ANUNCIE AQUI!
30/11/2020

É Gaspar, é prefeito. Exemplo para os eleitos!

121087629_3491471634276462_5727714265083204045_n

O legado político de Manoel Gaspar dificilmente será superado. No dia das eleições municipais, que os políticos atuais sejam inspirados pelas ações de MANOEL GASPAR. “É Gaspar, é prefeito, pro bem de Tupã ele vai ser eleito”, dizia refrão de uma paródia da música “Bailão de Peão”. A paródia foi escrita por João “Gauchito” Bassan e embalava os showmícios de Manoel Ferreira de Souza Gaspar e do saudoso Florentino Fernandes Garcia, PSDB e MDB, respectivamente, em 1996. A proposta era de RENOVAÇÃO, após 20 anos de Carlão/Jesus. Visionário, humilde e determinado. Usava toda sua influência como presidente do Grupo Unipetro, o que o tornava conhecido nacionalmente. Muitos políticos/fazendeiros de São Paulo e Brasília eram seus clientes. Por onde passava chamava a atenção pelo seu empreendedorismo e todo o seu jeito peculiar. LEGADOS Alguns de seus legados: Thermas de Tupã que contribuiu para o título de Estância Turística com liberação de verba de até R$ 3 milhões por ano para investir no setor, aquisição da área do Country Clube, Unesp, Instituto Federal, ETEC Paula Souza, Justiça Federal, Poupatempo, Banco do Povo, PAT, Escolas “João Geraldo Iori”, com Anfiteatro no Jardim Aritana, “Governador Mário Covas”, no Jardim Eldorado e “Odinir Magnani”, no Parque Universitário, após Tupã ficar três décadas sem receber recursos para investir na área. ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
26/11/2020

Gasparetto nega querer ser prefeito, mas vai disputar a Câmara

Gasparetto empresário

"Ser prefeito é correr risco de perder patrimônio", disse ele... O empresário Marcos Rogério Gasparetto (PSD), o terceiro mais votado para vereador em 15 de novembro, confirmou agora a pouco à reportagem que de fato vai disputar a presidência da Câmara. “O Caio não vai interferir no pleito e deixou com a gente”, disse ele. Sobre ser prefeitável em 2024 negou veementemente. “Temos um acordo com o Renan Pontelli (PSDB). Ele será o nosso candidato, embora muita coisa pode mudar até lá, mas certeza absoluta que não serei candidato”, enfatizou. Quanto a ser vereador Gasparetto lembrou que sempre teve o desejo, mas acabou saindo depois de uma aposta de brincadeira que fez com o amigo Wilson Quiles Júnior – secretário de Finanças e, assim como ele, é colaborador da APAE. - O então deputado Valter Ioshi viabilizou uma verba de R$ 400 mil para a entidade e eu disse ao Quiles que se o recurso viesse seria candidato a vereador e de fato o dinheiro veio para a APAE. O Quiles me cobrou e sai candidato com apoio de funcionários, colaboradores e país de alunos. Foi uma campanha limpa, transparente e sem gasto relevante. CÂMARA Sobre a eleição para a presidência da Câmara, Gasparetto disse que tem conversado com o vereador Eduardo Akira Edamitsu, o “Shiguero” ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
26/11/2020

Vereador debutante já pensa em ser prefeito

Marcos Gasparetto santinho

O empresário e vereador eleito Marcos Rogério Gasparetto, 39 anos - (PSD) – já pensa em voos mais altos nas eleições de 2024. Pretende ser candidato a prefeito de Tupã. Ele tem confidenciado a intenção para amigos mais próximos, logo após o sucesso obtido nas urnas, em 15 de novembro. Gasparetto foi o terceiro mais votado – com 1262 – 3,98% dos votos válidos. Pela ordem, Eduardo Akira Edamitsu, o “Shiguero” (PSD), com 1645 votos – 5,18% e, em segundo, Lucas Hatano (PSD), com 1622 votos – 5,11%. Se estes dois têm pretensões ambiciosas dentro do Legislativo, Gasparetto como se nota, não fica atrás. Antes de se ver como prefeitável quer chegar à presidência da Câmara. A disputa interna dentro da sigla comandada pelo prefeito Caio Aoqui vai ser intensa, mas pela lógica, há um favorito. O vereador mais votado preside a sessão de posse, em seguida, ele e todos os outros 14 podem se candidatar a presidente, mas acordos anteriores vão determinar o pleito em 1º de janeiro de 2021. Nesta eleição será escolhido entre os pares, o presidente, 1º e 2º secretários da mesa diretora. Gasparetto aparece com força pela sua posição empresarial. Calcula-se que tenha efetuado gasto significativo de campanha, ainda que a estimativa máxima fosse de R$ 87.333,00. Com ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
25/11/2020

PL pode reivindicar 2 Secretarias e presidência da Câmara

amauri

Considerando que os candidatos mais votados em 2020, Eduardo Akira Edamitsu, o “Shiguero”, Lucas Hatano e até Marcos Gasparetto, todos do PSD, possuem planos mais ambiciosos na sigla a partir do Legislativo, o PL também deve manter seus eleitos na Câmara Municipal. O partido que tem o seu representante na Câmara federal, Luiz Carlos Motta (PL)  e, em Tupã é comandado pelo líder sindical e advogado Amauri Sérgio Mortágua pode reivindicar ao menos 2 Secretarias – dentro de um governo compartilhado com Caio Aoqui, conforme suposto acordo firmado antes das convenções partidárias. Neste sentido, os dois candidatos mais votados e não eleitos podem ser indicados para ocupar os cargos de secretários municipais: Celso Bozza – primeiro suplente com 529 votos e Valter Moreno Panhossi – 2º suplente com 439 votos.     SECRETARIAS Os eleitos pelo PL, o comerciante Renato Fresneda Delmori, o “Renatinho da Garagem” e o funcionário público Alexandre Scombatti devem seguir os 4 anos como parlamentares. O esporte é a área de atuação de Scombatti que vai para o segundo mandato. O setor pode ser fortalecido, caso Celso Bozza que também é conhecido por atuar em times de futebol comande a Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação. O prefeito teria que preterir o partidário Marco Pinheiro – titular da pasta desde 2017, início da ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
24/11/2020

SUPLENTES NA EXPECTATIVA!

camara1

É comum após o período eleitoral e até após a data de posse, os suplentes diretos viverem a expectativa de conseguir uma cadeira no Legislativo. Dois suplentes estão diante dessa direta possibilidade: Celso Bozza (PL) - 529 votos e Sandra Enfermeira (PSD) - 506 votos. Essa ideia interessa muito ao presidente do PL, Amauri Sérgio Mortágua. O advogado e sindicalista apostou suas fichas na eleição de seu herdeiro político para representar o Sindicato dos Comerciários na Câmara Municipal. Para isso, precisaria conduzir um dos eleitos para o Executivo. Foram eleitos pelo PL, Renatinho da Garagem – 727 votos e Alexandre Scombatti com 458 votos. Scombatti poderia ser essa “pedra no tabuleiro” a ser mexida. Mas, onde o edil poderia atuar? No Esporte! A Secretaria de Esportes, Recreação e Lazer, sob o comando de Marco Pinheiro tem sido alvo de muitas críticas desde à época da administração de José Ricardo Raymundo (PV). Ocorre que o secretário é filiado ao partido do prefeito e tem apoio de Scombatti, por causa de sua área de atuação. SUPLENTE II Outra suplente que pode eventualmente subir para o Parlamento é Sandra Enfermeira (PSD) – 506 votos. Especulando fatos, até o Capitão Neves (PSD) – 456 votos, alimenta essa possibilidade analisando que os dois vereadores mais votados ocupavam cargos de Secretários: ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política