ANUNCIE AQUI!
23/01/2018

ACORDO MPT: Granjeiros de Bastos recuam no terrorismo contra trabalhadores

granja031

Admitiram a trama e assinaram TAC no Ministério Público do Trabalho. Tentar esvaziar Sindicato vai gerar multa diária. O terrorismo psicológico que quatro grandes granjeiros de Bastos vinham praticando contra os trabalhadores rurais, na tentativa de esvaziar o Sindicato da categoria pode ter chegado ao fim, após acordo assinado entre as partes e o Ministério Público do Trabalho no final de dezembro. O TAC – Termo de Ajuste de Conduta foi proposto após forte reação do Sindicato dos Empregados Rurais de Bastos contra um grupo de granjeiros que vinham promovendo campanha, e praticando possível assédio moral contra trabalhadores, forçando-os a desfiliação sindical. Todo o entrevero se deu após várias denúncias de irregularidades trabalhistas praticadas pelos patrões, segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Para enfraquecer as ações do Sindicato, os granjeiros Osamu Yabuta, Cassio Minoru Yorozuya, Lauro Haruki Morishita e Paulo Yoshinobu Ueyama passaram a orquestrar pressão junto aos seus empregados para que abandonassem a entidade sindical. Além disso, atribuíam responsabilidade ao Sindicato pela contratação de profissionais de cidades vizinhas, a transferência de granjas para outras regiões e estados – e até pelo suposto fracasso do comércio de Bastos. O objetivo era induzir a população bastense a acreditar “que tudo de ruim que estava acontecendo com o setor, era de responsabilidade do Sindicato, quando na verdade estávamos ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaTrabalho
21/01/2018

SURTO: Depressão e crise financeira provocam tragédia na região

Local onde Ademir foi alvejado depois de investir contra os policiais.

Homem é morto após assassinar os pais e ferir a esposa a facadas em Araçatuba. Crime ocorreu na manhã deste domingo Por Thiago Augusto O empresário Ademir Magalhães Rondina, dono de uma loja de tintas na cidade de Jales, assassinou com golpes de faca, seus pais, na manhã deste domingo na Rua Chile, bairro Icaraí, em Araçatuba.A PM foi acionada para o local, onde segundo informações, estaria ocorrendo um roubo a residência. Ao chegar no local, os policiais encontraram o casal morto com várias perfurações pelo corpo e a esposa do acusado ferida na mão direita e no abdômen do lado esquerdo. Ademir, ao ver a viatura, fugiu do local correndo e foi seguido pelos policiais. Em uma residência na Rua Argentina, Ademir foi cercado no quintal da casa, que não tem muro nem grades. Descontrolado, o acusado tentou agredir os militares com pedras e tijolos. Uma dessas pedras chegou a acertar e quebrar o vidro de uma das viaturas da PM. Os policiais tentaram dialogar com Ademir, porém ele se negava a conversar. Ele partiu para cima dos PMs, sendo necessário efetuar um disparo de arma de fogo para contê-lo. Depois de alvejado, ele foi socorrido rapidamente para a Santa Casa de Araçatuba, mas não resistiu aos ferimentos e deu entrada no setor ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Polícia
20/01/2018

TIROTEIO:Maranhense pretendia matar vizinha por ela ser viúva

Iacri morto

Durante a ocorrência em Iacri, o acusado esfaqueou um PM e foi morto com cinco tiros. O corpo do maranhense Francisnaldo de Araújo Lima, 29 anos, está no IML – Instituo Médico Legal de Tupã e o subtenente Éder internado na Santa Casa de Misericórdia sob cuidados médicos após receber pelo menos duas facadas. Há informação de que também teria sido alvejado no rosto, mas não houve confirmação por parte da PM. Ele não corre risco de morte. Já o indiciado que resistia a abordagem policial teria recebido cerca de cinco tiros, dos quais, uns três disparados pelo próprio policial que negociava a rendição do maranhense. Mesmo tendo sido desarmado, o sujeito teria empunhado uma segunda faca que havia escondido e golpeou o policial. ANABOLIZANTE Segundo moradores de Iacri, Francisnaldo mudou-se para o município para trabalhar na zona rural. Morava vizinho de uma senhora que recentemente perdeu o marido vitimado pelo câncer. Demonstrando perturbação de ordem mental, Francisnaldo também faria uso de anabolizantes para cavalo. Neste sábado (20), logo pela manhã, o acusado foi importunar a vizinha fazendo-lhe ameaças de morte. De acordo com testemunhas, Francisnaldo dizia para a viúva “que não existia razão para ela continuar viva após a morte do marido”. Assustada, a dona de casa chamou familiares que acionaram a polícia. Como o sujeito estava ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Polícia
19/01/2018

Inconstitucional: Câmara de Osvaldo Cruz legisla em causa própria e aprova reposição de 2,95%

Foto: Cristiano Nascimento/Metrópole FM/Cedida

A exemplo dos legisladores tupãenses, condenados por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito, Câmara de Osvaldo Cruz pode incorrer no mesmo erro. Matéria de Pedro Afonso do portal Ocnet revela que apenas o reajuste dos servidores da Câmara, foi adiado. OSVALDO CRUZ - A Câmara de Osvaldo Cruz aprovou na tarde de ontem, 18, a reposição de 2,95% nos vencimentos dos vereadores. A compensação, que tem como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi aprovada por todos os vereadores presente na sessão extraordinária. Ausentes, somente, os vereadores Airton de Souza (PSDB) e Lucas Canola Hirano (PSDB). Também na sessão extraordinária desta, a Câmara aprovou um reajuste de 1,81% para os servidores municipais que se enquadram nas categorias A e B. O aumento também é válido os inativos e pensionistas das respectivas categorias. Outro reajuste aprovado foi no vale-alimentação. Todos os servidores municipais, independente da categoria, passam a receber, a partir de agora, R$ 200 de vale-alimentação. A única votação não realizada foi o reajuste dos vencimentos dos funcionários da Câmara. Inicialmente proposto em 5%, o reajuste apresentado na sessão foi de 3%. Com isso, o assunto será votado em outra data. Leia também: ENRIQUECIMENTO ILÍCITO: vereadores de Tupã poderão perder os direitos políticos

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: PolíticaRegional
18/01/2018

CASSAÇÃO pode determinar nova reviravolta na Câmara de Tupã

DSC03223

Danilo Aguillar, Luis Alves e Sandra "Enfermeira" ficam na expectativa de uma eventual cassação de Valter Moreno, Ribeirão e Ninha Fresneda.                 A condenação de três atuais parlamentares do Legislativo tupãense poderá determinar uma nova reviravolta na política local, após a dança de cadeiras promovida pela administração de José Ricardo Raymundo (PV). Os suplentes Luis Alves de Souza (PC do B), Sandra Mara Meira Cabrera, a “Sandra Enfermeira” (PP) e Danilo Aguillar Filho (PMDB) ficam na expectativa de uma possível perda dos direitos políticos do presidente da Câmara - Valter Moreno Panhossi (DEM), Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP) e Augusto “Ninha” Fresneda Torres (PMDB), respectivamente. Luis Alves obteve 613 votos, Danilo 561 e Sandra “Enfermeira” 452 votos no pleito de 2016. Os dois primeiros tentaram a reeleição e não conseguiram sucesso. Dos três condenados, apenas Ribeirão não foi reeleito e só retornou à Câmara em novembro, graças ao acerto de renúncia do pastor Rudynei Monteiro (PP). Ele assumiu um cargo na direção do Partido Progressista em São Paulo. Segundo consta, o contrato é de apenas 30 meses. Uma reviravolta como essa só ocorreu a partir de agosto de 2017, quando a atual administração resolveu abrir o governo para recompor sua base aliada e facilitar a governança. Rena Victor Pontelli (PSB) deixou a Câmara e assumiu ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolítica