ANUNCIE AQUI!
30/03/2020

Veadores vão aproveitar “janela” para mudar de partidos para as eleições municipais

Urna

Apesar da Covid-19, as eleições estão previstas para 4 de outubro, mas já há PEC no Congresso para estender os mandatos de prefeitos e vereadores até 1º de janeiro de 2023. Ainda com a indefinição sobre a realização das eleições municipais previstas para este ano, o calendário eleitoral está sendo cumprido. E vence na próxima sexta-feira, dia 3, o prazo final para que vereadores aproveitem a “janela” para mudar de partido por justa causa sem perder o mandato. A decisão de alguns vereadores deve sair nas próximas horas. Já outros aproveitaram o isolamento social e o fim de semana para definir. Dos 16 parlamentares que recebem salários no Legislativo, incluindo Valter Moreno Panhosi, nove devem mudar de legenda. O presidente da Câmara de Tupã, pastor Eliézer de Carvalho aguardava até sexta-feira (27), uma posição partidária para tomar uma direção, se permanece ou não no PSDB. Os tucanos podem receber Renan Pontelli para fazer dobradinha com Caio Aoqui (PSD). O PSB, além de perder o vereador Renan, mais votado em 2016, Charles dos Passos Sanches pode “bater asas” para o PSD e o pastor Osmídio Fonseca Castilho  vai para o PL. Na mesma sigla se filiou Valter Moreno Panhossi, afastado do cargo de vereador por decisão da Justiça. Foi substituído por Luís Alves de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
24/03/2020

Vírus pode “determinar” futuro político de Tupã

Waldemir enfrentou uma "venenosa" tentativa de golpe dentro do PSDB

A movimentação de bastidores, mesmo em período de quarentena, por causa de coronavírus direciona para um único caminho. A percepção da mensagem textual traça um panorama visual do atual quadro político tupãense, considerando as implicações provocadas por questões de saúde pública. Nunca na história local verificou-se a influência de endemia no resultado final de um processo político, seja no passado recente ou no presente. As perspectivas futuras, não são diferentes. Há de se lembrar que José Ricardo Raymundo (PV), foi cassado por suposta ineficiência no combate da infestação do mosquito Aedes aegypti – transmissor de uma série de doenças, entre elas dengue, chikungunya e zika vírus. Hoje, a pandemia da Covid-19, também poderá ser o "fiel da balança" nas eleições de outubro. Com o advento do coronavírus os ânimos estão à flor da pele, numa disputa velada envolvendo lideranças no âmbito da federação. O Brasil é uma federação constituída pela união indissolúvel entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios. Não à toa, em meio a grande repercussão sobre a doença que faz o país parar, assistimos o presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) se digladiando com os governadores pela liderança no processo de condução das ações durante a crise. Nos municípios, essa tendência não é diferente. Se essa liderança cabe ao chefe do poder ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
22/03/2020

A dengue aumentou mais que 50% em Tupã, em meio a preocupação com a Covid-19

Dengue fever vector, mosquito biting hand.

Ao contrário do que divulgou o vereador Paulo Henrique Andrade, comparativo sobre o mesmo período de 2019, aponta para o dobro de casos de dengue, em 2020, apesar de um alto investimento. Em meio a pandemia de coronavírus, a epidemia de dengue já é uma realidade no município. O comparativo mostra que no mesmo período do ano passado, 19 de março, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou 144 casos confirmados de dengue, contra 284 neste ano. Os números do ano anterior foram repassados ao edil. Nesta segunda-feira, dia 23, esse número pode passar de 300. Até sexta-feira, dia 20, mais 30 pessoas aguardavam resultados de exames. O registro é de em média de 4 casos positivos por dia. Em 2019, foram registrados 754 óbitos pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, ante 155 no ano anterior. Já em 2017, o balanço do Ministério da Saúde foi de 185 mortes. A série histórica do governo federal teve início em 1975. O ano passado fica atrás somente de 2015, quando houve quase 1,7 milhão de registros da doença no País, segundo o Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação), do ministério. Foi neste cenário nacional que Tupã registrou cerca de 6.100 casos e seis pessoas perderam a vida. A epidemia custou o cargo de prefeito de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: PolíticaSaúde
19/03/2020

CONFUSÃO NOS VELÓRIOS: Coronavírus muda rotina de sepultamentos e gera desconforto às famílias

velório

Só hoje estão previstos sete sepultamentos e a falta de documentos tem causado transtorno na hora do enterro, após decreto do prefeito Caio Aoqui. Por conta da pandemia de coronavírus, as famílias enlutadas têm sofrido desconforto na hora de sepultar seus entes queridos, em Tupã. O decreto do prefeito Caio Aoqui, também enviado às funerárias do município orienta para evitar aglomeração de pessoas, seja em ambientes festivos e ou até em caso de velórios, afinal, o Covid-19 não escolhe ambiente para se propagar – seja em comemoração ou de comoção. Diante desse fato, os velórios também ganharam uma nova dinâmica. Nesta quinta-feira (19), por exemplo, já ocorreram enterros às 8, 9, 9h30 e 10h30. Outros três estão programados para o período da tarde. A redução de tempo do velório tem causado incompatibilidade entre a preparação da documentação exigida e o sepultamento. De acordo com a exigência da própria Prefeitura, por determinação judicial, não pode haver sepultamento sem o laudo médico e o atestado de óbito. Mas, por conta de toda essa situação excepcional provocada pela pandemia tudo saiu da rotina e, três sepultamentos foram realizados sem o laudo médico. Os próximos três, previstos para acontecer ainda hoje deverão ter o documento apresentado na hora do enterro. O objetivo principal da reportagem é esclarecer que em função ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Cidade
13/03/2020

CORONAVÍRUS: Prefeito Caio Aoqui pode se antecipar e decretar “situação de emergência”

coronavirus-3-1

Medidas como cancelar Semana da Solidariedade e reabrir emergencialmente hospital São Francisco devem ser consideradas. A decisão pode sair na próxima semana. Os primeiros passos no sentido de tomar essas decisões partiram após o blog contactar o chefe do Executivo tupãense, Caio Aoqui (PSD), questionando sobre a realização da 37ª Semana da Solidariedade, entre outros eventos, com grande concentração de público. O evento previsto para acontecer no período de 17 a 21 de abril, na Praça da Bandeira, foi confirmado hoje (13), pelo presidente da Comissão Organizadora Marcos Rogério Gasparetto. - Inclusive, estamos finalizando a linha de shows e o cardápio de cada uma das 9 entidades que compõem a Praça de Alimentação. Já o prefeito Caio Aoqui ao ser alertado para a crescente evolução do novo coronavírus foi cauteloso: “Vou me reunir com o secretário da Saúde, César Donadelli e sua equipe de profissionais, para definir um posicionamento. Se houver a evolução da doença e, se o município apresentar casos suspeitos vamos sugerir o cancelamento da feira”, garantiu. Oficialmente Tupã não possui nenhum caso, apenas monitora o de um morador do município, que trabalha em Pompéia. Ele esteve nos Estados Unidos e, por determinação médica da própria empresa, foi colocado em quarentena na sua residência pelo período de 14 dias. TEMOR Apesar dessa aparente situação de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Cidade