ANUNCIE AQUI!
10/07/2019

Pedofilia: Polícia Civil prende em Tupã padre que atuava em Marília

Padre 2

por: Daniela Casale A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (10) uma operação denominada ‘Querubim’ em todo o Deinter-4, que corresponde a 76 municípios da região de Bauru e Marília. Desde o começo da manhã policiais civis estão mobilizados realizando buscas e apreensão de materiais envolvendo exploração sexual infantil na internet. Em Marília dois homens foram presos em flagrante pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) por armazenar e trocar imagens de pornografia infantil. Também foi detido em Tupã um padre, de 42 anos, que foi ordenado no ano passado. Ele era da cidade vizinha mas atuava em Marília. O Marília Notícia apurou que se trata de Denismar Rodrigo André, que atua na paróquia Nossa Senhora de Fátima do Jóquei, zona Sul da cidade. Alguns brinquedos e também material pornográfico, arquivados em um notebook e um pen drive, foram encontrados em duas casas ligadas ao padre. Segundo a polícia ele não levava crianças para a casa, apenas arquivava imagens e vídeos. Ele vai ser autuado em flagrante pelo artigo 241 (adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente) do Estatuto da Criança e do Adolescente. Segundo o delegado Marcos Mourão, chefe do Deinter-4, ao todo na região foram 15 alvos, dos quais 12 ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: PolíciaReligião
10/07/2019

Eleições 2020: Ribeirão agora quer trazer “pastor” Rudynei para Tupã

Como "Rudy", nova silhueta - Foto: Facebook

Pensando no oitavo mandato consecutivo, Ribeirão quer o ex-vereador como cabo eleitoral. Depois de liderar o movimento para cassar o ex-prefeito Ricardo Raymundo (PV), o vereador Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão” (PP) começa “pavimentar” um caminho de volta para o ex-vereador “pastor” Rudynei Monteiro (PP). Para tratar sobre o assunto, Ribeirão esteve na semana passada na capital paulista, oito meses depois de sua tumultuada posse para cumprir seu sétimo mandato, após Rudynei renunciar ao cargo e abrir espaço para seu suplente de coligação. A possibilidade de Rudynei retornar a Tupã tem estreita relação com o momento político atual e com o fim da coligação partidária, a partir das eleições de 2020, quando serão eleitos os mais votados. A coligação permitia que uma pessoa eleita com muitos votos elegesse outros candidatos do seu partido ou coligação com menos votos. Agora, Ribeirão o quer apenas como cabo eleitoral de luxo. Para isso, ele pode até usar a estrutura pública ou ajeitar um emprego partidário regional para seu pupilo. À época da proposta de renúncia Ribeirão garantiu que o pastor iria viabilizar muito recurso para Tupã assumindo um cargo no escritório político do PP, mas isso nunca aconteceu. O blog também divulgou que o ex-parlamentar esteve ocupando cargo na Secretaria de Meio Ambiente do Estado. Leia também: Partido nomeou Pastor Rudynei ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
01/07/2019

5,75%: Quem vai se curvar para evitar uma greve?

51863810_317610278866364_1729423591675527168_n

Essa será a primeira prova de fogo de Caio Aoqui, após 30 dias de governo. A expectativa é de negociação entre Prefeitura e Sindicato. A Câmara sentiu a pressão e apoiou as reivindicações dos funcionários públicos municipais   Uma semana após a sessão da Câmara que levou um grande número de funcionários públicos municipais para o plenário, o prefeito Caio Aoqui (PSD) prometeu se reunir com a categoria entre hoje (1) e amanhã para rediscutir o índice de reajuste salarial ofertado à categoria de apenas 3,70%. Durante discurso na sessão de segunda-feira, dia 24, o presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais, Marcos Antônio Barbosa, “Borracha”, defendeu no mínimo a proposta de 5,75% apresentada pelo prefeito cassado Ricardo Raymundo (PV). Sem o acordo, a categoria acena com a possibilidade de greve. Portanto, o momento é uma prova de fogo para Caio Aoqui, após completar os primeiros 30 dias de sua posse. Borracha criticou veementemente a posição do Executivo, que sem apresentar qualquer número foi categórico em afirmar que não é possível acrescentar mais nada à proposta inicial. “A equipe do ex-prefeito apresentou dados, números durante a pauta de negociação salarial”, exemplificou o sindicalista. A propósito, é com esta finalidade que o blog apresenta aqui, os fatos numéricos que culminaram em um possível entendimento entre a ex-administração ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
28/06/2019

Novo chefe da PF em Marília promete combater corrupção

Alexandre Schrank tomou posse nessa quinta-feira (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)

Tomou posse na manhã desta quinta-feira (27), o novo chefe da Delegacia da Polícia Federal de Marília, Alexandre Schrank Araújo. A cerimônia foi realizada na sede a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marília, localizada na rua Gonçalves Dias, no Centro da cidade. Schrank é natural de Londrina e atua como delegado da PF em Marília desde 2003. Antes de ser delegado em Marília teve uma breve passagem pela delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã. O novo chefe ressaltou que por já atuar em Marília, isso vai facilitar muito o trabalho, porque não se perde tempo até o novo administrador tomar pé da situação e ter conhecimento do efetivo à disposição e dos representantes de poderes que atuam em conjunto com a PF. “O principal foco na minha gestão será a continuidade do combate aos crimes, mas principalmente, corrupção e desvio de recursos públicos. São assuntos, são crimes que assolam a nossa sociedade, tiram da nossa população valores que são muito caros para nós”, disse Schrank. O superintendente regional da Polícia Federal Lindinalvo Alexandrino de Almeida Filho destacou em seu discurso que Marília em recente estudo feito pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) foi considerada uma das 15 cidades mais pacíficas do país. Quando questionado se mudaria algo no combate ao tráfico de drogas ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolícia
25/06/2019

Preso o ex-prefeito de Lucélia, Carlos Ananias Campos de Souza

Carlos Ananias Campos de Souza, ex-prefeito de Lucélia, foi preso nesta segunda-feira em Adamantina, condenado por criem de fraude em licitações (Arquivo).

Ex-prefeito de Lucélia se entregou à Polícia Civil, após condenação pela Justiça. Carlos Ananias Campos de Souza, ex-prefeito de Lucélia, foi preso nesta segunda-feira em Adamantina, condenado por criem de fraude em licitações. No dia do aniversário de Lucélia, comemorado nesta segunda-feira (24), foi preso o ex-prefeito da cidade Carlos Ananias Campos de Souza. Ele foi condenado no crime de fraude em licitações, no período de 2004, quando era prefeito, na compra de software educacional. A decisão que determinou sua prisão é datada de 29 de maio último, expedida pela juíza Lívia Martins Trindade, da 1ª Vara da Comarca de Lucélia. Porém a prisão foi comprida somente nesta segunda-feira (24), quase um mês depois da decisão do Poder Judiciário. Desde o final de maio ele estava em local incerto e não sabido. A prisão do ex-prefeito luceliense aconteceu em Adamantina, pouco depois das 16h, onde se apresentou acompanhado de seu advogado junto à DIG (Delegacia de Investigações Gerais) da Polícia Civil, e deve ser inicialmente recolhido à cadeia pública local, à disposição do Poder Judiciário, para o início imediato do cumprimento da pena. A condenação do ex-prefeito, em primeira instância, prevê pena de 4 anos e 1 mês de detenção, no regime inicial semiaberto, e ao pagamento de 12 dias-multa. Tramitação e recursos  O ex-prefeito já teve ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Corrupção