dos criminalistas Ademar Pinheiro Sanches, Viviane Macedo e Lais Macorin. “Foi feita a prova de violenta emoção, que reduz também a pena. Portanto, excluímos as qualificadoras e provamos que Fabrício praticou o crime tomado por violenta emoção”, disse Pinheiro. O Tribunal do Júri entendeu a tese de violenta emoção e as qualificadoras foram excluídas, entendendo que o acusado foi autor de homicídio simples privilegiado. “Já havia um desentendimento entre Fabrício e Antônio Carlos, onde um ameaçava o outro, além do que não ficou provado de que a vítima foi surpreendida durante o ataque por que momentos antes de o fato acontecer, já havia ocorrido discussão entre ambos”, destacou o advogado. São justamente as qualificadoras que poderiam levar o réu a ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolícia
13/02/2018

Instabilidade: Vereador vai representar Evandro Gussi ao Ministério Público

Outdoor instalado na saída de Tupã cobra de Gussi voto contra a reforma da previdência

O parlamentar federal vive inferno astral após evitar por duas vezes que o presidente Temer fosse investigado por corrupção. “Justamente por isso quero, de minha parte, continuar a oferecer o que tenho: um imenso amor pelo Brasil, por sua história e por seu povo”, disse Gussi em resposta as denúncias.                         Se os votos favoráveis ao presidente Michel Temer (PMDB) foram em nome de uma suposta estabilidade econômica e política do país, quem parece se sentir numa carruagem com vidraças laterais, é o próprio deputado federal Evandro Herrera Bertone Gussi (PV). Gussi está literalmente na berlinda e sofre ataques a partir de seu núcleo de oração e eleitoral, mas está longe de ser o bobo da corte ou o bode expiatório. Às vésperas das eleições, uma avalanche de denúncias a partir de suas próprias ações tem desestabilizado a “estrutura familiar” do nobre representante da Alta Paulista. Ao lado de seu criador – deputado estadual Reinaldo de Souza Alguz (PV), Gussi é apontado como integrante de uma “conexão verde” engendrada para abastecer um possível esquema de “caixa de campanha, a partir dos cofres públicos”, acusa o vereador tupãense Paulo Henrique Andrade (PPS). É sustentando essa tese que o edil confirmou domingo (11) que deverá fazer nesta quarta-feira, dia 14, uma representação ao Ministério Público Estadual ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolítica
09/02/2018

CAIXA DE CAMPANHA: Sobre a resposta do Evandro Gussi

PAULO HENRIQUE

Sobre a resposta de Evandro Gussi, o vereador Paulo Henrique Andrade (PPS), ratificou seu raciocínio ao afirmar que "na política, mentirosos e falsos profetas usurpam do poder público para fazer caixa de campanha". Segundo Paulo Henrique Andrade, o nobre deputado afirma que “Pessoas sem cautela e desprovidas de zelo com a verdade passaram a insinuar que haveria alguma ofensa ética no fato de, por um determinado período De fato, as contratações foram públicas e seguiram rigorosamente a lei. Obviamente, ambos cumpriram o que lhes fora proposto para a função”. "Ora nobre deputado, o mais engraçado de tudo, é que você sempre pregou que não gastava dinheiro em suas campanhas, que faria uma política nova e diferente. Olhando os dados, a esposa do deputado foi assessora nos períodos em que o deputado, que na época também era assessor, se ausentava para fazer campanha. Ou seja, para não perder o salário, nomeava sua mulher para lhe substituir. Isso está cheio na política, mentirosos e falsos profetas, que usurpam do poder público para fazer caixa de campanha. Onde está a moralidade? Será que se não fosse esposa dele, outra pessoa com formação em farmácia, seria contratada? Isso nos mostra o quão moral são os deputados Evandro e Reinaldo. Aqui na prefeitura não está diferente". A RESPOSTA Fonte: Ocnet TUPÃ ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política