ANUNCIE AQUI!
08/10/2020

Fernando Itapuã ganha direito de resposta após ser acusado de traição

Fernando Itapuã

O ex-prefeito de Quintana e atual candidato ao cargo de prefeito foi comparado a Judas Iscariotes. 'Quem foi vítima de uma facada nas costas do prefeito Nilton Silveiro foi o povo de Quintana”, se defende Itapuã. O candidato a prefeito pela Coligação “Com a Força do Povo”, Fernando Branco Nunes, o Fernando Itapuã (PSC), foi contemplado com direito de resposta em sentença proferida pelo juiz Eleitoral Rodrigo Martins Marques, da 99ª Zona Eleitoral de Pompéia, após ser acusado pelo jornal Força do Interior de ter agido como o personagem bíblico Judas Iscariotes. As ofensas injuriosas foram disparadas em reportagem que veiculou na edição que circulou no dia 19 de setembro. Na página 04, o jornal Força do Interior, nome empresarial Antônio Sposito Neto ME, disse: "Creio ser oportuno o atual momento político para discutirmos o ato de trair. Rememoremos a figura de alguns traidores devidamente registrada pela história. O mais famoso deles foi, sem dúvida, um dos apóstolos de Jesus Cristo: Judas Iscariotes. Este, de acordo com os evangélicos canônicos, entregou nosso salvador aos seus captores por trinta moedas. Pouco depois, desesperado, Judas se enforcou condenando-se, assim (de acordo com a crença católica e hebraica), ao inferno. O nome de Judas se tornou sinônimo". E, no final da reportagem, a conclusão enfática: ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
17/09/2020

Aapehosp é condenada a indenizar ex-pacientes por maus tratos

hospitalpsiqtupa

A Associação de Pacientes Egressos de Hospitais Psiquiátricos (Aapehosp) de Tupã e seu presidente, Pedro Maziero Filho, foram condenados ao pagamento de indenização por danos morais devido às péssimas condições de atendimento aos moradores que estavam internados na instituição. A medida foi definida em uma sentença da Justiça Federal que acolheu pedido do Ministério Público Federal contra os antigos responsáveis pela administração da entidade. Segundo a decisão, cada um dos mais de 150 pacientes que estavam na Aapehosp em novembro de 2015 deverá receber um salário mínimo, o que em valores atuais dá R$ 1.045.00, ou mais de R$ 150 mil, no total. A data se refere à inspeção que levou o MPF a ajuizar a ação civil pública contra e entidade ainda naquele ano. Os investigadores verificaram uma série de irregularidades e constataram que a Aapehosp funcionava como um hospital psiquiátrico, embora não tivesse autorização para isso. Já no mês seguinte, em dezembro de 2015, o Ministério Público Federal obteve na Justiça uma liminar que determinou, entre outras providências, a intervenção na entidade e o afastamento de Pedro Maziero Filho do cargo. A instituição permaneceu por quase três anos sob responsabilidade de autoridades vinculadas ao governo do Estado de São Paulo, até a transferência de todos os moradores para residências terapêuticas. A sentença prolatada ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadeJustiçaSaúde
15/09/2020

Câmara de Tupã será desinfetada após Ribeirão testar positivo para Covid-19

44740908_601537963624729_2116626021670191104_n

O parlamentar não sente os sintomas, mas vai ficar em isolamento A Câmara e a TV Câmara não têm expediente nesta terça-feira (15), para passar por uma higienização e desinfecção após o vereador Antônio Alves de Sousa, o “Ribeirão” (PP), testar positivo para o novo coronavírus. Sem saber que havia contraído a doença, o parlamentar circulou pelas dependências dos dois prédios. Ao ser informado de que havia permanecido próximo de pessoas que tiveram o vírus, Ribeirão submeteu-se ao teste ontem à noite e o resultado deu positivo. Apesar disso, garante que não sente nenhum sintoma. “Ontem à noite resolvi fazer o exame e realmente deu positivo e, por conta disso, estarei em isolamento até segunda-feira, dia 21, quando volto a fazer novo exame. Eu não sentia nada e nem sinto – estou assintomático, mas para evitar a propagação para outras pessoas vou permanecer em isolamento”, declarou ao blog. De acordo com o vereador ele não sente dor no corpo, não tem febre e não teve perda de paladar. Desde o início da pandemia, Eduardo Akira Edamitsu, o “Shiguero” (PSD) e Augusto Fresneda Torres, o “Ninha” (PSD), também ficaram em isolamento, mas apenas Ninha havia testado positivo para a doença. O presidente da Câmara, pastor Eliezer de Carvalho (PSDB), foi procurado para falar sobre as providências que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: PolíticaSaúde
21/08/2020

Vereador “Ninha” testa positivo para Covid-19

ninha 2

Um teste em massa realizado ontem (20), nos vereadores e funcionários da Câmara de Tupã, o parlamentar Augusto Fresneda Torres, o "Ninha" (PSD) testou positivo para Covid-19. O parlamentar confirmou o fato à reportagem e disse que na manhã desta sexta-feira, 21, fez um novo teste para tirar a dúvida. O teste anterior, segundo ele, deu carga viral baixa - 7, numa escala que vai até 13. "Eu não senti nada. Estava assintomático, mas por via das dúvidas, vou aguardar o resultado do segundo exame e, se ratificar, vou ficar em isolamento domiciliar, ainda que, segundo as informações, com carga viral baixa não transmite a doença". "Ninha" também disse que sua esposa e os dois filhos fizeram exames para detectar se foram infectados e se estavam assintomáticos, assim como ele. SHIGUERO  Em maio, o vereador Eduardo Akira Edamitsu, o “Shiguero” (PSD) permaneceu em isolamento domiciliar sob suspeita de ter contraído o coronavírus. O parlamentar apresentava quadro de coriza, tosse e dor de cabeça. Na UPA – Unidade de Pronto Atendimento foi submetido a exame de sangue e foi orientado a entrar em quarentena. Na semana passada, em conversa com a reportagem ele disse que não houve confirmação para coronavírus e que tudo não passou de um susto -, um forte resfriado.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Saúde
19/08/2020

Saque na “boca do caixa”: Justiça diz que não houve irregularidade

Gaspar 1

Os saques ocorreram durante o "Tupã Folia 2013" e a ação penal contra o ex-prefeito Manoel Gaspar foi julgada improcedente. O juiz da Vara Criminal da Comarca de Tupã, Fábio José Vasconcelos, julgou improcedente ação penal movida pelo Ministério Público contra o ex-prefeito Manoel Ferreira de Souza Gaspar (MDB), entendendo não haver prova suficiente para condenação, com relação à denúncia formulada sobre o desconto de um cheque na Caixa Federal, durante o carnaval de 2013. O caso refere-se ao processo criminal referente ao cheque de R$ 348.011,80, emitido pela Prefeitura de Tupã, que teria sido sacado na "boca do caixa", segundo informações, para o pagamento de shows do "Tupã Folia", conforme denúncia apresentada na época pelo vereador Luís Alves de Sousa (PC do B). De acordo com a denúncia "por ocasião das festividades do carnaval de 2013, o prefeito Manoel Gaspar contratou, após licitação, a Rodrigo Moura Thomé - ME com vistas à realização de shows artísticos destinados ao evento "Carnaval 2013". Na oportunidade ficou ajustado que "o pagamento somente será liberado à contratada após a apresentação dos documentos de quitação das obrigações sociais (INSS e FGTS) e fiscais (ISSQN), juntamente com a nota fiscal". Assim, todos os shows contratados foram realizados e o pagamento foi efetuado em espécie, quando no dia 8 de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: JustiçaPolítica